A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Visita de Monitoramento de Controle da Tuberculose Salvador/Bahia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Visita de Monitoramento de Controle da Tuberculose Salvador/Bahia."— Transcrição da apresentação:

1 Visita de Monitoramento de Controle da Tuberculose Salvador/Bahia

2 Tuberculose em Salvador Município prioritário, pois é a 3º capital em números de casos. Distrito Sanitário em 2011 com o menor número de cura: Subúrbio Ferroviário com 43,68; Distrito Sanitário com maior abandono de tratamento em 2011 é o Centro Histórico 28,0%; Distrito Sanitário com maior casos de Tuberculose Multirresistente é o Cabula- Beirú.

3 –AVANÇOS –Reuniões mensais com os supervisores distritais ; –Encontros anuais com os gerentes das unidades; –Apoio às ações educativas e de mobilização social(Comitê Metropolitano, Fórum Baiano,DS e US); –Realização de apoio aos DS nas ações educativas e de mobilização do Dia Mundial e Dia Municipal; –Acompanhamento das atividades/Ações do Apoio, Diagnóstico e Assistência Farmacêutica; –Implantação do Dia de Intensificação; –Distribuição de incentivos aos pacientes em tratamento( tickets); –Implantação do Sistema ILTB.

4 DESAFIOS Estamos no processo de reestruturação do PMCT no Município, devido à nova gestão, contratação dos recursos humanos que passaram no concurso e mudanças de coordenadores e gerentes de unidades.

5 Desafios Capacitação e educação permanente para todos os profissionais que atuam na rede em parceria com o Hospital Otávio Mangabeira; Implantação do Programa de Tuberculose em todas as unidades de Saúde; Capacitação em PPD para os novos profissionais em parceria com Faculdades; Capacitação em testagem rápida em HIV já em andamento.

6 Desafios Ampliação das referências secundárias; Garantia dos resultados dos exames de baciloscopia via on line no prazo de 24 horas para os 12 distritos que serão entregues para o usuário em tempo hábil com resolutividade e privacidade.

7 Desafios Retornar com os encontros técnicos- científicos bimensais; Encontro anuais com os profissionais do Same e ACS; Seminário de Planejamento Anual; Oficina de Avaliação PCT/SINAN semestral;

8 Desafios Realização de visitas de monitoramento( já em andamento); Supervisão nos Núcleos Hospitalares; Participação em GTs específicos:População em Situação de Rua, Hospitais,TBXDR; Supervisão nos Núcleos Hospitalares.

9 Desafios Garantia de continuidade do tratamento de pacientes em situação de vulnerabilidade( população privada de liberdade,população em situação de rua, profissionais de saúde); Instituir o tratamento para a dependência do tabaco no programa de tuberculose; Reestruturação da rede de atendimento; Atualização das informações /dados;

10 Desafios Busca de sintomáticos respiratórios faltosos e contatos; Controle da infecção tuberculosa em serviços de saúde e longa permanência; Resistência dos profissionais na estratégia TOD e no atendimento aos casos de tuberculose Formação de novas parcerias intra e intersetoriais ;

11 Melhorar a logística de recebimento de escarro na US e entregar em tempo hábil o resultado já citado anteriormente como será o fluxo via on-line; Colocar como rotina a busca de sintomáticos respiratórios( sala de espera, consulta,grupos prioritários e com vulnerabilidade social), priorizando a solicitação de baciloscopia e coleta oportuna.

12 Ampliação do acesso ao exame do Rx através das Unidades de Emergência(vê mapa de vinculação);

13 Laboratório Adquirir cabine de segurança biológica classe 2B2- processo de andamento; Recomendação 2011: aumentar o efetivo de boys de 8 para 12 profissionais(100% realizado); Adquirir autoclave para descontaminação do material para descarte-aguardando doação Lacen Estadual,mas atualmente temos a SEREQUIPE.

14 Laboratório Adequar infra-estrutura a para a sala de baciloscopia( colocado exaustor na sala de coloração). Até o momento não foi feito as demais adequações( tem que concluir os armários, consertar o teto e outras coisas pendentes em todos os laboratórios).

15 Laboratório Instalar divisórias para a bancada de microscopia da sala de preparação de cultura. Não foi realizado e com a cabine de segurança melhoraria muito; Garantido a aquisição de materiais e insumos; Necessidade de enviar amostras identificadas adequadamente e com fichas de encaminhamento devidamente preenchidas com os dados de informação completo.

16 Laboratório Mensalmente encaminhamos dados de pacientes para o Lacen e Viep. Necessidade de reforço de RH(ainda não conseguimos),solicitamos treinamento dos novos contratados para o LACEN. Realizar capacitação em biossegurança para boys e técnicos dos postos de coleta sobre acondicionamento e transportes de amostras biológicas( programado para dezembro 13 e janeiro/14 adiados por conta implantação e dificuldade do sistema de informática.

17 Laboratório Empresa Poliexprees realiza treinamento de biossegurança com seus motoboys.


Carregar ppt "Visita de Monitoramento de Controle da Tuberculose Salvador/Bahia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google