A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR."— Transcrição da apresentação:

1 ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR

2

3 Causas Primárias Secundárias A PCR ocorre por uma causa própria do coração. O principal motivo é a isquemia. Ocorre disfunção do coração gerado por uma causa externo ou problemas respiratórios. Oxigenação deficiente: obstrução de vias aéreas e doenças pulmonares. Transporte inadequado de oxigênio: hemorragias graves, estados de choque e intoxicação pelo monóxido de carbono. Ação de fatores externos sobre o coração: drogas e descargas elétricas. Principal causa de PCR em crianças e traumatizados

4 Sinais e sintomas do IAM I. Dor torácica prolongada de forte intensidade, (30 min a várias horas), pode se localizar atrás do esterno e se irradia para o MS, ombro, pescoço e mandíbula, geralmente o repouso não alivia a dor; II. Falta de ar; III. Náusea, emese, sudorese fria; IV. Ansiedade com sensação de morte iminente; V. Alteração do ritmo cardíaco; VI. Perca da consciência e choque. Tratamento: I. Afrouxar as vestes; II. Confortar a vítima; III. Elevação dos MMII a 30 cm; IV. Ventilar a vítima; V. RCP no momento adequado;

5 Sangue arterial Sangue venoso Hematose pulmonar Eliminamos o CO2 na expiração Obtemos o O2 na inspiração

6 SISTEMÁTICA DA CIRCULAÇÃO

7 Parada CardiorespiratóriaLocalizaçãoRepetiçõesRitmo 1 socorrista 2 socorristas Adulto Centro do peito entre os mamilos 30m para 02v 60 a 100 vez por minuto duas mãos Ar dos pulmões Crianças 30m para 02v 80 a 120 vezes por minuto uma mão Menos intenso que o ar pulmões Bebes Abaixo do mamilos30m para 02v 120 a 140 vezes por minuto dois dedos Ar das bochechas Parada cardíaca implica em parada respiratória, porém o inverso nem sempre é verdadeiro. Compressão Ventilação Reavalie após 5ciclos ou 2 minutos

8 1. CHAME SOCORRO Cheque o estado da vítima (nível de conciência). Se a vítima não responde, Chame 193 e depois retorne a vitima. Na maioria dos casos de emergência, os operadores (atendentes) podem dar assistência de como iniciar uma RCP. Cheque o estado da vítima (nível de conciência). Se a vítima não responde, Chame 193 e depois retorne a vitima. Na maioria dos casos de emergência, os operadores (atendentes) podem dar assistência de como iniciar uma RCP. Fonte:

9 2. RESPIRAÇÃO Respiração boca a boca. Respiração boca a boca. Incline a cabeça para trás e escute a respiracão (VÊR, OUVIR E SENTIR). Se a vítima não tem movimento respiratório, feche o nariz com os dedos. Cubra sua boca com a sua e assopre (ventile) com 2 ventilações por segundo, verificando se o tórax se eleva. Incline a cabeça para trás e escute a respiracão (VÊR, OUVIR E SENTIR). Se a vítima não tem movimento respiratório, feche o nariz com os dedos. Cubra sua boca com a sua e assopre (ventile) com 2 ventilações por segundo, verificando se o tórax se eleva.

10 3.COMPRESSÃO Se depois das ventilações a vítima não voltou a respirar, verifique se não tem circulação (batimento cardíaco) caso não tenha, inicie a (compressão torácica) 30 compressões no tórax para cada 2 ventilações. A cada minuto deverá ter realizado 100 compressões, feito isto verifique o pulso. Se depois das ventilações a vítima não voltou a respirar, verifique se não tem circulação (batimento cardíaco) caso não tenha, inicie a (compressão torácica) 30 compressões no tórax para cada 2 ventilações. A cada minuto deverá ter realizado 100 compressões, feito isto verifique o pulso.

11 ATENÇÃO : Verifique se os batimentos estão restabelecidos a cada 5ciclos. Continue fazendo compressões torácicas (30vezes) e fazendo respiração boca a boca (2 respirações). Podemos parar a RCP quando: 1) reanimarmos a vítima; 2) com a chegada do socorro; 3) por exaustão do socorrista. ATENÇÃO : Verifique se os batimentos estão restabelecidos a cada 5ciclos. Continue fazendo compressões torácicas (30vezes) e fazendo respiração boca a boca (2 respirações). Podemos parar a RCP quando: 1) reanimarmos a vítima; 2) com a chegada do socorro; 3) por exaustão do socorrista.


Carregar ppt "ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google