A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Profª Andréa Fávaro. Denotação é o emprego da palavra em seu sentido objetivo, real ou literal. Conotação é o emprego da palavra em seu sentido subjetivo,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Profª Andréa Fávaro. Denotação é o emprego da palavra em seu sentido objetivo, real ou literal. Conotação é o emprego da palavra em seu sentido subjetivo,"— Transcrição da apresentação:

1 Profª Andréa Fávaro

2 Denotação é o emprego da palavra em seu sentido objetivo, real ou literal. Conotação é o emprego da palavra em seu sentido subjetivo, irreal ou figurado.

3

4

5 Podemos classificar as figuras de linguagem em: Figuras de palavras (ou tropos); Figuras de pensamento; Figuras de construção (ou sintaxe);

6 As solteironas, os longos vestidos negros fechados no pescoço, negros xales nos ombros, pareciam aves noturnas paradas... (Jorge Amado)

7 A noite é um manto negro sobre o mundo. Esta vida é uma viagem pena eu estar só de passagem (Paulo Leminski)

8 f olhas de papel dente de alho céu da boca asa da xícara

9 Antes de sair, tomamos um cálice de licor. Ergueu a casa com seu suor.

10 Este aluno tem ótima cabeça. Comprei uma garrafa do legitimo porto. Usa gilete diariamente.

11 Virou a madruga lendo Augusto do Anjos. Edson ilumina o mundo.

12 Hoje é o dia E eu quase posso tocar o silêncio A casa vazia. (Capital inicial) Sua voz doce e aveludada era uma carícia em meus ouvidos.

13 Eu e você assim de perto dá Pra eu me perder de vez nas tuas tintas Me dê uma noite, um pouco da manhã Só pra eu sacar se os olhos mudam de cor (Maria Gadu)

14 Paradoxo Vamos pra longe Sem se tocar os olhos vão Se encontrar e se perder (Maria Gadu)

15 Amor é fogo que arde sem se ver; É ferida que dói e não se sente; É um contentamento descontente; É dor que desatina sem doer. (Luis Vaz de Camões)

16 O hábil político tomou emprestado dinheiro público e esqueceu de devolver.

17 Olha só como o quarto está arrumado! Nada focou no lugar! Tudo de pernas para o ar!

18 Paixão cruel desenfreada Te trago mil rosas roubadas Pra desculpar minhas mentiras Minhas mancadas Exagerado (...) (Cazuza/Leoni/Ezequiel)

19 Na noite alta, como sobre um muro, As estrelinhas cantam como grilos... (Mario Quitana)

20 Tudo cura o tempo, tudo faz esquecer, tudo digere, tudo acaba. (Pe Antônio Vieira)

21 Vi com os meus próprios olhos o foguete desaparecer. Sorriu para Holanda um sorriso ainda marcado de pavor. (V. Moog)

22 Somos estudiosos.

23 É pau, é pedra, é o fim do caminho É um resto de toco, é um toco sozinho É um caco de vidro, é a vida, é o Sol É a noite, é a morte, é um laço, é o anzol (Tom Jobim)

24 Que o juízo final há de chegar, não contesto.

25 O rato roeu a roupa do rei de Roma

26 Sou Ana, da cama da cana, fulana, bacana Sou Ana de Amsterdam. (Chico Buarque)

27 O silêncio fresco despenca das árvores. Veio de longe, das planícies altas. Dos cerrados onde o guaxe passe rápido... Vvvvvvvv... passou. (Mário de Andrade)


Carregar ppt "Profª Andréa Fávaro. Denotação é o emprego da palavra em seu sentido objetivo, real ou literal. Conotação é o emprego da palavra em seu sentido subjetivo,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google