A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Atividades humanas e a variação sazonal da qualidade física, química e microbiológica da água do trecho médio do rio Doce (MG): REGO, B.A.S. 1 ; CAMPOS,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Atividades humanas e a variação sazonal da qualidade física, química e microbiológica da água do trecho médio do rio Doce (MG): REGO, B.A.S. 1 ; CAMPOS,"— Transcrição da apresentação:

1 Atividades humanas e a variação sazonal da qualidade física, química e microbiológica da água do trecho médio do rio Doce (MG): REGO, B.A.S. 1 ; CAMPOS, M. O. 1, MIRANDA, F. S., MOTA, T.G., MARQUES, M.M.S. 1 ; BARBOSA, F.A.R. 2; MAIA-BARBOSA, P.M. 3, PINTO-COELHO, R.M. 1 INTRODUÇÃO A região do trecho médio do rio Doce atravessa uma importante região econômica do estado de Minas Gerais, onde predominam três atividades interligadas: mineração, siderurgia e reflorestamento com Eucaliptus sp. Some-se a isso a existência de agricultura e pecuária e a presença de cidades de médio porte. O objetivo do presente estudo foi o de avaliar a qualidade das águas dos principais tributários e do corpo central do médio Rio Doce na tentativa de associar os possíveis impactos que diferentes tipos de atividades humanas causam na qualidade das águas. METODOLOGIA As coletas de amostras de água foram realizadas em julho/04 (seca/04), fevereiro/05 (chuvas/05) e julho/05 (seca/05), representando os períodos de seca e chuva da região, respectivamente. Foram analisados oito tipos de ambientes riparios: rio Doce, rio Piracicaba, ribeirão Ipanema, ribeirão Severo, rio do Peixe, rio Santa Bárbara, ribeirão Barão de Cocais e ribeirão Caraça. Foram mensuradas as seguintes variáveis: temperatura, pH, oxigênio, condutividade, turbidez, sólidos totais (queima em mufla), DBO, clorofila-a (acetona a frio) e coliformes fecais (tubos múltiplos). No presente trabalho mostramos apenas os dados de sólidos totais, condutividade e coliformes fecais. A diversidade foi maior na lagoa Malba (H= 2,03), que não contêm espécies exóticas. A espécie mais abundante foi a exótica, Pygocentrus nattereri. As lagoas com espécies exóticas de peixes, apresentaram riqueza de espécies nativas inferiores às sem exóticas. 1 – Laboratório de Gestão Ambiental, Instituto de Ciências Biológicas / Biologia Geral, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) 2 – Laboratório de Limnologia, Instituto de Ciências Biológicas / Biologia Geral, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) 3 – Laboratório de Ecologia do Zooplâncton, Instituto de Ciências Biológicas / Biologia Geral, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Tabela 1 – Lista das espécies de peixes coletadas em lagoas da bacia do médio rio Doce / Gráfico 1 – Riqueza de espécies em lagoas da bacia do médio rio Doce. RIBEIRÃO SEVERO RIO DOCE RIO PIRACICABA Espécies Nativas RIBEIRÃO CARAÇA RIBEIRÃO IPANEMA s RIBEIRÃO BARÃO DE COCAIS Mapa 1 Mapa 2 RESULTADOS E DISCUSSÃO Foi constatado que os ribeirões Ipanema e Barão de Cocais bem como os rios Doce e Piracicaba são tidos como os mais prejudicados pela ação antrópica (mapa 2) uma vez que esses pontos mostraram sistematicamente os valores mais elevados de condutividade, sólidos e também os valores mais elevados para os coliformes fecais (exceção feita ao córrego Ipanema). O ribeirão Caraça, que percorre boa parte do seu curso dentro de uma unidade de conservação, foi o ambiente que mostrou a melhor qualidade de água, com baixa concentração de sólidos totais e uma das mais baixas concentrações de coliformes fecais e totais. Do ponto de vista microbiológico, o rio Piracicaba destacou-se de modo nítido em relação aos demais pelos seus elevados níveis de coliformes fecais. Como conclusão preliminar da pesquisa, nota-se que a maioria dos ambientes estudados apresenta fortes indícios de contaminação por águas servidas de origem urbana. Apoio: projeto FAPEMIG/FUNDEP Rio Doce (EDT 1541/03).


Carregar ppt "Atividades humanas e a variação sazonal da qualidade física, química e microbiológica da água do trecho médio do rio Doce (MG): REGO, B.A.S. 1 ; CAMPOS,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google