A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

III ENCONTRO NACIONAL DE TUBERCULOSE Salvador/BA CGLAB/DEVEP/SVS/MS Eduardo Guerra

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "III ENCONTRO NACIONAL DE TUBERCULOSE Salvador/BA CGLAB/DEVEP/SVS/MS Eduardo Guerra"— Transcrição da apresentação:

1 III ENCONTRO NACIONAL DE TUBERCULOSE Salvador/BA CGLAB/DEVEP/SVS/MS Eduardo Guerra

2 Departamento de Vigilância Epidemiológica DEVEP/CGLAB Situação Situação Há uma década, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a tuberculose (TB) em estado de emergência no mundo, onde ainda é a maior causa de morte por doença infecciosa em adultos O Brasil ocupa o 16º lugar entre os 22 países responsáveis por 80% do total de casos de tuberculose no mundo. Detectados cerca de casos novos e óbitos, anualmente.

3 Departamento de Vigilância Epidemiológica DEVEP/CGLAB Meta PNCT Meta PNCT Aumentar em 100% o número de sintomáticos respiratórios examinados (2004/2007)

4 Departamento de Vigilância Epidemiológica DEVEP/CGLAB Metas Área de Laboratório Metas Área de Laboratório Descentralizar o diagnóstico laboratorial da tuberculose nas capitais e municípios prioritários; Ampliar a realização de baciloscopias para rede de Serviços de Saúde dos municípios prioritários; Implantar a realização da cultura de escarro para Micobactérias em todos os LACEN; Implantar o SILTB nos LACEN e Unidades Laboratoriais dos municípios prioritários (GAL).

5 Departamento de Vigilância Epidemiológica DEVEP/CGLAB Rede de Laboratórios de Tuberculose Rede de Laboratórios de Tuberculose Laboratório de Referência Nacional: 01 Laboratórios de Referência Regionais: Informais Laboratórios de Referência Estaduais: 27 Laboratórios Locais : > 4000

6 Departamento de Vigilância Epidemiológica DEVEP/CGLAB Diagnóstico Laboratorial da TB Diagnóstico Laboratorial da TB Baciloscopia – Laboratórios Locais CQ Baciloscopia – LACEN Cultura - LACEN e Laboratórios Locais Testes de Sensibilidade – LACEN

7 Departamento de Vigilância Epidemiológica DEVEP/CGLAB 2008 – GESTÃO DA REDE 2008 – GESTÃO DA REDE METASITUAÇÃO Elaboração do Manual de Diagnóstico Laboratorial de Micobactérias - Revisão do Manual Impresso para distribuição Habilitação do LRN e LRRLRN - Habilitado LRR- Em processo para habilitação Implantação de cultura nos Laboratórios de Fronteira 12 LF treinados 04 LF com cultura implantada

8 Departamento de Vigilância Epidemiológica DEVEP/CGLAB 2008 – MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO 2008 – MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO METASITUAÇÃO Questionário e planilhas para LACEN - Dados anuais de Produção/2007 Enviados aos LACEN Oficinas Regionais de Monitoramento da Rede, Capacitações, AEQ Baciloscopia (PNCT) Realizadas Participação em Oficinas Microrregionais de avaliação do PNCT 1º Semestre/2008 Elaboração do Software: Gerenciamento de Ambiente Laboratorial-GAL Implantação definitiva no LACEN PR (Jul/2008) Supervisões – 27 UF Sendo Realizadas pela CGLAB/PNCT

9 Departamento de Vigilância Epidemiológica DEVEP/CGLAB Metas da CGLAB BACILOSCOPIA CQ pelos LACEN Recursos humanos, Estrutura Física e Equipamentos. Painéis de Lâminas para proficiência dos LACEN

10 Departamento de Vigilância Epidemiológica DEVEP/CGLAB Metas da CGLAB Metas da CGLAB CULTURA Ampliar cobertura da demanda de cultura Implantação gradual da cultura líquida (recomendada pela OMS) Controle de Qualidade da cultura Implantação gradual do Teste de Sensibilidade automatizado

11 Departamento de Vigilância Epidemiológica DEVEP/CGLAB Metas da CGLAB Metas da CGLAB IDENTIFICAÇÃO E TESTES DE SENSIBILIDADE Implantação de proficiência em identificação de complexo M.tuberculosis. Ampliação da proficiência em Teste de sensibilidade (para todos os LACEN) Utilização de indicadores laboratoriais e sistema de garantia de qualidade

12 Departamento de Vigilância Epidemiológica DEVEP/CGLAB Metas da CGLAB Metas da CGLAB GAL Software eficiente para gestão de amostras nos laboratórios (resultados interligados com clínicas e VE)

13 Departamento de Vigilância Epidemiológica DEVEP/CGLAB Conclusão Os Resultados Laboratoriais confiáveis necessitam de: Coleta,armazenamento e transporte de amostras,realização de baciloscopia, cultura e teste de sensibilidade em condições adequadas Agilidade - fluxo das amostras para o laboratório e o retorno do resultado. Que dependem de: Decisão Política. Interação entre Atenção Básica, VE, Rede Hospitalar e Laboratório.

14 Obrigado!


Carregar ppt "III ENCONTRO NACIONAL DE TUBERCULOSE Salvador/BA CGLAB/DEVEP/SVS/MS Eduardo Guerra"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google