A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

REPRODUÇÃO ANIMAL. INTRODUÇÃO Característica exclusiva dos seres vivos Fundamental para a manutenção da espécie e não do indivíduo. Em nível molecular.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "REPRODUÇÃO ANIMAL. INTRODUÇÃO Característica exclusiva dos seres vivos Fundamental para a manutenção da espécie e não do indivíduo. Em nível molecular."— Transcrição da apresentação:

1 REPRODUÇÃO ANIMAL

2 INTRODUÇÃO Característica exclusiva dos seres vivos Fundamental para a manutenção da espécie e não do indivíduo. Em nível molecular a reprodução está associada à capacidade do DNA se autoduplicar

3 TIPOS DE REPRODUÇÃO SEXUADA Geralmente com participação de gametas Promove aumento de variabilidade genética - recombinação genética ASSEXUADA Sem participação de gametas Com pouca variabilidade genética (origina clones)

4 GÔNADAS Órgãos associados à produção de gametas Masculinas - testículos Femininas - ovários

5 Seres monoicos Apresentam gônadas masculinas e femininas (hermafroditas) CLASSIFICAÇÃO QUANTO AO SEXO planáriaminhocasanguessuga

6 Seres dioicos Apresentam gônadas masculinas ou femininas (unissexuados) animais dioicos com dimorfismo sexual

7 GAMETAS Células responsáveis pela transmissão das características hereditárias da espécie. Nos animais, os gametas, geralmente, são produzidos através da divisão meiótica

8 Gameta masculino (espermatozoide) Gameta feminino (óvulo)

9 PLOIDIA DAS CÉLULAS Células haploides – apresentam um cromossomo de cada tipo (um único genoma – n); ex: gametas Células diploides – apresentam dois cromossomos de cada tipo (dois genomas- 2n); ex: céls. somáticas, zigoto

10 FECUNDAÇÃO Penetração do espermatozóide no óvulo, com posterior fusão de núcleos (cariogamia)

11 Tipos de fecundação Autofecundação Ocorre quando o gameta masculino fecunda o gameta feminino do próprio indivíduo (ex: tênias)

12 Fecundação cruzada Ocorre quando o gameta masculino de um indivíduo fecunda o gameta feminino de outro indivíduo

13 Fecundação externa Quando ocorre fora do organismo Alto custo energético na produção de gametas

14 Fecundação interna Quando ocorre dentro do organismo Menor custo energético na produção de gametas

15 CLASSIFICAÇÃO QUANTO ÀS CRIAS Ovíparos Animais que botam ovos já fertilizados (com casca), e o desenvolvimento do embrião ocorre no ambiente. Ex: insetos, aracnídeos, répteis, aves, mamíferos monotremados, etc...

16 Vivíparos Animais cujo embrião é retido no útero até seu desenvolvimento completo (dependente do organismo materno para sua nutrição). Ex: mamíferos (exceção monotremados)

17 Ovovivíparos Animais que retém os ovos dentro do corpo até a eclosão, porém não há relação trófica entre os filhotes e a mãe. Ex: tubarões, sucuri

18 Ovulíparos Animais que botam ovos não fertilizados (sem casca), a fertilização, e o desenvolvimento do embrião ocorre no ambiente. Ex: peixes e anfíbios


Carregar ppt "REPRODUÇÃO ANIMAL. INTRODUÇÃO Característica exclusiva dos seres vivos Fundamental para a manutenção da espécie e não do indivíduo. Em nível molecular."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google