A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Alessandra F. Giacomet Mello NRE – Pato Branco. Como vamos suportar, nós, professores, o fato de que a educação inclusiva veio tornar mais complexa a.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Alessandra F. Giacomet Mello NRE – Pato Branco. Como vamos suportar, nós, professores, o fato de que a educação inclusiva veio tornar mais complexa a."— Transcrição da apresentação:

1 Alessandra F. Giacomet Mello NRE – Pato Branco

2 Como vamos suportar, nós, professores, o fato de que a educação inclusiva veio tornar mais complexa a nossa vida, mais desafiadora a nossa tarefa de professores? Vamos precisar estudar o que antes estávamos dispensados de estudar, vamos ter que aprender técnicas nas quais antes não precisávamos pensar, vamos ter que aprender a ver mais devagar quando estávamos acostumados a ver numa certa velocidade, vamos ter que aprender a ouvir sem audição, a acompanhar num ritmo mais rápido quando estávamos acostumados a um ritmo mais lento. Vamos ter que rever as nossas expectativas de professores, rever as nossas formas de avaliar, de aprovar, de reprovar. Vamos ter que melhorar a nossa condição de trabalho. MACEDO, Lino de. Ensaios pedagógicos: como construir uma escola para todos? Porto Alegre: Artmed, 2005.

3 Mudança de postura; Desacomodação; Mudança de postura; Rever conceitos; Mudança de postura; Flexibilização de/nas atitudes; Mudança de postura; Enfrentamento das resistências; Perseverança; MUDANÇA DE POSTURA!!

4 Altas Habilidades ou Superdotação Deficiências Intelectual Auditiva (surdez ou com resíduo) Visual (cego ou baixa visão) Física (neuromotora, ou não sensorial) múltipla (associação de duas ou mais deficiências) Transtornos Globais do Desenvolvimento (condutas típicas)

5 LDB 9394/96 Art. 8o As escolas da rede regular de ensino devem prever e prover na organização de suas classes comuns: III – flexibilizações e adaptações curriculares que considerem o significado prático e instrumental dos conteúdos básicos, metodologias de ensino e recursos didáticos diferenciados e processos de avaliação adequados ao desenvolvimento dos alunos que apresentam necessidades educacionais especiais, em consonância com o projeto pedagógico da escola, respeitada a freqüência obrigatória;

6 Parecer 017/2001 – MEC/SEESP Deliberação 02/03 - CEE - Normas para a Educação Especial, modalidade da Educação Básica para alunos com necessidades educacionais especiais, no Sistema de Ensino do estado do Paraná Cap. III, Seção I - Do estabelecimento de Ensino Regular, Art. 11, inciso VI. Art. 11 Para assegurar o atendimento educacional especializado os estabelecimentos de ensino deverão prever e prover: VI. flexibilização e adaptação curricular, em consonância com a proposta pedagógica

7 Cap. IV da Proposta Pedagógica, Art. 22 Art. 22 A organização da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino deverá tomar como base as normas e diretrizes curriculares nacionais e estaduais, atendendo ao princípio da flexibilização. § 1º As escolas devem garantir na sua proposta pedagógica a flexibilização curricular e o atendimento pedagógico especializado para atender as necessidades educacionais especiais de seus alunos. § 2º Em casos de graves comprometimentos mentais ou de múltipla deficiência, o estabelecimento de ensino deverá prever adaptações significativas, proporcionando diversificação curricular, objetivando desenvolver as habilidades adaptativas.

8 Podem ser: De grande porte Adaptações de acesso ao currículo Condições físicas, ambientais e materiais. De pequeno porte Adaptação de objetivos Adaptação de conteúdos Adaptação do Método de Ensino e da Organização Didática Adaptação do Processo de Avaliação Adaptação na Temporalidade


Carregar ppt "Alessandra F. Giacomet Mello NRE – Pato Branco. Como vamos suportar, nós, professores, o fato de que a educação inclusiva veio tornar mais complexa a."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google