A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 A IMPORTÂNCIA DO FOMENTO NO FORTALECIMENTO DA CADEIA DO AGRONEGÓCIO FLORESTAL REUNIÃO TÉCNICA SOBRE FOMENTO FLORESTAL UFV / DEF / SIF / Florescer Belo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 A IMPORTÂNCIA DO FOMENTO NO FORTALECIMENTO DA CADEIA DO AGRONEGÓCIO FLORESTAL REUNIÃO TÉCNICA SOBRE FOMENTO FLORESTAL UFV / DEF / SIF / Florescer Belo."— Transcrição da apresentação:

1 1 A IMPORTÂNCIA DO FOMENTO NO FORTALECIMENTO DA CADEIA DO AGRONEGÓCIO FLORESTAL REUNIÃO TÉCNICA SOBRE FOMENTO FLORESTAL UFV / DEF / SIF / Florescer Belo Horizonte, MG – 05, 06.Setembro.2005

2 2 CONCEITO FAMÍLIA KLABIN E LAFER ! DESDE 1934 Na Fazenda Monte Alegre SUSTENTABILIDADE Eucaliptos/Arauc Pinus

3 3 Crescimento de florestas Cubic Meters/Hectare/Year (Softwood) CanadaCISSwedenU.S.AustraliaSouth Africa Mexico Costa Rica Chile\ Argentina\ Uruguay New Zealand Brazil Northern HemisphereSouthern Hemisphere Natural ForestsPlantation Forests Source: New Zealand Forest Research Institute and Chandler Fraser Keating elaborado por: UBS Brinson

4 4 FOMENTO FLORESTAL DA KLABIN SOCIAL AMBIENTALECONÔMICO

5 5 CONTRIBUIÇÃO SOCIAL: Fixar o pequeno produtor no meio rural; Fixar o pequeno produtor no meio rural; Utilizar / especializar a mão-de-obra familiar em períodos Utilizar / especializar a mão-de-obra familiar em períodos sazonais; sazonais; Atuar em apoio as atividades Governamentais Atuar em apoio as atividades Governamentais ; Criar mentalidade florestal na região; Criar mentalidade florestal na região; Reduzir pressão monopólio nas terras municipais Reduzir pressão monopólio nas terras municipais Atividade Florestal é forte geradora de emprego; Atividade Florestal é forte geradora de emprego;

6 6 CONTRIBUIÇÃO AMBIENTAL: ; Evitar formação extensos blocos homogêneos; Recuperar matas ciliares; Recuperar matas ciliares; Proteger bacias hidrográficas Proteger bacias hidrográficas Controlar a erosão; Controlar a erosão; Incentivar o uso múltiplo do solo / propriedade Redução da pressão de corte sobre as matas nativas; Redução da pressão de corte sobre as matas nativas;

7 7 CONTRIBUIÇÃO ECONÔMICA: Reduzir Investimentos na compra de terras; Reduzir Investimentos na compra de terras; Promover maior disponibilidade de madeira; Promover maior disponibilidade de madeira; Formar ganho alternativo; Formar ganho alternativo; Utilizar terras ociosas com florestas; Utilizar terras ociosas com florestas; Oportunidade de negócio com excelente rentabilidade financeira; Oportunidade de negócio com excelente rentabilidade financeira; Gerador de empregos e Rendas nas Comunidades / Regiões;

8 8 FOMENTO FLORESTAL NA KLABIN Parceria entre KLABIN e todos Proprietários terra a uma distância máxima de 100 km ( ? ) da Fábrica de Telêmaco Borba; Histórico de Implantação: Histórico de Implantação: : KLABIN / EMATER-PR / ITCF(IAP); : KLABIN / EMATER-PR / ITCF(IAP); - JUL/1988: PLANO PILOTO DE FOMENTO - JUL/1988: PLANO PILOTO DE FOMENTO FLORESTAL INTEGRADO; FLORESTAL INTEGRADO; - OUT/1988: Primeiras mudas - 4 municípios - OUT/1988: Primeiras mudas - 4 municípios - 10/NOV/1991: Inclusão de 3 municípios - 10/NOV/1991: Inclusão de 3 municípios : Inclusão de 3 municípios ( total 11 ) : Inclusão de 3 municípios ( total 11 )

9 9 FOMENTO FLORESTAL NA KLABIN 1. MODALIDADE - ARRENDAMENTO: - 20 anos hectares - Pagamento: base milho hectare / ano efetivo ou parte da produção em pé; - 100% OPERAÇÕES POR KLABIN; Obs.: KLABIN FLORESTAL PARANÁ realizou o último arrendamento de terras em 1999; retornamos em 2005;

10 10 FOMENTO FLORESTAL NA KLABIN em analise Realizado Anual por Modalidade (ha) Arrendamento Florestal

11 11 FOMENTO FLORESTAL NA KLABIN MODALIDADE - EMPREENDIMENTO: 2. MODALIDADE - EMPREENDIMENTO: - 6/8 anos - Área mínima de 10 hectares - Pagamento da dívida em madeira no 1º corte - Valores médios: 18 t /hectares efetivo posto fábrica ( 2004 ) - OPERAÇÕES KLABIN: mudas, transporte, plantio, replantio, iscas e porta iscas formicidas, combate e assistência técnica - KLABIN TEM PREFERENCIA DE COMPRA. Obs.: Em 2004 foram plantados 436 hectares nesta modalidade;

12 12 FOMENTO FLORESTAL NA KLABIN Realizado Anual por Modalidade (ha) Emprendimento Florestal

13 13 FOMENTO FLORESTAL NA KLABIN 3. MODALIDADE - DOAÇÕES DE MUDAS ( EMATER-PR): - Área máxima propriedade de 50 ha - Renda exclusiva da propriedade - Máximo de mudas ou 30% propriedade ( o que atingir 1º ) - Doações mudas / isca formicida na propriedade e Assistência Técnica Integral da EMATER - KLABIN garante compra; produtor não tem compromisso venda Obs.: Em 2004 foram plantados 643 hectares nesta modalidade;

14 14 FOMENTO FLORESTAL NA KLABIN Realizado Anual por Modalidade (ha) Doação de Mudas

15 15 FOMENTO FLORESTAL NA KLABIN MODALIDADE - VENDA DE MUDAS: 4. MODALIDADE - VENDA DE MUDAS: - Produtor que não se enquadra nas anteriores - Venda de mudas e isca a preços de custo - Pagamento em moeda ou madeira no 7/9 ano ( 7/8 t/há pf) - Assistência técnica gratuita - KLABIN TEM PREFERENCIA DE COMPRA Obs.: Em 2004 foram plantados hectares nesta modalidade;

16 16 FOMENTO FLORESTAL NA KLABIN Realizado Anual por Modalidade (ha) Venda de Mudas

17 17 FOMENTO FLORESTAL NA KLABIN em analise Realizado Anual por Modalidade (ha)

18 18 FOMENTO FLORESTAL NA KLABIN

19 19 SUBSÍDIO FEDERAL: PROPFLORA / PRONAF KLABIN S.A. - Em 2005 irá plantar mais de hectares, no PR e SC, através do Programa PROPFLORA, conectando o agente Financeiro ao Pequeno Proprietário rural.

20 20 FOMENTO FLORESTAL NA KLABIN RESULTADOS ALCANÇADOS PELA COMUNIDADE: - Mais de 1,2 MILHÕES DE TON entregues a KLABIN + vendas externas ( serrarias, laminadoras, energia, usos internos...) - Em torno de R$ 40 MILHÕES de FATURAMENTO BRUTO + vendas externas + Benefícios indiretos.

21 21 ANÁLISE ECONÔMICA DE INVESTIMENTOS QUAL NEGÓCIO PROPORCIONA MAIOR RETORNO QUAL NEGÓCIO PROPORCIONA MAIOR RETORNO FINANCEIRO AO PROPRIETÁRIO DE TERRA ? FINANCEIRO AO PROPRIETÁRIO DE TERRA ? ANÁLISE COMPARATIVA DE INVESTIMENTOS: ANÁLISE COMPARATIVA DE INVESTIMENTOS: AGRICULTURA / Soja + Trigo AGRICULTURA / Soja + Trigo AGRICULTURA / Milho AGRICULTURA / Milho PECUÁRIA DE CORTE PECUÁRIA DE CORTE REFLORESTAMENTO / Pinus ( Manejo Sólido ) REFLORESTAMENTO / Pinus ( Manejo Sólido ) REFLORESTAMENTO / Eucaliptos ( Manejo REFLORESTAMENTO / Eucaliptos ( Manejo Celulose ) Celulose )

22 22 ANÁLISE: AGRICULTURA / Soja e Trigo o SOJA + TRIGO: Modo geral obtém-se uma colheita de soja e uma colheita de trigo no ano; uma safra de Soja, produtividade média de kgs por hectare (55sc) + uma safra de Trigo, produtividade média de kgs por hectare ( 50 sc). –Fonte: Empresário da região o Preço atual da Soja = R$ 30,00 / saca o Preço atual do Trigo = R$ 21,00 / saca o Renda bruta por hectare / ano: R$ 1.650,00 + R$ 1.050,00 = R$ 2.700,00 / ha.ano R$ 2.700,00 / ha.ano o Despesas: R$ 900,00 + R$ 800,00 = R$ 1.700,00 / ha.ano o Renda Líquida por hectare / ano: R$ 1.000,00 / ha.ano

23 23 ANÁLISE: AGRICULTURA / Milho o Milho: Modo geral obtém-se duas colheitas de milho no ano; uma safra normal com produtividade média de kg por hectare (50sc) e outra de safrinha com kg por hectare ( 30 sc). Fonte IBGE T. Borba. Fonte IBGE T. Borba. o Preço atual do milho = R$ 16,00 / saca o Renda bruta por ha: sacas x R$ 16,00 saca = R$ 1.280,00 / ha.ano o Despesas: R$ 750,00 / ha.ano o Renda Líquida por ha: R$ 530,00 / ha.ano

24 24 ANÁLISE: Pecuária de Corte o Conforme informação do Processo PCD/EMATER- Pr ( Pecuária de Curta Duração) o ganho médio da pecuária na região de T. Borba é de 150kg de peso vivo por hectare por ano ( 5 arrobas de carne). o A cotação da arroba de boi gordo hoje: R$ 49,50 o Renda bruta por ha: 5 arrobas/ha.a x R$ 49,50 = R$247,50 / ha.a o Despesas: R$ 136,00 / ha.ano ( 55 % receitas ) o Renda Líquida por ha: R$ 111,50 / ha.ano

25 25 ANÁLISE: REFLORESTAMENTO / Pinus ( Manejo sólido ) o Para nosso exemplo vamos considerar plantio de Pinus em uma rotação de 20 anos: o Considerado um IMA: 33 m³ com casca / ha.ano –1o Desbaste ano m³ de toretes –2o Desbaste ano m³ de toretes 30 m³ de toras 30 m³ de toras –Corte Raso ano m³ toretes 280 m³ toras grossas 280 m³ toras grossas

26 26 ANÁLISE: REFLORESTAMENTO / Pinus ( Manejo Sólido ) (cont.) o Considerando valores atuais de venda como constantes (aumento de preços= inflação): tora fina em pé R$ 35,00/ m³ com casca tora fina em pé R$ 35,00/ m³ com casca tora grossa em pé R$ 85,00 / m³ com casca tora grossa em pé R$ 85,00 / m³ com casca o Renda liquida total: –finas: 350 m³ x R$ 35,00 / m³ = R$ ,00 –grossas: 310 m³ x R$ 85,00 / m³ = R$ ,00 o Renda líquida = R$ ,00 total ou R$ 1.930,00 / ha.ano

27 27 ANÁLISE: REFLORESTAMENTO / Eucaliptos ( Manejo Celulose ) o Para nosso exemplo vamos considerar plantio de Eucaliptos com 1 rotação ( 6 -Sexto- ano ): o Estimativa de produção total: – Corte total / sexto ano 300 t / ha – I.M.A 50,0 t / ha ano o Preço em pé: R$ 35,00 / t o Receita líquida em pé: –Corte total / 6 ano: R$ ,00 / ha total ou R$ 1.750,00 / ha.ano R$ 1.750,00 / ha.ano

28 28 COMPARATIVO RENDAS LÍQUIDAS ( Considerando-se o Fator TEMPO ) o Como cada atividade trabalha em ciclos diferentes, a forma adequada de uniformizar os números levando em consideração o fator tempo é através do VALOR PRESENTE DESCONTADO, escolhendo-se uma taxa de desconto. Valor Futuro = Valor Presente x (1+i)n Valor Futuro = Valor Presente x (1+i)n o Taxa de Desconto: 10 % (Remuneração poupança: 6 % a.a.)

29 29 o SOJA + TRIGO = R$ 1.000,00 / ha.ano ou Valor Presente de R$ 935,00 / ha.ano trazendo para o início do período considerando 0,7 anos o prazo médio de recebimento; o MILHO = R$ 530,00 / ha.ano ou Valor Presente de R$ 496,00 / ha.ano trazendo para o início do período considerando 0,7 anos o prazo médio de recebimento R$ 496,00 / ha.ano trazendo para o início do período considerando 0,7 anos o prazo médio de recebimento o Pecuária de corte: na verdade a renda é 15 arrobas ao final do terceiro ano = R$ 334,50 no final do terceiro ano; VP = R$ 251,00 o equivalente anual (PMT) seria R$ 101,00 / ha.ano o Floresta ( Pinus) = R$ ,00 em 20 anos; VP = R$ 7.596,00 o equivalente anual (PMT ) seria R$ 716,00 / há.ano. – Despesas formação: R$ 1.500,00 / ha o Floresta ( Eucaliptos) = R$ ,00 em 6 anos; VP = R$ 5.927,00 o equivalente anual ( PMT ) seria R$ 1.085,00 / há.ano – Despesas formação: R$ 1.200,00 / ha COMPARATIVO RENDAS LÍQUIDAS ( Considerando-se o Fator TEMPO ) ( Cont.)

30 30 o AGRICULTURA / Soja + trigo: R$ 935,00 / ha.ano (- 14 %) o AGRICULTURA / Milho: R$ 496,00 / ha.ano (- 54 %) o PECUÁRIA DE CORTE: R$ 101,00 / ha.ano (- 91 %) o REFLORESTAM. / Pinus: R$ 716,00 / ha.ano (- 34 %) o REFLORESTAM. / Eucaliptos: R$ 1.085,00 / ha.ano ( 100 %) NÃO INCLUÍDO CUSTOS DA TERRA / RISCOS / OUTROS NÃO INCLUÍDO CUSTOS DA TERRA / RISCOS / OUTROS RESUMO COMPARATIVO RENDAS LÍQUIDAS ( ) RESUMO COMPARATIVO RENDAS LÍQUIDAS ( PREÇOS MOMENTO )

31 31 CLUSTER DA ÁRVORE DE TELEMACO BORBA – Pr.

32 32 Manejo Florestal para Uso Múltiplo da Madeira Alto volume sustentável de matéria-prima florestal Parceria Prefeitura Municipal e Klabin S.A Área Total = 210,7 ha Garantia de Fornecimento de Matéria-Prima, pelo prazo mínimo de 10 anos, com volume inicial de t / ano 47 empresas de base florestal, sendo 7 em Eucaliptos, 35 em Pinus e 5 beneficiadoras empregos diretos aproximados –base: Consumo de madeira 2004: t Eucaliptos; t Pinus… TOTAL: t (75,3 % das vendas totais PR) DISTRITO INDUSTRIAL TB - MADEIREIRO / MOVELEIRO

33 33 Distrito Industrial Madeireiro/Moveleiro Evolução do nº de Empresas Empresas

34 34 Distrito Industrial Madeireiro/Moveleiro Empresas Madeireiras de T.Borba Geração de Empregos Empregos

35 35 Distrito Industrial Madeireiro/Moveleiro Consumo de Toras - Distrito Industrial Ano Toneladas/mil Toras KlabinToras terceirosTotal De forma crescente, as florestas oriundas do programa de Fomento Florestal entre Klabin e pequenos/médios/grandes proprietários de terras, passarão a suprir parte da necessidade local de matéria-prima.

36 36

37 37 PALAVRA FINAL

38 38 ENDEREÇO PARA CONTATO HOME PAGE: RONALDO LUIZ SELLA Fone: xxx OBRIGADO !


Carregar ppt "1 A IMPORTÂNCIA DO FOMENTO NO FORTALECIMENTO DA CADEIA DO AGRONEGÓCIO FLORESTAL REUNIÃO TÉCNICA SOBRE FOMENTO FLORESTAL UFV / DEF / SIF / Florescer Belo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google