A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Imunologia 2001/2002Prof.Doutor José Cabeda Immunologia Processamento, apresentação e reconhecimento do antigénio.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Imunologia 2001/2002Prof.Doutor José Cabeda Immunologia Processamento, apresentação e reconhecimento do antigénio."— Transcrição da apresentação:

1 Imunologia 2001/2002Prof.Doutor José Cabeda Immunologia Processamento, apresentação e reconhecimento do antigénio

2 Processamento do antigénio Processamento do antigénio Apresentação de Ag requer processamento Apresentação de Ag requer processamento Processamento lisosomal e extra-lisosomal Processamento lisosomal e extra-lisosomal Processamento de Antigénios Exógenos (MHC Classe II) Processamento de Antigénios Exógenos (MHC Classe II) Evasão imunológica por interferência com a apresentação de péptidos Evasão imunológica por interferência com a apresentação de péptidos Apresentação e reconhecimento do Antigénio Apresentação e reconhecimento do Antigénio Co-receptores Co-receptores CD4 e CD8: funções distintas CD4 e CD8: funções distintas

3 PROCESSAMENTO DO ANTIGÉNIO APC

4 Apresentação de Ag requer processamento

5 Evidência do Processamento do antigénio

6 Natureza do antigénio reconhecido pelas células T

7 Processamento, apresentação e reconhecimento do antigénio Processamento do antigénio Processamento do antigénio Apresentação de Ag requer processamento Apresentação de Ag requer processamento Processamento lisosomal e extra-lisosomal Processamento lisosomal e extra-lisosomal Processamento de Antigénios Exógenos (MHC Classe II) Processamento de Antigénios Exógenos (MHC Classe II) Evasão imunológica por interferência com a apresentação de péptidos Evasão imunológica por interferência com a apresentação de péptidos Apresentação e reconhecimento do Antigénio Apresentação e reconhecimento do Antigénio Co-receptores Co-receptores CD4 e CD8: funções distintas CD4 e CD8: funções distintas

8 Processamento não lisosomal

9 Infecções víricas activas induzem CTL específicas de antigénios independentes da via lisosomal

10 Infecções por virus inactivos activas induzem CTL específicas de antigénios dependentes da via lisosomal

11 Processamento de antigénios exógenos e endógenos

12 Processamento, apresentação e reconhecimento do antigénio Processamento do antigénio Processamento do antigénio Apresentação de Ag requer processamento Apresentação de Ag requer processamento Processamento lisosomal e extra-lisosomal Processamento lisosomal e extra-lisosomal Processamento de Antigénios Exógenos (MHC Classe II) Processamento de Antigénios Exógenos (MHC Classe II) Evasão imunológica por interferência com a apresentação de péptidos Evasão imunológica por interferência com a apresentação de péptidos Apresentação e reconhecimento do Antigénio Apresentação e reconhecimento do Antigénio Co-receptores Co-receptores CD4 e CD8: funções distintas CD4 e CD8: funções distintas

13 Processamento de antigénios Exógenos

14 Captura de antigénios exógenos

15 O mecanismo de captura influencia a eficiência da resposta T

16 Internalização de antigénioos pelas células B

17 Degradação endosomal

18 A Cadeia Invariável (Ii)

19 Class II associated invariant chain peptide (CLIP)

20 HLA-DM remove CLIP do MHC-II

21 Expressão de MHC II - péptido na superficie celular da APC

22 Visão global do processamento de péptidos exógenos

23 Processamento, apresentação e reconhecimento do antigénio Processamento do antigénio Processamento do antigénio Apresentação de Ag requer processamento Apresentação de Ag requer processamento Processamento lisosomal e extra-lisosomal Processamento lisosomal e extra-lisosomal Processamento de Antigénios Exógenos (MHC Classe II) Processamento de Antigénios Exógenos (MHC Classe II) Evasão imunológica por interferência com a apresentação de péptidos Evasão imunológica por interferência com a apresentação de péptidos Apresentação e reconhecimento do Antigénio Apresentação e reconhecimento do Antigénio Co-receptores Co-receptores CD4 e CD8: funções distintas CD4 e CD8: funções distintas

24 Processamento de Antigénios Endógenos

25 O Proteasoma (I)

26 O Proteasoma (II)

27 Transporte para o Retículo Endoplasmático

28 TAP1 e TAP2: Transportadores associados ao Processamento do Antigénio

29 O transporte de péptidos estabiliza o MHC-I

30 Visão global

31 Destino das moléculas de MHC-I

32 Visão global do processamento de antigénios endógenos

33 Processamento, apresentação e reconhecimento do antigénio Processamento do antigénio Processamento do antigénio Apresentação de Ag requer processamento Apresentação de Ag requer processamento Processamento lisosomal e extra-lisosomal Processamento lisosomal e extra-lisosomal Processamento de Antigénios Exógenos (MHC Classe II) Processamento de Antigénios Exógenos (MHC Classe II) Evasão imunológica por interferência com a apresentação de péptidos Evasão imunológica por interferência com a apresentação de péptidos Apresentação e reconhecimento do Antigénio Apresentação e reconhecimento do Antigénio Co-receptores Co-receptores CD4 e CD8: funções distintas CD4 e CD8: funções distintas

34 Alguns vírus evadem a vigilancia imunológica interferindo com a apresentação de péptidos

35 Processamento, apresentação e reconhecimento do antigénio Processamento do antigénio Processamento do antigénio Apresentação de Ag requer processamento Apresentação de Ag requer processamento Processamento lisosomal e extra-lisosomal Processamento lisosomal e extra-lisosomal Processamento de Antigénios Exógenos (MHC Classe II) Processamento de Antigénios Exógenos (MHC Classe II) Evasão imunológica por interferência com a apresentação de péptidos Evasão imunológica por interferência com a apresentação de péptidos Apresentação e reconhecimento do Antigénio Apresentação e reconhecimento do Antigénio Co-receptores Co-receptores CD4 e CD8: funções distintas CD4 e CD8: funções distintas

36 Apresentação e reconhecimento do antigénio APC Linfócito TCR MHC CD8

37 Co-receptores

38 Funções das células CD4 e CD8

39 Co-estimulação do TCR e CD4 ou CD8

40 Co-estimulação de células por Th

41 Co-estimulação de Th por APC

42 Mecanismo de co-estimulação em células T


Carregar ppt "Imunologia 2001/2002Prof.Doutor José Cabeda Immunologia Processamento, apresentação e reconhecimento do antigénio."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google