A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Meiose é um tipo de divisão celular intimamente associada ao processo de reprodução sexuada. A meiose reduz o número de cromossomos de 2n para n. Desse.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Meiose é um tipo de divisão celular intimamente associada ao processo de reprodução sexuada. A meiose reduz o número de cromossomos de 2n para n. Desse."— Transcrição da apresentação:

1 Meiose é um tipo de divisão celular intimamente associada ao processo de reprodução sexuada. A meiose reduz o número de cromossomos de 2n para n. Desse modo, compensa-se a fecundação e mantêm- se constante o número de cromossomos de uma geração para outra.

2 Na espécie humana, por exemplo, a meiose ocorre no ovário, originando óvulos (haplóides), e no testículo, originando espermatozóides (haplóides). A união do óvulo com o espermatozóide forma a primeira célula diplóide de uma pessoa, o zigoto

3 Meiose é o nome dado ao processo de divisão celular através do qual uma célula reduz seu número de cromossomos pela metade. Por este processo são formados gametas e esporos. Na meiose, uma célula diplóide dá origem a quatro células haplóides – DIVISÃO REDUCIONAL (R!) MEIOSE MEIOSE I MEIOSE II

4 Sexual CÉLULA 2N CROMOSSOMOS DUPLICADOS DISJUNÇÃO DOS HOMÓLOGOS MEIOSE II MEIOSE

5

6 Divisão I ou Divisão Reducional Separação de homólogos, 2n > N Prófase I Fase de grande duração devido aos fenômenos que nela ocorrem A prófase I é dividida em cinco subdivisões: leptóteno, zigóteno, paquíteno, diplóteno e diacinese

7 I) Leptóteno (leptos = fino): nesse estágio, os filamentos de cromatina, já duplicados, iniciam sua espiralização.

8 II) Zigóteno (zygos = par): prosseguindo na condensação, cada cromossomo se move e se coloca lado a lado com seu homólogo. O emparelhamento se chama sinapse e cada par de homólogos constitui um bivalente.

9 III) Paquíteno (paquis = espesso): pareados e mais condensados, os cromossomos evidenciam suas duas cromátides. Assim, o par terá quatro cromátides lado a lado (tétrade). Nessa fase pode ocorrer a troca de partes entre cromátides homólogas, que é denominada crossing-over, ou recombinação gênica ou permutação

10 IV) Diplóteno: as cromátides vizinhas trocaram fragmentos, o que se chama permutação ou crossing-over, que podem ser melhor observados nessa fase. A imagem em "X", que se observa no microscópio, é o quiasma.

11 V) Diacinese: ocorre a terminalização dos quiasmas, isto é, seu deslizamento para as extremidades dos cromossomos e sua completa separação. O nucléolo desaparece e a carioteca desintegra-se, ficando os cromossomos soltos no citoplasma. Cada cromossomo do par de homólogos se liga a fibras do fuso acromático que se dirigem a um dos pólos celulares.

12 A prófase I é caracterizada pelo fenômeno do pareamento dos cromossomos homólogos. Nesta fase pode ocorrer o fenômeno de permutação ou crossing-over, que é uma importante fonte de variabilidade genética nas populações com a formação de células recombinantes.

13 C. Metáfase I Metáfase I: com grau máximo de condensação ou espiralização, maior que na mitose, os cromossomos estão emparelhados no equador celular.

14 D. Anáfase I Com o encurtamento das fibras do fuso, os cromossomos homólogos se separam e se dirigem para pólos opostos (disjunção). Não há bipartição dos centrômeros, e as cromátides irmãs permanecem unidas. Em cada pólo, está a metade dos cromossomos da célula-mãe, ainda duplicados.

15 E. Telófase I Telófase I: os cromossomos se desespiralizam, a carioteca se refaz e o citoplasma se divide, formando duas células-filhas haplóides. Entre o final da divisão I e o início da divisão II, pode ocorrer um pequeno intervalo, a intercinese, no qual não há duplicação do DNA.

16 2. Segunda Divisão Meiótica (Divisão II ) Os eventos desta etapa são idênticos aos de uma mitose, uma vez que duas células haplóides, resultantes da divisão I, irão originar quatro células haplóides no final.

17 A.Prófase II B.A carioteca se fragmenta, os cromossomos iniciam sua espiralização e se ligam às fibras do fuso, que se dirigem para ambos os pólos.

18 B. Metáfase II Nesta fase os cromossomos estão bem condensados ou espiralizados, localizados no plano equatorial da célula.

19 C. Anáfase II Ocorre bipartição dos centrômeros e as cromátides irmãs se separam, tracionadas pelas fibras do fuso para pólos opostos das células. Obs: Na Anáfase I separa os cromossomos homólogos, enquanto na Anáfase II separa as cromátides irmãs.

20 D. Telófase II Nesta última etapa ocorre a reorganização do núcleo, desespiralização dos cromossomos e a divisão do citoplasma (citocinese)

21 Observe que foram formadas quatro células (n = 2) com a metade da ploidia da célula inicial.

22 ESTUDO COMPARATIVO MITOSE x MEIOSE MITOSEMEIOSE FASES(prófase; metáfase; anáfase e telófase) 2 X (prófase; metáfase; anáfase e telófase) FILHAS24 N°. cromos2n (diplóide) ou n (haplóide) n (haplóide) OcorrênciaCélulas SomáticasCélulas germinativaas CaracterísticasIdênticas à célula - mãe Metade da célula – mãe

23 Modelo sobre a meiose

24

25

26 O ciclo de vida ocorre nos indivíduos que possuem reprodução sexuada, pois inicia quando dois gametas se unem e vai até produção de gametas do indivíduo formado, finalizando um ciclo e começando outro com a fecundação. Nas espécies vivas, encontramos os seguintes ciclos de vida.

27 Ciclo haplobionte haplonte Neste ciclo de vida o organismo adulto é haplóide (n) e produz gametas por mitose. A meiose neste ciclo ocorre na formação do zigoto, por isso é chamada de meiose inicial ou zigótica. Ocorre em algas e algumas espécies de fungos

28 Ciclo diplonte Este ciclo de vida ocorre nos animais ( inclusive na espécie humana). O organismo produz por meiose os gametas, que são células sexuais com metade do número de cromossomos da espécie, ou seja, são células haplóides. A meiose deste ciclo ocorre na formação de gametas, por isso é chamada de meiose gamética.

29 Ciclo diplobionte Este ciclo de vida ocorre na maioria das algas e em todos os vegetais e sua principal característica é a alternância de gerações, onde alterna uma fase haplóide produtora de gametas e uma diplóide, produtora de esporos.


Carregar ppt "Meiose é um tipo de divisão celular intimamente associada ao processo de reprodução sexuada. A meiose reduz o número de cromossomos de 2n para n. Desse."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google