A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

HEMORRAGIA E CHOQUE Ao final desta lição você devera ser capaz de: Enumerar cinco sinais ou sintomas indicativos de uma hemorragia; Enumerar cinco sinais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "HEMORRAGIA E CHOQUE Ao final desta lição você devera ser capaz de: Enumerar cinco sinais ou sintomas indicativos de uma hemorragia; Enumerar cinco sinais."— Transcrição da apresentação:

1 HEMORRAGIA E CHOQUE Ao final desta lição você devera ser capaz de: Enumerar cinco sinais ou sintomas indicativos de uma hemorragia; Enumerar cinco sinais ou sintomas indicativos de uma hemorragia; Citar e demonstrar 3 diferentes técnicas para controlar hemorragias externas; Citar e demonstrar 3 diferentes técnicas para controlar hemorragias externas; Descrever passo a passo o tratamento merecido por uma vítima de choque. Descrever passo a passo o tratamento merecido por uma vítima de choque. OBJETIVOS:

2 HEMORRAGIA E CHOQUE É o extravasamento de sangue para fora dos vasos ou do coração e é sempre patológico, exceto durante a menstruação ou trauma. As hemorragias podem ser internas ou externas, espontâneas ou provocadas (nos ferimentos), suas causas podem encontrar-se tanto em lesões da parede vascular de natureza inflamatória, traumática ou tumoral Hemorragia

3 HEMORRAGIA E CHOQUE Classificação clínica A hemorragia poderá ser externa ou interna. A hemorragia poderá ser externa ou interna. Hemorragia Externa: Ocorre devido a ferimentos abertos. Hemorragia interna: Geralmente não é visível, porém é bastante grave, pois pode provocar choque e levar a vítima a morte.

4 Sinais e sintomas: Agitação; Agitação; Palidez; Palidez; Sudorese intensa; Sudorese intensa; Pele Fria; Pele Fria; Pulso acelerado (acima de 100 bpm); Pulso acelerado (acima de 100 bpm); Pressão arterial baixa; Pressão arterial baixa; Sede; Sede; Fraqueza. Fraqueza. HEMORRAGIA EXTERNA

5 HEMORRAGIA INTERNA Os mesmos da Hemorragia externa, e; Os mesmos da Hemorragia externa, e; Perda de sangue ou fluidos pelo Nariz ou ouvido; Perda de sangue ou fluidos pelo Nariz ou ouvido; Vômito ou tosse com presença de sangue; Vômito ou tosse com presença de sangue; Rigidez ou espasmos dos músculos abdominais; Rigidez ou espasmos dos músculos abdominais; Dor abdominal; Dor abdominal; Sangramento pelas genitálias ou ânus. Sangramento pelas genitálias ou ânus. Sinais ou sintomas:

6 ESTIMATIVA DE PERDA SANGUÍNEA NUMA FRATURA Tíbia = 250 ml Tíbia = 250 ml Pelve = 3000 ml Pelve = 3000 ml Fêmur = 600 ml Fêmur = 600 ml Costelas = 50 ml Costelas = 50 ml Úmero = 75 ml Úmero = 75 ml

7 Classificação Anatômica Arterial - Hemorragia que faz jorrar sangue pulsátil e de cor vermelho vivo;

8 Venosa - O sangue sai lento e contínuo na cor vermelho escuro. Capilar - O sangue sai lentamente por vasos menores. A cor é menos viva que na hemorragia arterial. A cor é menos viva que na hemorragia arterial.

9 EXPOR O LOCAL DA LESÃO Verificar o tipo de ferimento e material a ser utilizado no controle de sangramento.

10 1º TECNICA PRESSÃO DIRETA

11 2º TECNICA ELEVAÇÃO DO MEMBRO

12 3° TECNICA PONTO DE PRESSÃO COMPRESSÃO DA ARTÉRIA BRAQUIAL COMPRESSÃO DA ARTÉRIA FEMURAL

13

14 131 TEMPORAL CARÓTIDA BRAQUIAL RADIAL ULNAR FEMURAL POPLÍTEA TIBIAL PONTOS ARTERIAIS PEDIAL

15 Tratamento Pré-hospitalar Avaliação da cena; Avaliação da cena; Avalie nível de consciência; Avalie nível de consciência; Abra as VA e observe a respiração e a circulação; Abra as VA e observe a respiração e a circulação; Exponha o local do ferimento; Exponha o local do ferimento; controle a hemorragia; controle a hemorragia; Previna ou trate o estado de choque; Previna ou trate o estado de choque; Afrouxe roupas apertadas; Afrouxe roupas apertadas; Esteja preparado para o vômito; Esteja preparado para o vômito; Não dê nada de comer ou beber. Não dê nada de comer ou beber.

16 Conceito: ESTADO DE CHOQUE Quadro grave causado por uma reação do organismo a uma condição onde o sistema circulatório não fornece circulação suficiente para cada parte vital do organismo.

17

18 Coração: O coração não consegue bombear quantidade suficiente de sangue (insuficiência cardíaca). O coração não consegue bombear quantidade suficiente de sangue (insuficiência cardíaca). O choque poderá desenvolver-se rapidamente. O choque poderá desenvolver-se rapidamente. As causas estão relacionadas ao coração, aos vasos sanguíneos ou ao volume de sangue circulante. CAUSAS DO ESTADO DE CHOQUE

19 VASOS SANGÜÍNEOS: O sistema circulatório deve obrigatoriamente ser um sistema fechado. Se os vasos (artérias, veias ou capilares) forem lesados e perderem muito sangue, o paciente desenvolverá choque. VOLUME DE SANGUE CIRCULANTE: Se houver uma diminuição no volume de sangue circulante ou se os vasos sangüíneos por algum motivo dilatarem (aumentarem seu diâmetro) impedindo que o sistema permaneça corretamente preenchido, o choque novamente se desenvolverá.

20 TIPO DE CHOQUE Choque hemorrágico; Choque hemorrágico; Choque cardiogênico; Choque cardiogênico; Choque neurogênico; Choque neurogênico; Choque anafilático; Choque anafilático; Choque metabólico; Choque metabólico; Choque psicogênico; Choque psicogênico; Choque séptico; Choque séptico; Choque respiratório. Choque respiratório.

21 Sinais e Sintomas Agitação ou ansiedade; Agitação ou ansiedade; Respiração rápida e superficial; Respiração rápida e superficial; Pulso rápido e fraco; Pulso rápido e fraco; Pele fria e sudorese; Pele fria e sudorese; Perfusão superior a 2 segundos; Perfusão superior a 2 segundos; Pupilas dilatadas; Pupilas dilatadas; Sede; Sede; Náuseas e vômitos; Náuseas e vômitos; Pressão arterial baixa. Pressão arterial baixa.

22 SINAIS E SINTOMAS(ANAFILÁTICO) Prurido na pele; Prurido na pele; Sensação de queimação na pele; Sensação de queimação na pele; Edema generalizado; Edema generalizado; Dificuldade para respirar; Dificuldade para respirar; Pulso fraco; Pulso fraco; Perda da consciência e morte Perda da consciência e morte

23 Tratamento Pré-Hospitalar Avalie o nível de consciência; Avalie o nível de consciência; Posicione a vítima deitada (decúbito dorsal); Posicione a vítima deitada (decúbito dorsal); Abra as VA estabilizando a coluna cervical; Abra as VA estabilizando a coluna cervical; Avalie a respiração e a circulação; Avalie a respiração e a circulação; Controle hemorragias externas; Controle hemorragias externas; Eleve os membros inferiores; Eleve os membros inferiores; Imobilize fraturas, se necessário; Imobilize fraturas, se necessário; Afrouxe roupas; Afrouxe roupas; Ministre oxigênio; Ministre oxigênio; Previna a perda de calor corporal; Previna a perda de calor corporal; Não dar nada de beber ou comer. Não dar nada de beber ou comer.

24 GRUPAMENTO DE SOCORROS DE EMERGÊNCIA OBRIGADO PELA ATENÇÃO E PARTICIPAÇÃO EM CASO DE EMERGÊNCIA DISQUE 193


Carregar ppt "HEMORRAGIA E CHOQUE Ao final desta lição você devera ser capaz de: Enumerar cinco sinais ou sintomas indicativos de uma hemorragia; Enumerar cinco sinais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google