A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx – DEPA – CMF DISCIPLINA: HISTÓRIA 2º ANO DO ENSINO MÉDIO ASSUNTO: POLÍTICA EXTERNA DO SEGUNDO IMPÉRIO OBJETIVOS ANALISAR AS LIGAÇÕES.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx – DEPA – CMF DISCIPLINA: HISTÓRIA 2º ANO DO ENSINO MÉDIO ASSUNTO: POLÍTICA EXTERNA DO SEGUNDO IMPÉRIO OBJETIVOS ANALISAR AS LIGAÇÕES."— Transcrição da apresentação:

1 EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx – DEPA – CMF DISCIPLINA: HISTÓRIA 2º ANO DO ENSINO MÉDIO ASSUNTO: POLÍTICA EXTERNA DO SEGUNDO IMPÉRIO OBJETIVOS ANALISAR AS LIGAÇÕES ENTRE O BRASIL E A INGLATERRA, RELACIONANDO-AS A INTERESSES ECONÔMICOS ANALISAR O QUE LEVOU O BRASIL AO ENVOLVIMENTO NAS QUESTÕES DO PRATA EXPLICAR RESUMIDAMENTE OS CONFLITOS OCORRIDOS NA REGIÃO DO PRATA INTRODUÇÃO: O BRASIL COMO POTÊNCIA SUL-AMERICANA

2 Envolvimento inglês com o Brasil no século XIX Desde a chegada da família real ao Brasil que a Inglaterra teve participação na política interna e externa do nosso país Já em 1805 a Inglaterra havia cessado a escravidão em suas colônias e forçava os países com que tinha relações comerciais a também fazê-lo Razões aparentes para a insistência inglesa em fazer cessar o tráfico negreiro para o Brasil: Concorrência brasileira às colônias açucareiras inglesas nas Antilhas; interesse inglês nas colônias na África (despovoamento africano); o trabalho livre pressupunha maior mercado consumidor (Revolução industrial) Os tratados de Comércio e navegação e Aliança e amizade de 1810, foram renovados em 1827, com amplas vantagens para a Inglaterra Já em 1840, o Brasil era o terceiro maior mercado externo inglês, daí por que a forte pressão exercida por este país nas políticas interna e externa brasileiras Em 1844, a Tarifa Alves Branco significou um baque enorme nos interesses ingleses no Brasil; retaliação – o Bill Aberdeen de 1845 Os ingleses investiram pesadamente no Brasil no Segundo Império, principalmente no setor terciário da economia

3 Origem do envolvimento brasileiro na região do Rio da Prata Vice-reino do Prata e único império entre repúblicas A diplomacia brasileira sempre teve problemas nesta região, já que os interesses eram muito particularizados e todos desconfiavam de todos A questão da livre navegação dos Rios Paraná e Paraguai, único acesso na época ao Mato Grosso, oeste de Santa Catarina e do Paraná e o interesse inglês O Brasil tradicionalmente apoiava os federalistas uruguaios, contrariando os interesses unitaristas do Uruguai e da Argentina 1851 Guerra contra Oribe (uruguaio) e Rosas (argentino), ambos caudilhos com interesses contrários aos do Brasil na região 1864 Guerra contra Aguirre (uruguaio), caudilho blanco que hostilizava os fazendeiros brasileiros na fronteira CONCLUSÃO: O Brasil, como potência da região, também queria a hegemonia

4 TARIFA ALVES BRANCO

5 NAVIO NEGREIRO

6 BILL ABERDEEN

7 CAMPANHAS PLATINAS

8 ROSAS, CAUDILHO ARGENTINO

9 GUERRA CONTRA ORIBE E ROSAS

10

11 GUERRA CONTRA AGUIRRE

12

13 URUGUAI, PARAGUAI E PARANÁ

14 RIO URUGUAI

15 RIO PARAGUAI

16 RIO PARANÁ

17 HIDRELÉTRICA DE ITAIPU


Carregar ppt "EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx – DEPA – CMF DISCIPLINA: HISTÓRIA 2º ANO DO ENSINO MÉDIO ASSUNTO: POLÍTICA EXTERNA DO SEGUNDO IMPÉRIO OBJETIVOS ANALISAR AS LIGAÇÕES."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google