A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

OFICINA PARA TROCA DE EXPERIÊNCIAS ENTRE OS NÚCLEOS HOSPITALARES DE EPIDEMIOLOGIA Ana Paula Pires Aureliano Cerqueira Especialista em Gestão em Saúde Especialista.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "OFICINA PARA TROCA DE EXPERIÊNCIAS ENTRE OS NÚCLEOS HOSPITALARES DE EPIDEMIOLOGIA Ana Paula Pires Aureliano Cerqueira Especialista em Gestão em Saúde Especialista."— Transcrição da apresentação:

1 OFICINA PARA TROCA DE EXPERIÊNCIAS ENTRE OS NÚCLEOS HOSPITALARES DE EPIDEMIOLOGIA Ana Paula Pires Aureliano Cerqueira Especialista em Gestão em Saúde Especialista em Formação Pedagógica na Área de Saúde Especialista em Saúde Coletiva GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria da Saúde do Estado da Bahia – SESAB Hospital Geral Clériston Andrade - HGCA DIVISÃO DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA NÚCLEO HOSPITALAR DE EPIDEMIOLOGIA

2 Mas como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam. (I Co 2:9)

3 EQUIPE DO NHE COORDENADORA: ENF a ANA PAULA PIRES AURELIANO CERQUEIRA ENFERMEIRAS: DAILMA C. CARAPIÁ- VIG. DO ÓBITO RAIMUNDA D. ROCHA- VIG. DAS DNCs MARIA DO S. OLIVER- VIG. DAS DNCs MARIA AUXILIADORA- SINAN MÉDICA: SANDRA MIRTES AUX./TÉC. DE ENFERMAGEM: ALINE S. DOS ANJOS- DIGITADORA ISAURA DE S. LIMA- VIG. DO ÓBITO JAILZA L. D. ALBUQUERQUE- VIG. DAS DNCs KÁTIA SIMONE- VIG. DAS DNCs CARMELITA N. CARDOSO- VACINADORA MARIA NILDA B. BRANDÃO- VACINADORA APOIO ADMINISTRATIVO: GLEIDE MARIA A. VIEIRA ROSENEIDE B. DA SILVA SÔNIA MARIA SIQUEIRA

4 IMPLANTAÇÃO DO NHE/HGCA O NHE do HGCA foi implantado em 2003, sendo qualificado como nível I em 2006 e como nível II em É responsável pela notificação, investigação e monitoramento das doenças e agravos de notificação compulsória que dão entrada nesse Hospital, interagindo com outras comissões e serviços hospitalares de vigilância à saúde, como a CCIH, a Gerência de Risco e o SIAST.

5 ATIVIDADES EXECUTADAS PELO NHE/HGCA Acompanhamento e análise do comportamento epidemiológico das doenças e agravos à saúde; Realização da busca ativa, da notificação e da investigação de doenças e agravos de notificação compulsória; Realização de investigação de óbitos hospitalares: MIF, Mal definida, Materno, Infantil e Fetal, por dengue e por AIDS; Estabelecimento de instrumentos de coleta e análise de dados, fluxo, periodicidade e indicadores necessários para avaliação do estado de saúde;

6 ATIVIDADES EXECUTADAS PELO NHE/HGCA Execução de medidas de prevenção e controle de doenças e agravos à saúde; Orientação dos profissionais de saúde na ocorrência de acidentes ocupacionais por exposição a material biológico; Participação nas reuniões da Comissão de Prevenção de Óbitos Maternos, Infantis e Fetais e da Comissão de Análise de Óbitos ocorridos no HGCA;

7 ATIVIDADES EXECUTADAS PELO NHE/HGCA Realização de ações educativas para profissionais de saúde, clientes e familiares; Participação na elaboração, em conjunto com outros setores, de protocolos relacionados às doenças e agravos de notificação compulsória; Administração de imunobiológicos em profissionais de saúde, assim como vacinação diária de pacientes (qd necessário), RNs e demanda espontânea; Administração de imunobiológicos especiais;

8 ATIVIDADES EXECUTADAS PELO NHE/HGCA Monitoramento da situação vacinal de todos os profissionais de saúde, através da implantação do cartão espelho de vacinação dos servidores, independente do vínculo empregatício; Participação em campanhas e bloqueios vacinais; Alimentação, monitoramento e avaliação do SINAN; Manutenção de canal de comunicação permanente com a SMS de FSA e a 2ª DIRES/SESAB para acompanhamento da situação epidemiológica, adoção de medidas de controle e retro-alimentação das informações, entre outras ações.

9 O que é busca ativa e busca passiva? Busca ativa é o trabalho realizado pelos membros do NHE, que circulam diariamente por todo o hospital procurando por ocorrências de DNCs. Em geral, seguimos a seguinte ordem de consulta: registro de entrada de pacientes, mapa de enfermagem de pacientes internados, evolução de enfermagem, contato direto com o enfermeiro responsável ou médico assistente. Busca passiva ocorre quando pessoas responsáveis, engajadas e preocupadas com a saúde pública, espontaneamente, entram em contato com o NHE para avisar da ocorrência de alguma DNC ou, melhor ainda, entregam no NHE a ficha de notificação devidamente preenchida. VIGILÂNCIA HOSPITALAR

10 PORTARIA GM Nº 104, DE 25/01/2011 Define a relação das doenças e agravos de notificação compulsória em todo território nacional e estabelece fluxo, critérios, responsabilidades e atribuições aos profissionais e serviços de saúde.

11 PORTARIA ESTADUAL Nº 125/11 Art. 6º - A notificação compulsória é obrigatória a todos os profissionais de saúde médicos, enfermeiros, odontólogos, médicos veterinários, biólogos, farmacêuticos, e outros no exercício da profissão, bem como os responsáveis por organizações e estabelecimentos públicos e particulares de saúde e de ensino, em conformidade com os arts. 7º e 8º, da Lei n o 6.259, de 30/10/75.

12 Série Histórica de Notificações NHE/HGCA ( ) FONTE: SINAN NET/ON LINE Doença/Agravo AIDS Gestante com HIV Doença Exantemática Dengue Ac. de Trab. c/ Expos. a Mat. Biológico Ac. de Trab. Grave Febre Tifóide0100 Hepatites Virais Intoxicação Exógena Leishmaniose Teg. Americana Leishmaniose Visceral Leptospirose Malária Meningite Sífilis em Gestante

13 Série Histórica de Notificações NHE/HGCA ( ) FONTE: SINAN NET/ON LINE Doença/Agravo Tétano Acidental Tuberculose Varicela Coqueluche0100 Síndrome da Rubéola Congênita Sífilis Congênita Violência Síndr. do Corrim. Cervical em Mulheres00 03 Herpes Genital (1º Episódio) Condiloma Acuminado Atendimento Anti-Rábico Ac. por Animais Peçonhentos Sífilis Não Especificada00 01 Síndr. do Corrim. Uretral em Homem00 03 Total

14 Estatística das Notificações/Investigações da Vigilância do Óbito - NHE/HGCA ( ) FONTE: NHE/HGCA Ano/Tipo 2012N 0 NotificaçõesN 0 Investigações% Investigado Mal Definida ,12 MIF ,99 Fetal72 100,00 Infantil52 100,00 Materno04 100,00 Total , N 0 NotificaçõesN 0 Investigações% Investigado Mal Definida ,48 MIF ,51 Fetal ,93 Infantil ,26 Materno04 100,00 Total ,12

15 IMUNIZAÇÃO Vacinas administradas no HGCA: Contra a Febre Amarela - (1 dose- reforço de 10 em 10 anos) dT (contra o tétano e a difteria) - (3 doses com intervalo mínimo de 30 dias entre as doses e reforço a cada 10 anos) Tríplice Viral (contra o sarampo, a caxumba e a rubéola)- dose única Contra a Hepatite B – (3 doses - 0, 30 e 180 dias) BCG (contra a tuberculose) – dose única Vacinas especiais, quando solicitadas pela equipe médica. OBS: Redução do uso de Imunoglobulinas contra a Hepatite B.

16 ACIDENTE DE TRABALHO A PREVENÇÃO AINDA É O MELHOR REMÉDIO

17 AVANÇOS DO NHE/HGCA oRegularização da Prestação de Contas do NHE; oRecebimento de 01 TV, 04 computadores, 01 impressora, 01 datashow, 02 telas de projeção, 04 cadeiras e 01 ar condicionado; oImplantação do SINAN Net, do Dengue on line e do SIES; oSolicitação e cadastramento de senhas para o NHE e para o Laboratório do HGCA para acesso aos web laudos do LACEN de maneira a agilizar o diagnóstico das doenças e agravos e nortear as condutas a serem adotadas; oDiscussão na CIR de FSA dos dados de atendimentos por picadas de animais peçonhentos e atendimentos anti-rábicos humanos (soroterapia) no HGCA tendo em vista a descentralização dos mesmos para a rede municipal de saúde de FSA (Policlínicas) e outros municípios;

18 AVANÇOS DO NHE/HGCA oRealização de reunião entre a Coordenação Estadual dos Núcleos de Epidemiologia, Técnicos da SUVISA, Diretoria Administrativa, Coordenações do NHE, do Apoio Diagnóstico e Terapêutico, do Almoxarifado, da COPEL, do Setor Financeiro e do Setor de Patrimônio do HGCA para discussão e orientações sobre a descentralização e prestação de contas dos recursos do FIVEH; oParticipação nas reuniões do Grupo Gestor da Dengue na SMS de Feira de Santana; oRegularização do repasse semanal de planilhas de MDDA e IRAs para a VIEP/SMS de FSA (Not-Neg); oReativação do Livro de Registro Diário de Enfermagem do NHE; oRealização de busca ativa diária das DNCs, nos dois turnos, matutino e vespertino, nos diversos setores do HGCA;

19 AVANÇOS DO NHE/HGCA oRegistro de todas as atividades educativas realizadas pelos enfermeiros do NHE no BPI, o que tem sido revertido em recursos financeiros para o HGCA; oFortalecimento de parceria com o SIAST, Serviço Social, CEPER, Coordenação do CO, Coordenação de Enfermagem e COADT do HGCA; oImplantação do Protocolo Ministerial de Atendimento à Mulheres Vítimas de Violência Sexual, em parceria com o CO do HGCA; oSolicitação do NHE, com a disponibilização, pela SMS de FSA, da pílula de anticoncepção de emergência para as mulheres vítimas de violência sexual atendidas no HGCA; oImplantação de fluxo (SIAST-NHE) de monitoramento da vigilância em saúde de servidores afastados por motivo de DNC (encaminhamento de impresso próprio do SIAST com o nome e o CID da patologia do servidor);

20 AVANÇOS DO NHE/HGCA oRevisão do fluxograma de acidente ocupacional causado por acidente por material biológico; oParticipação ativa de membro do NHE nos Treinamentos e nas reuniões no Centro de Referência Maria Quitéria sobre o acolhimento, os encaminhamentos devidos e o acompanhamento de mulheres em situação de violência (Rede de Proteção e Atenção à Mulher) – FSA; oImplementação das notificações/investigações por violência; oMonitoramento, junto ao Laboratório do HGCA, do fluxo de envio de materiais e exames para o LACEN e para o Laboratório e VIEP da SMS de FSA; oMonitoramento, junto à Farmácia Central do HGCA, da prescrição e da dispensação de tuberculostáticos, antiretrovirais e de soros diversos, a exemplo de antitetânico, antirábico, antiescorpiônico etc;

21 AVANÇOS DO NHE/HGCA oControle das solicitações dos exames encaminhados para o LACEN, em parceria com a SMS de FSA, para definição diagnóstica de casos notificados e investigados (leptospirose, dengue, hepatite, entre outros); oReestruturação do Comitê de Prevenção de Óbitos Maternos, Fetais e Infantis com a criação do seu regimento interno; oParticipação, de forma ativa e a contribuir com as discussões geradas, nas reuniões do Colegiado Gestor, do Comitê de Prevenção de Óbitos Maternos, Fetais e Infantis; da Comissão de Análise de Prontuários; e da Comissão de Análise dos Óbitos ocorridos no HGCA; oElaboração do POP do NHE/HGCA, com a redistribuição de responsabilidades e tarefas entre os seus membros; oIndicação de enfermeira para atuar na Vigilância do Óbito e outra no monitoramento e avaliação do SINAN e a inserção de uma médica para atuar, temporariamente, no NHE;

22 AVANÇOS DO NHE/HGCA oImplantação das notificações/investigações de Vigilância do Óbito e acidentes de trabalho grave; oAbertura de campo de estágio no NHE para as Faculdades e Universidade de Feira de Santana; oAprovação de enfermeira do NHE na Seleção para Preceptores do Pet-Saúde - UEFS , na área de VS; oImplantação do PET-SAUDE Vigilância em Saúde no NHE; oElaboração e envio para a Diretoria Geral de documento com a descrição do cenário atual e as sugestões das propostas de intervenções para implantação do CRIE no HGCA, no que se refere à espaço físico, recursos humanos, equipamentos e insumos necessários; oParticipação da futura equipe do CRIE em dois treinamentos, um em Vitória da Conquista e outro em Salvador, no CRIE UFBA;

23 AVANÇOS DO NHE/HGCA oIntensificação da vacinação dos trabalhadores de saúde do HGCA; oRealização de campanhas de vacinação, bloqueios vacinais e eventos educativos sobre a importância da vacinação para o trabalhador de saúde em parceria com o SIAST e o CEPER; oImplementação do monitoramento da situação vacinal de todos os trabalhadores de saúde do HGCA, através da implantação do Cartão Controle de Vacinação dos funcionários do HGCA (efetivos, terceirizados, entes públicos e REDA); oElaboração e divulgação, para diversos setores do HGCA, como o SIAST e a CCIH, do Relatório periódico com a estatística dos atendimentos ocorridos nesta unidade hospitalar por acidentes ocupacionais com exposição a material biológico; o Realização de capacitações/treinamentos regularmente para os trabalhadores de saúde do HGCA e também para convidados;

24 AVANÇOS DO NHE/HGCA oDivulgação de eventos ou informativos do NHE no site do HGCA; oReativação do do NHE; oParticipação de membro do NHE no Projeto de Mobilização Social para a Prevenção e o Controle da Dengue no Estado da Bahia, em parceria com a SMS de Feira de Santana; oParticipação ativa de membros do NHE em eventos realizados no HGCA, a exemplo de Aniversários do SIAST; IV Seminário Intermunicipal de Violência Sexual do Programa M. de DST/HIV/AIDS; Atualização em Atenção ao Portador de HIV/AIDS; Mobilização pelo Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidente de Trabalho; Dia Mundial da Saúde, Capacitação em Dengue Grave; Acolhimento aos novos Servidores do HGCA; Curso de Extensão para Auxiliares/Técnicos de Enfermagem; Eventos relacionados à Humanização e Acolhimento, como a Comemoração do Dia dos Pais, entre outros;

25 AVANÇOS DO NHE/HGCA oParticipação de técnicos do NHE na elaboração do Projeto sobre a Análise dos Fatores Associados à Subnotificação dos Casos de Dengue em FSA, em parceria com a UEFS e a VIEP de FSA (Chamamento Público N o 20/13- Estudos e Pesquisas Aplicadas em Vigilância em Saúde); oParticipação de técnicos do NHE no Projeto Observatório de Violência contra a Mulher na Emergência e no Centro Obstétrico do HGCA, em parceria com o CEPER, Psicologia, Serviço Social e Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento (NUPED). Objetivo Geral: Estruturar o Observatório para compreender as particularidades da violência doméstica contra a mulher e oferecer a estas atendimento/acolhimento humanizado no HGCA, assegurando sua inserção na Rede de Atendimento à Mulher Vítima de Violência Doméstica.

26 DIFICULDADES DO NHE/HGCA oFalta de ambiência física; oDéficit de pessoal capacitado para atuar na Sala de Vacina; oAproximadamente 100% das notificações e investigações do HGCA são realizadas por técnicos do NHE; oFalta de seguimento dos Protocolos Ministeriais pelas equipes médica, de enfermagem e do laboratório; oDificuldade de captação dos profissionais de saúde para participarem de capacitações/treinamentos; oInexistência de prontuário eletrônico no HGCA; oFichas do PS incompletas, sem profissão e muitas com o nome Ignorado. oDificuldades na captação de prontuários no SAME para a realização de investigações, especialmente as de óbito;

27 DIFICULDADES DO NHE/HGCA oDificuldade em firmar parceria com o Laboratório do HGCA; oNão realização de Teste Diagnóstico de HIV e de Teste Rápido para Detecção da Hepatite B no HGCA; oEquipamentos não instalados ou sem funcionar devido à falta de materiais como toner para copiadora e impressora; oFalta de manutenção preventiva e corretiva dos equipamentos do NHE; oInexistência de Livro de CID no NHE; oNão aquisição pela Hospital dos materiais de consumo solicitados pela Coordenação do NHE; oFalta de sensibilidade dos gestores para utilização dos recursos do FIVEH.

28 COMEMORAÇÃO DO DIA MUNDIAL DA SAÚDE SIAST – NHE / HGCA FEIRA DE SANTANA 11 DE ABRIL DE 2013

29 Tríplice Viral Campanha de Vacinação Contra à Gripe e Intensificação Vacinal para os Trabalhadores de Saúde do HGCA Período: 15 a 26 de abril de 2013 dT Hepatite B Febre Amarela Realização: NÚCLEO H. DE EPIDEMIOLOGIA (NHE) Parceria: SIAST / HGCA / 2ª DIRES

30 I Sessão Científica do PET-SAUDE Vigilância na UEFS em

31 Comemoração do Dia Nacional de Prevenção ao Acidente de Trabalho – PET-SAUDE Vigilância, NHE, SIAST, CIPA, PGRSS, RH, DST/AIDS e Humanização

32 Comemoração do Dia Nacional de Prevenção ao Acidente de Trabalho – PET-SAUDE Vigilância, NHE, SIAST, CIPA, PGRSS, RH, DST/AIDS e Humanização

33 Cuidando do Cuidador Ginástica Laboral no NHE

34 Cuidando do Cuidador Aferição de PA Ginástica Laboral Momento Descontração

35 Cuidando do Cuidador- NHE, SIAST, PET- SAUDE Campanha de Vacinação para Trabalhadores de Saúde do HGCA Mostra de Vídeos

36 Comemoração Dia dos Pais Parceria: RH, Setor Pessoal,Humanização e NHE Participação em eventos da SMS de FSA

37 As Flores do Jardim do Senhor Damares, Sônia, Nilda, Carmelita, Ana Paula, Aline, Gleide, Isaura, Jay, Rosa e Dailma. Ainda temos mais quatro flores que acabaram de chegar: Auxiliadora (Doris), Socorro, Kátia e Dr a Sandra. Outras seis flores estão em outros setores/unidades, mas nunca deixarão de serem flores do NHE, pois deixaram suas sementes: Clara, Elaída, Jacira, Sônia Carmo, Socorro (loira) e Jaciara.

38 Mas os que esperam no Senhor renovarão as suas forças, subirão com asas como águias; correrão e não se cansarão; caminharão e não se fatigarão. (Is 40:31) Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas estarás seguro. (Sl 91:4 a)

39 OBRIGADA! Tel: (75) Ramal: 3340 (HGCA) (75) /


Carregar ppt "OFICINA PARA TROCA DE EXPERIÊNCIAS ENTRE OS NÚCLEOS HOSPITALARES DE EPIDEMIOLOGIA Ana Paula Pires Aureliano Cerqueira Especialista em Gestão em Saúde Especialista."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google