A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Agenda Introdução CEBDS Conceito de desenvolvimento sustentável Tendências globais Contexto histórico - WSSD Responsabilidade corporativa Responsabilidade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Agenda Introdução CEBDS Conceito de desenvolvimento sustentável Tendências globais Contexto histórico - WSSD Responsabilidade corporativa Responsabilidade."— Transcrição da apresentação:

1 Agenda Introdução CEBDS Conceito de desenvolvimento sustentável Tendências globais Contexto histórico - WSSD Responsabilidade corporativa Responsabilidade ambiental corporativa Responsabilidade social corporativa Diálogo de múltiplas partes Risco corporativo Conclusão

2 Definição de RSC «Responsabilidade Social Corporativa é o compromisso das empresas em contribuir para o desenvolvimento econômico sustentável, trabalhando com seus funcionários e suas famílias, a comunidade local e a sociedade em geral para melhorar sua qualidade de vida.» RSC inclui: direitos humanos, direitos trabalhistas, proteção ambiental, relações com os fornecedores e o monitoramento dos direitos dos stakeholders.

3 Limites da RSC Para muitas empresas, definir os limites da RSC ainda é o problema mais difícil a ser resolvido. É esta questão que geralmente ocupa o cerne de qualquer debate sobre responsabilidade social corporativa.

4 A cadeia de valores de RSC Usuário final Trabalho infantil Discriminação Abuso de populações indígenas Envolvimento da comunidade Uso de fornecedores não habilitados Jornada de trabalho longa Abuso dos direitos sindicais Condições de trabalho: periculosidade Trabalho forçado Riscos/ documentos de identificação Corrupção Discriminação Sem liberdade de expressão Preocupações com saúde e segurança Uso de disciplina Propinas Contratação Sem liberdade de associação/acordo coletivo Remuneração injusta Concorrência desleal Exclusão social Questões sociais potencialmente críticas (direitos humanos, abusos contra a mão de obra, corrupção) mapeados versus atividades típicas no ciclo de vida do produto ou na cadeia de valores das atividades. Distribuição Produção Transporte Processamento das matérias primas Uma segunda abordagem para auxiliar uma empresa a delinear sua atuação com RSC consiste em mapear os problemas e os dilemas através de uma cadeia de valores ou do ciclo de vida de um produto. O gráfico abaixo toma por exemplo uma indústria manufatureira típica para ilustrar alguns dos principais desafios.

5 RSC: as empresas e a cadeia de valores Imagem da marca & reputação Por exemplo: marcas/empresas com boa reputação atraem clientes, capital e parceiros de negócios. Melhor desempenho financeiro Por exemplo: 300 grandes empresas publicamente comprometidas com RSC saíram-se 2 ou 3 vezes melhor do que as não comprometidas, segundo avaliação de valor de mercado agregado. (1) Empresas que praticam RSC têm melhores resultados financeiros (em vendas ou rendimentos). (2) Por outro lado, a publicidade sobre um comportamento não ético diminui o valor das ações de uma empresa durante no mínimo seis meses. Maior produtividade e qualidade Por exemplo: empresas que oferecem melhores condições de trabalho ou participação dos funcionários aumentam sua produtividade e reduzem a margem de erros.

6 RSC: as empresas e a cadeia de valores Atrair & manter funcionários Por exemplo: empresas altamente comprometidas com RSC recrutam novos funcionários mais facilmente e têm maior taxa de retenção de funcionários – reduzindo custos com recrutamento e treinamento. Melhor gestão regulamentar Por exemplo: empresas cujas práticas atendem ou vão além das exigências de regulamentação estão sujeitas a menos fiscalização. Maior nível de confiabilidade RSC representa bom senso em negócios

7 Síntese da pesquisa + boas práticas Lições aprendidas e mensagens ouvidas Relatórios e indicadores Sintetizar iniciativas atuais Desenvolver guia de avaliação Desenvolver guia para publicação WBCSD/CEBDS Desenvolvido em setembro/1998

8 Decisões Não São Mais Tomadas Exclusivamente nas Salas da Diretoria De Acionistas a Stakeholders

9 Definindo o cenário Stakeholders são indivíduos, pessoas ou instituições que são ou podem vir a ser afetados pelas atividades de determinado grupo. Do mesmo modo, também são stakeholders os indivíduos que podem influenciar as atividades daquele grupo. Qualquer indivíduo ou grupo que está ligado a ou tem algum interesse na organização e em seu desempenho. Ou seja, quem sofre qualquer impacto de uma organização e/ou causa qualquer grau de impacto na organização. = Quem são os Stakeholders?

10 Shareholders o Acionistas o Donos Stakeholders (G.I.) o ONGs o Associação de moradores o Igreja o Legisladores o Empregados o Fornecedores oConsumidores Stakeholders

11 Reconhecer a importância do diálogo com as partes interessadas Questões cruciais Com quem ? Por que? Diálogo não é fácil como pode parecer Identificação das G.I. é função de: legitimidade; contribuição / influência e resultados. Essência da RSC

12 Rumo à RSC

13 Na Tela do Radar 1.Melhor atendimento a fornecedores/clientes 2.Direitos humanos continuarão a receber mais atenção e visibilidade 3.Questões éticas 4.Reconhecimento da Diretoria/CEO 5.Governança Corporativa 6.Religião no ambiente de trabalho 7.Menor controle superior - Tendências/Desafios Futuros

14 Na Tela do Radar 8.Maior transparência e maior número de informações disponibilizadas 9.Códigos & padrões externos: global compact, GRI, Sullivan, SA Rótulos nos produtos: sem mão-de-obra infantil 11. Interesse da mídia e publicidade: boa imagem na imprensa 12.Mais pressões dos grandes investidores 13.Diferentes expectativas dos stakeholders - Tendências/Desafios Futuros

15 Pesquisa Empresarial do Banco Mundial: a prática da Responsabilidade Social Corporativa - RSC Direitos Trabalhistas Corrupção Direitos Humanos Saúde da Comunidade Gestão Ambiental Direitos de Propriedade/T erra Porcentagem de entrevistados Políticas de RSC aprovadas pelo Conselho das empresas Pesquisa realizada em Outubro / 2003

16 Pesquisa Empresarial do Banco Mundial Educação e treinamento Saúde comunidade Meio Ambiente Reg. Erradicação Pobreza Padrões trabalhistas /locais/nacionais Dir. humanos e civis Pop. Nativas e dir.propriedade/terra Desenvolvimento Regional Outros Porcentagem de entrevistados Atuação das multinacionais em questões comunitárias específicas Pesquisa realizada em out./2003

17 Ações associados CEBDS na Comunidade Projetos de capacitação e reciclagem profissional – comunidades carentes. Patrocínio - programas educativos, rede de TV nacional. Patrocínio a projetos culturais – literatura, artes plásticas, música – e educativos. Atividades educativas junto à rede de ensino formal. Criação e manutenção de Unidades de Conservação Ambiental. Projetos agrícolas comunitários. (práticas de preservação ambiental/geração de excedente) Recuperação de áreas degradadas, saneamento básico. (parceria com entidades governamentais) Responsabilidade Social Corporativa

18 Programa de educação alimentar NUTRIR – crianças entre 5 e 14 anos e suas famílias; 710 funcionários voluntários, abono de 8h mensais; funcionários doam parte do salário / empresa quantia idêntica. Programa de Saúde Comunitária – Hospital Albert Einstein, SP – habitantes; tratamento de má nutrição na infância, deficiência de vitamina A e parasitas intestinais. Assistência técnica e social / Universidade de Viçosa, MG até 1998, pequenos fazendeiros e suas famílias; aumento de 250% na produtividade de seus plantios. Responsabilidade Social Corporativa Nestlé

19 Holcim Indicadores Sociais

20 Usiminas


Carregar ppt "Agenda Introdução CEBDS Conceito de desenvolvimento sustentável Tendências globais Contexto histórico - WSSD Responsabilidade corporativa Responsabilidade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google