A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

XVIII Enangrad Cuiabá, 3/8/2007

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "XVIII Enangrad Cuiabá, 3/8/2007"— Transcrição da apresentação:

1 XVIII Enangrad Cuiabá, 3/8/2007 dilvo.ristoff@inep.gov.br

2 1.Expansão; 2.Privatização; 3.Diversificação 4.Centralização; 5.Desequilíbrio Regional; 6.Ampliação do Acesso 7.Desequilíbrio de oferta 8.Ociosidade de vagas 9.Corrida por titulação 10.Lento incremento da taxa de escolarização. Tendências da última década

3 Desafios dos próximos anos - 1 1.Superar a política de expansão para chegar a uma política de democratização efetiva de acesso a estudantes carentes (Prouni nas privadas e quotas sociais devem ganhar mais espaço); 2.Buscar um equilíbrio mais adequado entre o público e o privado (Privatização deve diminuir percentualmente, com expansão de campi públicos, criação de novas IES públicas, vagas noturnas nas IFES, etc.); 3.Trabalhar a diversidade de modelos (deveremos presenciar forte expansão de cursos tecnológicos e de novas titulações, em maior sintonia com as necessidades de desenvolvimento regional e nacional); 4.Descentralizar sem balcanizar o sistema de educação superior (Provável crescimento dos sistemas estaduais); 5.Promover o equilíbrio Regional de oferta de educação superior (norte, nordeste e centro-oeste devem experimentar grande expansão, em especial com as novas tecnologias de educação à distância);

4 Desafios dos próximos 5 anos - 2 6.Estimular a ampliação do acesso e da permanência no campus (devem se tornar mais aceitas socialmente as políticas que tornem possível o acesso à educação superior a todos os que seriamente a procuram, bem como as políticas compensatórias para estudantes carentes que chegam ao campus). 7.Superar o desequilíbrio de oferta (deveremos ter políticas de incentivo a abertura de cursos vinculadas a programas de Estado que buscam inspiração na imagem de futuro para o país). 8.Superar a ociosidade de vagas, com programas de valorização do ensino médio, expansão de programas de bolsas e de financiamento estudantil. 9.Manter a política de apoio público à titulação do corpo docente, com políticas de indução à senioridade de docentes titulados, especialmente para melhorar a qualificação na IES privadas. 10.Acelerar o incremento da taxa de escolarização.

5

6

7

8

9

10

11

12 Marco Polo descreve uma ponte, pedra por pedra. Mas qual é a pedra que sustenta a ponte?pergunta Kublai Khan. A ponte não é sustentada por esta ou aquela pedra responde Marcomas pela curva do arco que estas formam. Kublai Khan permanece em silêncio, refletindo. Depois acrescenta: Por que falar das pedras? Só o arco interessa. Sem pedras o arco não existe responde Marco. (Italo Calvino, As Cidades Invisíveis, 1990, 79) O que afinal importa?

13 1.Constituição de 1988: Art. 209. o ensino é livre à iniciativa privada mediante avaliação de qualidade pelo poder público. 2.Lei 9.131 (1995) – cria CNE e avaliação periódica das IES e Cursos; 3.LDB (1996) – Art. 9, inciso IX: cabe ao governo federal autorizar, reconhecer, credenciar, supervisionar e avaliar... cursos e instituições de educação superior. 4.Inciso VI – assegurar processo nacional de avaliação do rendimento escolar... 5.Diretrizes Curriculares Nacionais estabelecidas pelo Conselho Nacional de Educação. Das Origens - 1

14 6. Plano Nacional de Educação (PNE) – Lei 10.172/2001. Art. 4: a União instituirá o Sistema Nacional de Avaliação e estabelecerá os mecanismos necessários ao acompanhamento das metas constantes do PNE; Diretriz do PNE para a regulação do sistema: planejar a expansão com qualidade Visão: nenhum país pode aspirar a ser desenvolvido e independente sem um forte sistema de educação superior Das Origens - 2

15 A educação superior brasileira tem a missão estratégica e única voltada para a consolidação de uma nação soberana, democrática, inclusiva e capaz de gerar a emancipação social. --Ministro Tarso Genro Visão

16 Missão Estratégica Nação Soberana Nação Inclusiva Nação Democrática Sociedade Emancipada Visão

17 1) Matricular 30% da população da faixa etária apropriada até 2011; 2) 40% das matrículas nas IES públicas. Metas do PNE

18 Maiores desafios: 1.Reestruturar a avaliação, integrando instrumentos, espaços e momentos. 2.Melhorar os instrumentos de avaliação; 3.Otimizar o Censo da Educação Superior e a interpretação dos dados. Garantia de Qualidade

19 Experiências brasileiras em avaliação: 1.1976 – Avaliação Capes; 2.1983 - Programa de Avaliação da Reforma Universitária - Paru; 3.1985 – Grupo Executivo para a Reforma da Educação Superior – GERES; 4.1993 – Programa de Avaliação Institucional das Universidades Brasileiras; 5.1996 – Exame Nacional de Cursos (ENC), Avaliação das Condições de Oferta/Ensino e Avaliação de Centros Universitários; 6.2003 - SINAES A Nova Síntese

20 Os cinco maiores cursos

21 Grandes Áreas com maior número de cursos inep: A grande área com o maior número de cursos é Educação, seguida das Ciências Sociais, Negócios e Direito. Há cerca de 3 vezes mais cursos de educação que de Saúde. A área com menor número de cursos é Agricultura e Veterinária. inep: A grande área com o maior número de cursos é Educação, seguida das Ciências Sociais, Negócios e Direito. Há cerca de 3 vezes mais cursos de educação que de Saúde. A área com menor número de cursos é Agricultura e Veterinária.

22

23 1.Avaliação Institucional (AI) 2. Avaliação de Cursos de Graduação (ACG) – visitas in loco 3. Enade –Dimensão e Indicadores na Matriz Orientadora (ex. 1) 1.1 auto-avaliação 1.2 avaliação institucional externa Instrumentos de Avaliação do Sinaes

24 ÁreaIngressantesConcluintesDiferença TOTAL 44,247,22,9 Administração 40,844,1 3,3 Arquivologia 49,252,12,9 Biblioteconomia 46,249,12,9 Biomedicina 46,248,52,3 Ciências Contábeis 43,644,71,1 Ciências Econômicas 44,446,42,0 Comunicação Social 46,449,22,8 Design 46,750,43,7 Direito 47,050,43,4 Formação de Professores 45,846,90,1 Música 46,849,12,3 Psicologia 43,947,23,3 Secretariado Executivo 43,845,21,4 Teatro 46,447,2 0,8 Turismo 48,251,12,9 Desempenho em Formação Geral

25 COMPONENTE ESPECÍFICO: Desempenho médio Área IngressantesConcluintes Diferença Média TOTAL32,941,88,936,4 Administração 33,241,3 8,1 36,2 Arquivologia37,947,19,242,7 Biblioteconomia34,744,09,338,8 Biomedicina30,743,813,134,1 Ciências Contábeis22,830,07,225,7 Ciências Econômicas27,434,57,131,2 Comunicação Social34,040,36,336,7 Design42,152,810,746,1 Direito31,242,811,635,5 Formação de Professores 39,643,7 4,1 41,1 Música36,545,08,540,2 Psicologia41,152,711,646,3 Secretariado Executivo35,542,46,938,7 Teatro41,348,06,744,5 Turismo41,548,57,045,2

26 Número e Percentual de Conceitos por Nível 1.08527,9% 89523,0%

27 15 cursos 1,24% 3 cursos 0,52% 0 0% 7 cursos 0,71% 20 cursos 0,77 % Cursos com Excelente Desempenho (Conceito e IDD 5) Brasil - ENADE 2006 45 CURSOS 0,79%

28 OUTROS CADASTROS: CPAs, Relatórios, Cadastro Lato Sensu Lattes BASis CADASTROS: Cursos e IES Cadastro De Docentes CENSO matrículas, vagas, infra, docentes, técnicos cursos, etc. Portal Sinaes 1. ACG 2. AI 3. ENADE Instrumentos de Informação

29 O rganização Acadêmica S érie Histórica Á rea do Conhecimento C ategoria Administrativa R egião U nidade Da Federação B rasil B.U.R.A.C.O.S. Organização dos Dados

30 Prova; Questionário Sócio-econômico; Questionário de Impressões sobre a Prova; Questionário aos Coordenadores de Curso. Instrumentos do Enade

31 1.Boletim do Aluno 2.Relatório do Curso 3.Relatório-Síntese da Área 4.Resumo Técnico 5.Consulta aos Resultados 6.Relatório Técnico- Científico 7.Relatório da Instituição Relatórios do Enade

32 Provas: Componente Específico Provas: Formação Geral Provas: Questões Discursivas Questionário de Impressões Questionário Dos Coordenadores Questionário Estudantes Conceitos dos Estudantes Enade Provas: Diretrizes Bases do Enade

33 Nota CE Concluinte Nota CE Ingressante IDD Conceito CEC Relatório de Curso IDD Índice Nota FG Concluinte Enade Nota FG Ingressante Ainda sobre o Enade...

34

35 Renda familiar no campus e na sociedade - até 3 mínimos 30,1 25,5 50,1 34,1 15,8

36 Renda familiar no campus e na sociedade – mais de 10 mínimos 25,3% 23,3% 11,8% 17,1% 30,5%

37 A escolaridade dos pais e o campus

38

39 Filhos de pais sem escolaridade

40 A cor do campus 50,0 66,7 70,1

41 A cor na Administração 50,0 68,0 74,6

42 A cor do campus 41,0 24,3 22,3

43 A cor na Administração 41,0 23,2 18,9

44 A cor do campus 6,2% 4,5% 5,9%

45 A cor da Administração 5,8% 3,5% 5,9%

46 Meio de informação preferido pelos concluintes

47

48 Os professores discutem o plano de ensino?

49 Os planos de ensino contêm os elementos essenciais?

50 Onde cursou o ensino Médio (%)

51 Onde cursou o ensino Médio por área (%)

52

53 Quem promoveu os eventos de que participou?

54 Perfil médio de cursos com excelente e fraco desempenhos (%) QuestãoCursos 1-1Cursos 5-5 1. Solteiros7488+14 2. Tem filhos2510-15 3. Brancos4874+26 4. Renda familiar acima de 15 mínimos732+25 5. Renda de até 3 mínimos3214-18 6. Trabalha7767+10 7. Pai com escolaridade superior1944+25 8. Mãe com escolaridade superior2341+18 9. Estudou em escola particular3957+18 10. Lê, fala e escreve bem inglês829+21

55 Perfil médio de cursos com excelente e fraco desempenhos QuestãoCursos 1-1Cursos 5-5 11. Utiliza a internet para se atualizar3145+14 12. Pesquisa na biblioteca da IES5036+14 13. Cinema é atividade de lazer preferida4756+9 14. Utiliza o computador sempre5277+25 15. Utiliza computador em casa6787+10 16. Utiliza computador para lazer7992+13 17. Utiliza comp. para atividades bancárias2546+21 18. Utiliza comp. para compras eletrônicas2949+20 19. Conhecimento informática muito bom2241+19 20. Material de consumo suficiente3240+8

56 Perfil Médio dos alunos de cursos com excelente e fraco desempenhos QuestãoCursos 1-1Cursos 5-5 21. Equipamentos disponíveis são suficientes2234+12 22. Plena disponibilidade de comput. na IES4050+10 23. Horário de atendimento da biblioteca é plenamente adequado 4152+11 24. Currículo é bem integrado4352+9 25. Professores discutem plano de ensino3440+6 26. Plano de ensino contém os elementos fundamentais 4958+9 27. Profs. dão trabalho em grupo em sala de aula278-19 28. Profs. usam livros-texto ou manuais2746+19

57 Perfil Médio dos alunos de cursos com excelente e fraco desempenhos QuestãoCursos 1-1Cursos 5-5 29. Professores aplicam provas discursivas 4978+29 30. Profs. avaliam aprendizagem com trabalhos em grupo. 3010-20 31. Curso contribui para compreensão de processos, tomada de decisões e solução de problemas na área de atuação 4660+14 32. Já atua na área de estudo e pretende continuar 1726+9

58 IDDs 4 e 5 por Região (%)

59 1.O desempenho médio em FG é superior nas instituições públicas, sendo também superior em 11 das 15 áreas avaliadas; Principais Constatações – Formação Geral (FG) - 1

60 2.As universidades, quando comparadas a outros modelos de organização acadêmica, têm desempenho superior em Formação Geral em 8 de 14 áreas do conhecimento comparáveis; 3.Na área de Comunicação Social o modelo universitário perde a hegemonia para outros modelos institucionais, especialmente para as Faculdades Isoladas e Integradas. Principais Constatações – Formação Geral (FG) - 2

61 4. Entre os ingressantes, a região Sul tem melhor desempenho em três áreas do conhecimento; entre os concluintes, este desempenho é superior em oito áreas; Principais Constatações – Componente Específico (CE)- 1

62 5.O desempenho das IFES no CE, entre os ingressantes, é superior em onze áreas do conhecimento; entre os concluintes, o desempenho das IFES é superior em apenas cinco; 6.O desempenho das IES Estaduais no CE, entre os ingressantes, é superior em apenas duas áreas; entre os concluintes, ele é superior em seis áreas; 7.As universidades, quando comparadas a outros modelos de organização acadêmica, têm desempenho superior no Componente Específico em 11 das 14 áreas do conhecimento comparáveis; Principais Constatações – Componente Específico - 2

63 1.Dos 1.017 cursos com conceito IDD negativo (1 e 2), 871 (85,6%) pertencem ao setor privado. Destes, a grande maioria, ou seja, 627 cursos, representando 72%, pertencem a IES particulares, com fins lucrativos; Principais Constatações – IDD - 1

64 1.Os estudantes dizem participar mais dos eventos promovidos pela própria IES. Em 2002 eram 59,2; em 2006 são 65% dos estudantes; 2.Melhora a imagem do professor, como profissional que domina os conteúdos que ensina, de 77% em 2002 para 82% em 2006 (84,1% em Administração); 3.Mais professores discutem o plano de ensino com os estudantes e mais estudantes se dizem satisfeitos com a qualidade dos planos apresentados (de 82,4% em 2003 para 86,9% em 2006). Principais Constatações – Perfil dos Estudantes

65 Desafios dos próximos 5 anos - 3 Não abrir mão do sonho de chegarmos a 2.011 com 30% dos jovens na Educação Superior; Consolidar o Sinaes para garantir que as nossas instituições possam efetivamente contribuir para o avanço da arte e da ciência, colocando-as a serviço da melhoria da qualidade da vida de toda a população.

66


Carregar ppt "XVIII Enangrad Cuiabá, 3/8/2007"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google