A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IMUNOLOGIA VETERINÁRIA 2013 - 2 Prof. Elizabeth Obino Cirne Lima.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IMUNOLOGIA VETERINÁRIA 2013 - 2 Prof. Elizabeth Obino Cirne Lima."— Transcrição da apresentação:

1 IMUNOLOGIA VETERINÁRIA Prof. Elizabeth Obino Cirne Lima

2 Processamento de Antígeno

3 Ativação de Linfócitos por Ag nativos Y Y B Y Y Y Y Y Y Y B Y T Y T Proliferação e secreção de Ig Não há proliferação Não há secreção de citocinas Ligação do Ag com Ig de membrana Y B Y B Y B Y B Y B Y B Y B

4 PROCESSAMENTO DE ANTÍGENOS APC = Célula Apresentadora de Antígenos Restrição ao MHC MHC Classe II T CD4+ MHC Classe I T CD8+

5 PROCESSAMENTO DE ANTÍGENOS Enquanto que, somente algumas células (APC) podem apresentar Ag para os T CD4+ (Classe II). Praticamente todas as células podem apresentar Ag para os T CD8+ (Classe I).

6 PROCESSAMENTO DE ANTÍGENOS Tipos de APC para CD4+ Células Dendríticas MØMØ B

7 Apresentam Ag tanto para CD4+ como CD8+ Eficientes APC para linfóc. virgens

8 MØMØ Fagocitam c/ facilidd gdes partículas Expressam Classe II, qdo em presença de IFN-δ Classe II

9 B Utilizam Ig como receptor para Ag, e internalizam todo o complexo, qdo o Ag é uma ptn solúvel. B como APC para CD4+ > Ig

10 Peptídeos Ag de superfície Ativação antigênica de Células T Y T Ativação Resposta T Sem Resposta T Sem Resposta T Sem Resposta T Sem Resposta T Ag solúvel Ag de superfície Peptídeos solúveis Peptídeos de superfície de um Ag apresentados por cél, que expressa MHC-Ag PROCESSAMENTO Ag

11 Proteases produzem peptídeos de ~24 amino ácidos de comprimento Drogas que aumentam o pH do endossoma inibem o processamento dos Ag Endossoma Processamento de Ag Exógenos Aumento de Acidez Superfície Celular Para lisossoma Internalização Proteínas Ag no endossoma Enzimas são ativadas pela queda do pH (+ ácido)

12 Endossoma superfície celular internalização Associação do fragmento Ag com as moléculas do MHC de Classe II Formação do complexo peptídeo self com MHC de classe II Enzimas degradam o peptídeo self complexado a o MHC de classe II Vesículas que contém os fragmentos Ag fusionam-se com vesículas, que contém MHC classe II

13 Remoção do peptídeo self ? Como é escolhido o fragmento Ag, que irá se ligar MHC? Provavelmente, por um processo de competição.

14 Antígenos endógenos Antígenos exógenos

15 Características dos Ag Peptídeos Células T Outros Células B (ptn, ac. Nucleicos, polissacarid, lipídeos, etc)

16 Células T e B reconhecem Ag de forma diferente. Ag precisa ser degradado antes de ser reconhecido pela célula T. O processamento de Ag gera peptídeos antigênicos. O processamento de Ag Exógenos acontece no lisossoma. O processamento de Ag Endógenos NÃO acontece no lisossoma. Ag Endógenos e Exógenos devem ser processados antes de serem apresentados para as células T. Alguns patógenos podem escapar da resposta imune escapando do processamento antigênico. Resumo


Carregar ppt "IMUNOLOGIA VETERINÁRIA 2013 - 2 Prof. Elizabeth Obino Cirne Lima."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google