A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O CLIMA DA TERRA. CLIMATOLOGIA 1900 - 1940 ciência descritiva (apresentava o clima por valores médios de certos parâmetros (temperatura e precipitação)).

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O CLIMA DA TERRA. CLIMATOLOGIA 1900 - 1940 ciência descritiva (apresentava o clima por valores médios de certos parâmetros (temperatura e precipitação))."— Transcrição da apresentação:

1 O CLIMA DA TERRA

2 CLIMATOLOGIA ciência descritiva (apresentava o clima por valores médios de certos parâmetros (temperatura e precipitação)). o advento tecnológico (sondas e satélites artificiais) trouxe uma maior precisão no estudo do clima # Não existe um lugar na Terra que tenha o clima igual ao outro. ELEMENTOS DO CLIMA 1.Radiação 2.Circulação atmosférica 3.Umidade chuva, nebulosidade, evaporação e pressão

3 LUZ E TEMPERATURA Manifestações da radiação solar e do balanço energético da Terra Luz comprimento de onda visível aos nossos olhos (0,4 a 07 µm) Calor relacionado a noção de temperatura (comprimento acima de 07 µm) # Temperatura dependente das características físicas da superfície onde a radiação incide ou de onde é irradiada A temperatura sobre a superfície da Terra tem hoje uma faixa ampla que pode variar de 58°C (deserto) a -87°C (antártida) A temperatura média da superfície da Terra é hoje de cerca de 15 °C. 1.Marcas deixadas em áreas continentais oriundas do deslocamento de geleiras 2.Modificação na distribuição geográfica da biota

4 LUZ E TEMPERATURA Oscilação climática pequenas variações na temperatura média global # A energia solar que atinge a Terra é a fonte principal de luz e calor da superfície do planeta Nem calor (nem luz) são distribuídos uniformemente em toda superfície do globo geometria do sistema solar e inclinação do eixo de rotação da Terra ESTAÇÕES CLIMÁTICAS (variação da temperatura em relação à latitude) # Resfriamento por altitude em ambientes montanhosos, a medida que se sobe, temperatura e pressão diminuem em relação às terras baixas. 1.Ganho de temperatura de massas de ar situadas próximas a superfície 2.Elevação da massa de ar 3.Expansão da massa de ar em decorrência da diminuição da pressão 4.Diminuição da temperatura

5 LUZ E TEMPERATURA # O resfriamento por altitude origina um clima diferente do resfriamento por latitude Inexistência das estações climáticas em regiões equatoriais # montanhas tropicais (Andes, Kilimanjaro, Kênia) radiação solar recebida é praticamente a mesma durante o ano todo # O levantamento de grandes montanhas tropicais (Período Terciário) criou novos ambientes climáticos para expansão da fauna e flora (mamíferos e angiospermas) Surgimento de novas espécies e a migração de outras (ocupando ambientes recém-criados e formando ecossistemas montanos) 1.Gradiente adiabático – número de graus que a temperatura abaixa em função da altitude

6 VENTOS # representam a circulação do ar causada por diferença de pressão e temperatura atmosféricas fundamentais para o entendimento do clima e do transpor e dispersão de esporos e grãos de pólen sobre a superfície da Terra. redistribuição de energia pela superfície do planeta fenômeno dependente da topografia da região analisada # FATORES DETERMINANTES NA ELEVAÇÃO DE MASSAS DE AR 1. Causas orográficas – a presença de terras altas força a subida do ar 2. Causas convectivas – um aquecimento diferencial sobre a superfície (terra ou mar) cria áreas quentes que esquentam uma massa de ar e, então, ela sobe

7 VENTOS # FATORES DETERMINANTES NA ELEVAÇÃO DE MASSAS DE AR 1. Causas convergentes – quando 2 massas de ar se encontram em ângulo obtuso (entre 90° e 180°) há a elevação de uma delas 2. Causas ciclônicas – quando 2 massas de ar com características diferentes se encontram em ângulo agudo(menor de 90°) há a elevação de uma delas # BRISA MARINHA – ocorre durante o dia, quando o continente está mais quente que o mar 1.Elevação de massa de ar (quente) sobre a terra 2.Substituição desta por outra (menos quente) vinda do mar

8 VENTOS # TERRAL – ocorre durante a noite, quando o continente está mais frio que o mar 1.Elevação de massa de ar (quente) sobre o mar 2.Substituição desta por outra (menos quente) vinda do continente a existência de vegetação influenciará decisivamente o momento da viração # CIRCULAÇÃO ATMOSFÉRICA GLOBAL 1.Dentro de um ciclo anual, a zona equatorial absorve mais calor do que perde 2.Dentro de um ciclo anual a zona polar perde mais calor do que absorve o intercâmbio de temperatura é feito pelo movimento das correntes atmosféricas e marinhas

9 VENTOS # CIRCULAÇÃO ATMOSFÉRICA GLOBAL 1.Ganho de temperatura de massas de ar situadas próximas a superfície 2.Elevação da massa de ar 3.Expansão da massa de ar em decorrência da diminuição da pressão 4.Diminuição da temperatura 5.Deslocamento para latitudes maiores (pólos) # FUNDAMENTAL EM ESTUDOS AMBIENTAIS correntes atmosféricas correspondem ao principal agente transportador de vapor de água modificação do balanço energético diversificação de biomas

10 PADRÃO GLOBAL DAS CHUVAS # OBEDECE A CIRCULAÇÃO ATMOSFÉRICA GLOBAL quando ventos frios superficiais, vindos de zonas subtropicais, se dirigem para latitudes baixais (equador) há absorção de calor e umidade (superfície do mar) próximo ao equador (já bastante quentes e úmidos) há sua elevação precipitação 1.Uma vez frios e secos, os ventos começam a descer, esquentar e reter a umidade que encontram junto a superfície (formação de áreas desérticas) # A evidência de antigos desertos indica o sentido de movimentação dos continentes ao longo do tempo geológico.


Carregar ppt "O CLIMA DA TERRA. CLIMATOLOGIA 1900 - 1940 ciência descritiva (apresentava o clima por valores médios de certos parâmetros (temperatura e precipitação))."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google