A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Imunologia Noções do Sistema imunitário Orgãos / Células.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Imunologia Noções do Sistema imunitário Orgãos / Células."— Transcrição da apresentação:

1 Imunologia Noções do Sistema imunitário Orgãos / Células

2 Imunidade Inata versus Imunidade adaptativa

3 Imunidade Inata 1- Barreiras Fisiológicas Inata – nasce com o individuo e como tal é baseada geneticamente: 1ª defesa do SI e ao contrário da imunidade específica não possui memória

4 Imunidade Inata Fagocitose –Quimiotaxia

5 Imunidade Inata Inflamação

6 Imunidade Inata- receptores TLR

7

8 Imunidade Inata

9 Proteinas de fase aguda

10 Imunidade Inata Complemento

11 Imunidade Inata NK (citotoxicidade e desgranulação)

12 Natural Killers (NK) São células de origem linfóide e não possuem receptores específicos para o antigénio, daí que sejam consideradas parte do SI Inato. São citotóxicas através de desgranulação, matando a célula ou patogéneo target Os grânulos libertados no processo referido são essencialmente perforinas e granenzimas – semelhantes a proteínas de complemento que formam poros na membrana do alvo, num processo Cálcio- dependente. São activadas por citoquinas entre as quais o IFN gama.

13 Lise celular mediada por perforinas

14 Imunidade Inata NK (receptores)

15 Natural Killers (NK) Para além dos processos de citotoxicidade directa mencionados as células NK podem ligar-se a receptores Fc de anticorpos que opsonizam o patogéneo e exercer a sua actividade citolítica indirectamente- processo de ADCC ( antibody-dependent mediated citotoxicity) ADCC- pode ser praticado por NK ou macrófagos

16 Imunidade Inata versus Adaptativa

17 Imunidade Adaptativa ou Específica

18 Imunidade Adaptativa Linfócitos T e B As células B reconhecem e ligam- se ao antigénio na sua forma nativa As células T só vêm o antigénio associado a moléculas MHC em células apresentadoras de antigénio (APCs)

19 Imunidade Adaptativa Resposta humoral B (produção de Igs)

20 Citoquinas Libertadas pelas células do SI Modulam a inflamação Induzem a resposta adaptativa Efeitos na activação de complemento Efeitos pirogénicos (IL-1) Induzem a fagocitose

21 Orgãos do Sistema Imune

22 Centros Germinais

23 Circulação linfocitária

24 Células do SI

25 Macrófagos Células derivadas dos monócitos e establecem-se pós-maturação nos tecidos. No processo de fagocitose A) adesão B) Ingestão C) Fusão fago-lisossomica D) Morte do microorganismo Este processo não ocorre em casos de latência do patogéneo, ex Mtb

26 Macrófagos A opsonização e fagocitose são mediados por receptores de superfície dos macrófagos, tais como: Fc, Manose, CD14, Toll, scavenger e moléculas de adesão A morte do patogéneo ocorre pela presença de radicais microbicidas, que podem ser: -independentes O2 ( lactoferrina, defensinas, catepsinas) -dependentes O2 (NO, mieloperoxidase)

27 Macrófagos Uma vez activado, o Macrófago secreta vários factores como interleucinas (IL-1, IL-6, TNF e IFN), proteinas de complemento e mediadores inflamatórios (NAP,PGE,ICAM ) Todos estes levam ao aumento do fluxo sanguíneo e alterações do tecido vascular O patogéneo pode: 1-Evadir-se à fagocitose (libertar toxinas – Streptococcus, possuir uma cápsula que evita o contacto-B.anthracis, ou evitar a opsonização- Staphylococci) 2- Evadir-se à morte pós- fagocitose ( escapar do fagossoma para o citoplasma e replicar-se, inibir a fusão fago-lisossomica ou inibir mesmo as enzimas líticas através de antioxidantes

28 Macrófagos O macrófago também pode ser uma APC como a célula dendrítica (representada), pois podem processar o patogéneo em peptidos e apresentá-los aos linfócitos em associação com moléculas MHC. São células características do sistema fagocitário de resposta inata, mas também são células efectoras do sistema adquirido –como APCs Interface do SI Inato e Adquirido

29 Polimorfonucleados (PMNs) Células fagocitárias do sistema imune inato, produzidas na medula óssea, onde sofrem também maturação. Uma vez fora da medula óssea circulam pela via sanguínea onde são levados a zonas de inflamação através de aderência ao endotélio- acumulam-se na zona afectada. São activados por quimioquinas e interleucinas e assim como o macrófago a sua principal função e opsonizar e fagocitar subs. estranhas. Quando maturos os PMNs contém 3 tipos distintos de grânulos, que apareceram conforme os estágios dessa maturação, e pela seguinte ordem: –-azurófilos ( primários) – mieloperoxidase, defensinas, lisozimas –specíficos (secundários) – lisozimas e lactoferrina –gelatinase

30 Neutrófilo

31 Neutrófilos vias de transdução de sinal


Carregar ppt "Imunologia Noções do Sistema imunitário Orgãos / Células."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google