A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ana Paula Ravazzolo Imunoglobulinas e TCR. Ana Paula Ravazzolo Introdução 1798 – Jenner = profilaxia da varíola com o vírus vaccínia 1881 – Pasteur institui.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ana Paula Ravazzolo Imunoglobulinas e TCR. Ana Paula Ravazzolo Introdução 1798 – Jenner = profilaxia da varíola com o vírus vaccínia 1881 – Pasteur institui."— Transcrição da apresentação:

1 Ana Paula Ravazzolo Imunoglobulinas e TCR

2 Ana Paula Ravazzolo Introdução 1798 – Jenner = profilaxia da varíola com o vírus vaccínia 1881 – Pasteur institui o termo vacinação 1890 – Behring = as antitoxinas 1895 – Bordet = o complemento 1896 – Ehrlich = os anticorpos

3 Ana Paula Ravazzolo

4

5 Estrutura 2 regiões: 1 constante – C funções efetoras (porção Fc) 1 variável – V ligação com o Ag (porção Fab) 4 cadeias: 2 leves (light) – C L, V L 2 pesadas (heavy) – C H, V H Fc Fab BIFUNCIONALBIFUNCIONAL

6 Ana Paula Ravazzolo Linfócito B e Ig Ig ou Ac – receptor da superfície do LB maduro (BCR) Responsável pela transdução de sinais e ativação do LB a partir do contato com o Ag Plasmócito linfócito B ativado e diferenciado secreção de Ac

7 Ana Paula Ravazzolo Classes ou Isotipos A porção Fc determina a classe ou isotipo. Existem ainda subclasses e alotipos.

8 Ana Paula Ravazzolo Idiotipo & Paratopo Idiotipo é a especificidade do Ac está na porção variável (Fab) Paratopo é a região do Ac que se ligará ao Ag (ao epitopo) está na porção variável, na região hipervariável igualmente denominadas de regiões determinantes de complementaridade (CDR)

9 Ana Paula Ravazzolo Características e Funções IgM pentâmero predomina nas respostas primárias fixa a proteína do Complemento (C) C1q IgG monômero isotipo envolvido nos processos de neutralização predomina nas respostas secundárias apresenta maior concentração no soro é absorvida na mucosa intestinal de recém nascidos fixa a proteína do Complemento (C) C1q

10 Ana Paula Ravazzolo Características e Funções IgA monômero ou dímero (sIgA) imunidade de mucosas – presente nas secreções (colostro, saliva, trato respiratório, gastro- intestinal, urinário e genital) IgE associada à membrana de mastócitos e basófilos processos alérgicos resposta anti-parasitária (helmintos) IgD na membrana de LB maduros (diferenciação?)

11 Ana Paula Ravazzolo Funções efetoras Através da porção Fc ativação do Complemento (C) interações celulares (opsonização, processos alérgicos, citotoxicidade mediada por Ac = ADCC) através de receptores: FcR IgG - Fc R IgM - Fc R IgE - Fc R IgA - Fc R

12 Ana Paula Ravazzolo Ig e espécies EspécieIgG (IgY*)IgAIgMIgEIgD equinosGa, Gb, Gc, G(T)a, G(T)b AME? bovinosG1 a, G1 b, G2 a, G2 b, G3 a, G3 b AME- ovinosG1 (G1a?), G2, G3A1, A2ME- suínosG1, G2a, G2b, G3, G4 A1, A2ME- cãesG1, G2, G3, G4AME1, E2D gatosG1, G2, G3, G4?A1, A2?ME? camundongosG1, G2a, G2b, G3A1, A2MED humanosG1, G2, G3, G4A1, A2M1, M2ED aves*IgYAME-

13 Ana Paula Ravazzolo Anticorpos monoclonais (mAb) 1975 – Milstein & Köhler = hibridomas

14 Ana Paula Ravazzolo Estrutura dos genes/Ig Cadeias leves L Cadeias pesadas H Genes as regiões V e C e as cadeias L e H são codificadas por genes diferentes Região variável – V Região constante – C L V C HV H C H C - IgA C - IgM C - IgG C - IgD C - IgE

15 Ana Paula Ravazzolo Diversidade das Ig Como genes distintos codificam para uma única proteína? recombinação somática das sequências de segmentos de genes durante a maturação dos LB cadeias leves 3 segmentos: V, J (joining) e C cadeias pesadas 4 segmentos: V, D (diversity), J e C o número de segmentos V, D e J varia em função das espécies

16 Ana Paula Ravazzolo

17

18

19 Outros mecanismos Inserções de bases entre as associações V H – D e D – J H Mutações pontuais troca deleção inserção principalmente relacionadas com a maturação da afinidade (regiões hipervariáveis)

20 Ana Paula Ravazzolo Troca de classes Switch ou troca de classes LB de mesma especificidade (idiotipo) são capazes de gerar imunoglobulinas de classes (isotipos) diferentes de acordo com o estímulo antigênico o mecanismo envolvido é o splicing, através do qual são selecionados os diferentes segmentos de cadeia pesada constante (C, C ) que determina os isotipos ou classes de Ig resposta primária – predomínio de IgM (C ) resposta secundária – predomínio de IgG (C )

21 Ana Paula Ravazzolo Co-expressão IgM/IgD

22 Ana Paula Ravazzolo Receptor dos linfócitos T - TCR Complexo TCR TCR e CD3 Reconhece Ag (peptídeo) associado ao MHC CD8 – MHC I CD4 – MHC II Responsável pela transdução de sinais após reconhecimento do Ag

23 Ana Paula Ravazzolo Estrutura RECONHECIMENTO SINALIZAÇÃO membrana celular citoplasma

24 Ana Paula Ravazzolo MHC I

25 Ana Paula Ravazzolo MHC II

26 Ana Paula Ravazzolo Estrutura dos genes/TCR TCR: e cadeia cadeia segmentos V, J e C cadeia cadeia segmentos D Membro da superfamília (de proteínas) das Ig 1 segmento em e 2 segmentos em e

27 Ana Paula Ravazzolo

28 Diversidade do TCR Recombinação gênica Inserção de bases CDR = região determinante de complementaridade (hipervariável) Repertório (combinatorial)

29 Ana Paula Ravazzolo

30 Interação LT e APC Linfócito T helper Célula Apresentadora de Ag MHC II ICAM-1 CD4 CD28 B7 LFA-1 TCRAg

31 Ana Paula Ravazzolo


Carregar ppt "Ana Paula Ravazzolo Imunoglobulinas e TCR. Ana Paula Ravazzolo Introdução 1798 – Jenner = profilaxia da varíola com o vírus vaccínia 1881 – Pasteur institui."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google