A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Como pode efectuar-se a extracção do DNA de uma célula? Introdução Toda a informação necessária para criar um organismo encontra-se no DNA. Este ácido.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Como pode efectuar-se a extracção do DNA de uma célula? Introdução Toda a informação necessária para criar um organismo encontra-se no DNA. Este ácido."— Transcrição da apresentação:

1 Como pode efectuar-se a extracção do DNA de uma célula? Introdução Toda a informação necessária para criar um organismo encontra-se no DNA. Este ácido nucleico é usado durante o período de vida de um organismo para fornecer instruções para a síntese proteica e para a síntese proteica e funcionamento de vários processos celulares que ocorrem constantemente. funcionamento de vários processos celulares que ocorrem constantemente. Para isolar o DNA os cientista separaram-no dos outros componentes celulares. As células foram fragmentadas e o DNA separado do conteúdo lipídico das membranas da célula e dos organitos. Em seguida o DNA foi separado das proteínas. Vais observar em 40 minutos aquilo que os cientistas levaram muitos anos a descobrir, embora nesta actividade se utilizem procedimentos e instrumentos muito simples que não permitindo a separação do DNA de proteínas e de RNA, possibilita a visualização do conteúdo nuclear, sob a forma de filamentos brancos. Nesta actividade vais usar diferentes tecidos e ficarás apto a observar DNA de várias origens, uma vez que todas as células contêm DNA ao longo do seu período de vida. Algumas células, tais como os glóbulos vermelhos, perdem o núcleo, bem como o DNA durante a sua maturação. Objectivos Isolar DNA de células eucariotas. Material Instrumentos de laboratório Reagentes Material de estudo Bisturi Bisturi Almofariz Almofariz Balões de Erlenmeyer (500ml) Balões de Erlenmeyer (500ml) Funil Funil Papel de filtro Papel de filtro Proveta Proveta Algodão hidrófilo Algodão hidrófilo Gaze Gaze Tubos de ensaio Tubos de ensaio Vareta Vareta Água Água Álcool (95%) Álcool (95%) Sal de cozinha Sal de cozinha (1 colher de chá) Detergente da louça Detergente da louça (1 colher de sopa) 1 Cebola 1 Cebola Fígado Fígado Versão professor

2 Dicas para o professor Antes de realizar a experiência com o aluno, o professor deve fazer a experiência antes da aula para verificar se esta é viável. Antes de realizar a experiência com o aluno, o professor deve fazer a experiência antes da aula para verificar se esta é viável. No caso da cebola, é necessário uma grande quantidade de material para se verificar uma precipitação de ADN significativa. No caso da cebola, é necessário uma grande quantidade de material para se verificar uma precipitação de ADN significativa. Todos os materiais utilizados não necessitam de qualquer tipo de tratamento para serem eliminados, podem perfeitamente ser libertados no lavatório. Todos os materiais utilizados não necessitam de qualquer tipo de tratamento para serem eliminados, podem perfeitamente ser libertados no lavatório.

3 Procedimento 1. Corta a cebola toda (ou o Fígado) em finos e pequenos fragmentos e coloca-a(o) num almofariz, triturando posteriormente. 2. Mistura a água (até metade da altura do balão de Erlenmeyer), com o sal e o detergente, e agita a solução durante cerca de 5min (poderá colocar-se um pouco mais de sal e detergente) 3. Junta pouco a pouco, cerca de metade da mistura feita em 2 no almofariz enquanto trituras mais um pouco o material sólido. 4. Filtra a suspensão final com um funil forrado com papel de filtro para outro Erlenmeyer. 5. Filtra novamente o material contido no Erlenmeyer para uma proveta, utilizando o algodão e a gaze (para impedir que pedaços de fibra do algodão se libertem ). 6. Coloca a suspensão num tubo de ensaio e junta pouco a pouco álcool (com a mesmo volume) pelas paredes do tubo procurando observar a formação de 2 fases: Uma superior alcoólica Uma superior alcoólica Outra inferior aquosa Outra inferior aquosa 7. Mistura suavemente as 2 fases com a ajuda de uma vareta fazendo movimentos circulares até observares um precipitado.

4 1. Onde se encontra o DNA na célula? Cerca de 99% do DNA encontra-se no núcleo da célula ( visto tratar-se de uma célula eucariota). O restante DNA encontra-se em locais específicos, como por exemplo organitos ( as mitocôndria e os cloroplastos possuem o seu próprio DNA ). Caso se tratasse de uma célula procariota, o DNA estaria parte solto no hialoplasma e o resto concentrado (constituindo o nucléolo). 2. Porque motivo não se pode ver a dupla hélice que constitui a molécula de DNA? Será que o que vemos é apenas DNA ou um aglomerado de outras substâncias? Quais? A dupla hélice da cada molécula de DNA é demasiado pequena para se observar. Apesar de o DNA ser a maior molécula na célula, só pode ser visto com um microscópio electrónico. A razão pela qual podemos observar o DNA na nossa experiência é que temos milhões de cadeias de DNA e RNA aglomerados, para além de imensas proteínas. Tópicos para discussão

5 3. Qual a função dos reagentes usados na experiência? 3.1. Detergente? O detergente vai funcionar como um solvente da membrana celular das células, visto serem constituídas por lípidos. Com a rotura das Membranas, o conteúdo celular incluindo as proteínas e o DNA, soltam-se e dispersam-se na solução Sal? A adição do sal (NaCl) no início da experiência proporciona ao DNA um ambiente favorável para se descondensar (visto apresentar-se normalmente enrolado em proteínas sob a forma de cromossomas) Álcool? O DNA não se dissolve no álcool na concentração que usamos na nossa experiência. Como resultado, o DNA aparece à superfície da solução ou precipita, localizando-se normalmente à superfície visto ser menos denso que a mistura aquosa dos restos celulares.

6 Fontes

7 Como pode efectuar-se a extracção do DNA de uma célula? Introdução Toda a informação necessária para criar um organismo encontra-se no DNA. Este ácido nucleico é usado durante o período de vida de um organismo para fornecer instruções para a síntese proteica e para a síntese proteica e funcionamento de vários processos celulares que ocorrem constantemente. funcionamento de vários processos celulares que ocorrem constantemente. Para isolar o DNA os cientista separaram-no dos outros componentes celulares. As células foram fragmentadas e o DNA separado do conteúdo lipídico das membranas da célula e dos organitos. Em seguida o DNA foi separado das proteínas. Vais observar em 40 minutos aquilo que os cientistas levaram muitos anos a descobrir, embora nesta actividade se utilizem procedimentos e instrumentos muito simples que não permitindo a separação do DNA de proteínas e de RNA, possibilita a visualização do conteúdo nuclear, sob a forma de filamentos brancos. Nesta actividade vais usar diferentes tecidos e ficarás apto a observar DNA de várias origens, uma vez que todas as células contêm DNA ao longo do seu período de vida. Algumas células, tais como os glóbulos vermelhos, perdem o núcleo, bem como o DNA durante a sua maturação. Objectivos Isolar DNA de células eucariotas. Material Instrumentos de laboratório Reagentes Material de estudo Bisturi Bisturi Almofariz Almofariz Balões de Erlenmeyer (500ml) Balões de Erlenmeyer (500ml) Funil Funil Papel de filtro Papel de filtro Proveta Proveta Algodão hidrófilo Algodão hidrófilo Gaze Gaze Tubos de ensaio Tubos de ensaio Vareta Vareta Água Água Álcool (95%) Álcool (95%) Sal de cozinha Sal de cozinha (1 colher de chá) Detergente da louça Detergente da louça (1 colher de sopa) 1 Cebola 1 Cebola Fígado Fígado Versão aluno

8 Procedimento 1. Corta a cebola toda (ou o Fígado) em finos e pequenos fragmentos e coloca-a(o) num almofariz, triturando posteriormente. 2. Mistura a água (até metade da altura do balão de Erlenmeyer), com o sal e o detergente, e agita a solução durante cerca de 5min (poderá colocar-se um pouco mais de sal e detergente) 3. Junta pouco a pouco, cerca de metade da mistura feita em 2 no almofariz enquanto trituras mais um pouco o material sólido. 4. Filtra a suspensão final com um funil forrado com papel de filtro para outro Erlenmeyer. 5. Filtra novamente o material contido no Erlenmeyer para uma proveta, utilizando o algodão e a gaze (para impedir que pedaços de fibra do algodão se libertem ). 6. Coloca a suspensão num tubo de ensaio e junta pouco a pouco álcool (com a mesmo volume) pelas paredes do tubo procurando observar a formação de 2 fases: Uma superior alcoólica Uma superior alcoólica Outra inferior aquosa Outra inferior aquosa 7. Mistura suavemente as 2 fases com a ajuda de uma vareta fazendo movimentos circulares até observares um precipitado.

9 1. Onde se encontra o DNA na célula? 2. Porque motivo não se pode ver a dupla hélice que constitui a molécula de DNA? 3. Qual a função dos reagentes usados na experiência? 2.1. Detergente? 2.2. Sal? 2.3. Álcool? Tópicos para discussão


Carregar ppt "Como pode efectuar-se a extracção do DNA de uma célula? Introdução Toda a informação necessária para criar um organismo encontra-se no DNA. Este ácido."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google