A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

USO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA (SIG)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "USO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA (SIG)"— Transcrição da apresentação:

1 USO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA (SIG)
COMO FERRAMENTA DE GESTÃO AMBIENTAL PARA O DELINEAMENTO DA ECORREGIÃO XINGU-TAPAJÓS Silvia Machado de Castro Bolsista de Iniciação Científica, Geografia, UFRJ Silvia Gonçalves Egler Orientadora, Bióloga, Msc. Zuleica Carmen Castilhos Co-orientadora, Farmacêutica, Dsc. Nilo da Silva Teixeira Co-orientador, Geógrafo 2

2 Introdução Ecorregião
É uma unidade relativamente grande de terra ou água contendo um conjunto distinto de comunidades naturais que compartilham grande parte de suas espécies, dinâmicas e condições ambientais (WWF-Brasil, 2007); e Sistema de Informação Geográfica Os SIGs são ferramentas que executam a transformação dos dados em informações relevantes, facilitando a comunicação, tornando-a mais clara e direta (XAVIER-DA-SILVA, 2001), já que estão representadas espacialmente. 2

3 Introdução O projeto “Delineamento da Ecorregião Aquática Xingu-Tapajós” Está na fase de coleta e organização dos metadados. Esta etapa de pesquisa, seleção e armazenamento de arquivos é muito importante porque antecede aos trabalhos de campo. Imagens de satélites, fotografias aéreas, dados e aplicativos específicos possibilitam a formação de banco de dados originando mapas utilizados na geração de análises e informações necessárias à gestão ambiental (WWF-Brasil, 2007). 2

4 Objetivos Objetivo Geral
Organizar um banco de dados com informações disponíveis em diferentes fontes, para a estruturação de um sistema de informações georreferenciado, com dados primários e secundários multidisciplinares; Objetivo específico deste trabalho Apresentar as etapas da construção do SIG. 2

5 Fig. 1 Bacia Amazônica. Fonte: www.pescaweb.com.br
Fig. 2 Ecorregião Aquática Xingu-Tapajós Fig. 1 Bacia Amazônica. Fonte: Caracterização da área A ecorregião aquática Xingu-Tapajós Está localizada no interflúvio dos rios Xingu e Tapajós, afluentes pela margem direita do rio Amazonas; É uma área de transição entre o cerrado e a floresta amazônica; Área onde se desencadeiam conflitos pela posse da terra, especialmente na fronteira do norte do Mato Grosso, conhecida como Terra do Meio.  2

6 Fig. 4 Fonte : www.dpi.inpe.br
Metodologia Etapas para o desenvolvimento das diferentes atividades deste estudo: Pesquisa em Bases de Dados  Escala de análise : 1:  Estruturação dos dados em um SIG  2

7 Metodologia Dados selecionados Dados temáticos Dados cadastrais Redes
Modelos numéricos de terreno Imagens de Sensoriamento Remoto 2

8 Metodologia Dados temáticos
Descrevem a distribuição espacial de uma grandeza geográfica, expressa de forma qualitativa. Dados cadastrais Cada um de seus elementos é um objeto geográfico que possui atributos e pode estar associado a várias representações gráficas em mapas de escalas distintas. 2

9 Figura 5. Distribuição das queimadas da Amazônia Legal em 2005
Figura 5. Distribuição das queimadas da Amazônia Legal em Fonte: Embrapa

10 Figura 6. Fonte: INPE

11 Metodologia Redes Cada objeto geográfico possui uma localização geográfica exata e está sempre associado a atributos descritivos presentes no banco de dados.  Modelos numéricos de terreno (ou MDT- Modelo Digital de Terreno) Denotam a representação quantitativa de uma grandeza que varia continuamente no espaço.  2

12 Fig 7. Bacia amazônica. Fonte: www.ana.gov.br/hibram
Fig. 8 Fonte:

13 Fig. 9 Fonte: www.petro.rc.unesp.br
Fig. 12 Fonte: Fig. 11 Fonte:

14 Metodologia Imagens de Sensoriamento Remoto
Figura 13. Mosaico Amazônia Legal : Imagem Landsat Figura 14. Precipitação em MT : UHB.França Metodologia Imagens de Sensoriamento Remoto Obtidas por satélites ou fotografias aéreas; Representam formas de captura indireta de informação espacial; Através da classificação e do Processamento Digital de Imagem (PDI), tem-se outros mapas temáticos. 2

15 Resultados Principais fontes consultadas 2

16

17 Figura 15. Sobreposição de Planos de Informações : FA.UTL.PT
Demonstra entidades geográficas que compõem o ambiente de trabalho em SIG, porque diferentes variáveis são consideradas para integrar um banco de dados, combinando-se somente os fenômenos de interesse. PARA O PROJETO: USO DO SOLO GEOMORFOLOGIA CLIMA FAUNA E FLORA HIDROLOGIA SISTEMA VIÁRIO

18 Próximas etapas Algumas normas precisam ser seguidas para a implantação de um SIG. Homogeneização dos arquivos  Recorte dos dados no shape da ecorregião, que é o referencial geográfico  Organização de workshop para apresentação de resultados 

19 Agradecimentos À Aline Machado de Castro, minha filha.
À Dra. Silvia Gonçalves Egler, minha orientadora. Aos co-orientadores Dra. Zuleica Castilhos e Nilo Teixeira. À Ana Paula Rodrigues, bióloga da equipe do projeto. Ao CNPq, pela bolsa de iniciação científica. 2

20 Referências Bibliográficas
WWF-Brasil. O que é uma ecorregião. Disponível em Acesso em 20 jun.2007. XAVIER-DA-SILVA, J. Geoprocessamento para Análise Ambiental. Rio de Janeiro Pp CÂMARA, G. et al. Introdução à Ciência da Geoinformação. São José dos Campos: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais P Disponível em: <www.dpi.inpe.br/gilberto/livro> Acesso em 15 abri Bacia Amazônica. Disponível em: <www.pescaweb.com.br/servicos/baciaamazonica.php> Acesso em 14 mai.2007. SIG-Florestal. Rede SIG. Disponível em: <www.cm-penacova/pt/gft/images/metod-SIG.jpg> Acesso em 11 jul.2007. DPI – Divisão de Processamento de Imagens. INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Esquema Geral dos Módulos de um SIG. Disponível em: <dpi.inpe.br> Acesso em 11 ju.2007. DPI – Divisão de Processamento de Imagens. INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Banco de Dados Geográficos. Disponível em: <dpi.inpe.br> Acesso em 18 jul.2007. Embrapa Monitoramento por Satélite. MAPA. Distribuição de queimadas da Amazônia Legal. Imprensa Eletrônica. Disponível em: <www.cnpm.embrapa.br/.../queimadas_mapa1.jpg> Acesso em 14 mai.2007. FERREIRA, L. V. et al. O desmatamento na Amazônia e a importância das áreas protegidas. Tabela de Área e proporção total de desmatamento. Estudos Avançados da Universidade de São Paulo. Disponível em: <www.scielo.br/img/revistas/ea/v19n53/24086t1.gif> Acesso em 11 jul.2007. HIBAM – Hidrologia e Geoquímica da Bacia Amazônica. Bacia Amazônica. Disponível em: <www.ana.gov.br/hibram/areaestudo.asp> Acesso em 12 jul.2007. IMAZON – Instituto do Homem e Meio Ambienta da Amazônia. Mapeamento das estradas não-oficiais na Amazônia. Disponível em: <www.imazon.org.br> Acesso em 12 jul.2007. EBERT, H. D.; BUENO, J. M. R. Modelo digital de terreno e geológico tridimensional da Folha de Rio Claro (1:50.000). Disponível em: <www.petro.rc.unesp.br/public/rioclaro/rc.html> Acesso em 12 jul.2007.


Carregar ppt "USO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA (SIG)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google