A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ATUAÇÃO DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL E SAÚDE DO TRABALHADOR EM ACIDENTES QUÍMICOS VIGILÂNCIA EM SAÚDE DE POPULAÇÕES EXPOSTAS A CONTAMINANTES QUÍMICOS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ATUAÇÃO DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL E SAÚDE DO TRABALHADOR EM ACIDENTES QUÍMICOS VIGILÂNCIA EM SAÚDE DE POPULAÇÕES EXPOSTAS A CONTAMINANTES QUÍMICOS."— Transcrição da apresentação:

1 ATUAÇÃO DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL E SAÚDE DO TRABALHADOR EM ACIDENTES QUÍMICOS VIGILÂNCIA EM SAÚDE DE POPULAÇÕES EXPOSTAS A CONTAMINANTES QUÍMICOS VIGIPEQ Priscila Campos Bueno Ministério da Saúde Setembro, 2012

2 DSAST (GUILHERME FRANCO NETTO) ASSESSORIA NÚCLEO ADMINISTRATIVO NÚCLEO DE PLANEJAMENTO NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL CGSAT (CARLOS VAZ) NÚCLEO DE GESTÃO DO CONHECIMENTO ASISAST (LUIZ BELINO) CGVAM (DANIELA BUOSI) VIGIDESASTRESVIGIAGUA VIGIPEQ Áreas Ar Químicos

3 VIGIPEQ - OBJETIVO Desenvolver ações integradas de saúde, voltadas para a adoção de medidas de prevenção dos fatores de risco, promoção e vigilância em saúde das populações expostas, ou potencialmente expostas, a contaminantes químicos.

4 SAÚDE DA POPULAÇÃO no que se relaciona à exposição a CONTAMINANTES QUÍMICOS COMPONENTES: VIGIPEQ Áreas contaminadas por contaminantes químicos Substâncias químicas prioritárias Poluentes atmosféricos EXPOSIÇÃO HUMANA

5 Populações expostas a substâncias químicas prioritárias Populações expostas a áreas contaminadas Populações expostas a poluentes atmosféricos Educação/Comunicação de Risco em Saúde Agentes comunitários Atenção Básica e especializada Saúde do trabalhador Vigilância epidemiológica, Sanitária e Saúde Ambiental Rede de laboratórios outras áreas Informação do Local Preocupações da Comunidade Contaminantes de Interesse Rotas de Exposição Mecanismos de Transporte Implicações para a Saúde Conclusões e Recomendações Identificação Priorização Avaliação / Análise Diagnóstico ProtocoloRotina Vigilância em Saúde Sistema de Informação Proativa: Prevenção, Recuperação e Promoção Reativa: denúncia ou demanda (CGVAM, 2009)

6 EXPOSIÇÃO HUMANA EM ÁREAS CONTAMINADAS POR CONTAMINANTES QUÍMICOS

7 Registro das informações O cadastramento contínuo por parte dos estados e municípios possibilita a estruturação de um panorama geral dos fatores de risco presentes no território. Além de fornecer uma estimativa da número de pessoas expostas, ou potencialmente expostas, trata-se, de uma importante ferramenta para o monitoramento da saúde destas populações. IDENTIFICAÇÃO E CADASTRO DE POPULAÇÕES EXPOSTAS OU POTENCIALMENTE EXPOSTAS

8 TRABALHO DE CAMPO Assessoria aos estados para iniciar o processo de identificação e levantamento informações. Estimular o trabalho conjunto e capacitar técnicos de saúde e ambiente Validar e complementar as informações sobre áreas Estimular a identificação continua de áreas MOTIVAÇÃO Ausência de subsídios para a atuação do setor saúde Levantamento e validação de informações de áreas com populações expostas ou potencialmente expostas em a contaminantes químicos Elaboração e validação do instrumento de coleta de informações – ficha de campo

9 LEVANTAMENTO DE INFORMAÇÕES Dados sobre o meio físico... Histórico ambiental e operacional da área Utilização atual/futura da área e vizinhança Informações sobre os bens a proteger localizados próximos à área Ocorrências de fatos marcantes relacionados à áreas contaminadas Informações sobre a situação legal da área

10 LEVANTAMENTO DE INFORMAÇÕES QUEM PODERÁ ME AJUDAR? Órgãos Ambientais Ministério Público Prefeitura Empresas prestadoras de serviço Meios de Comunicação Instituições de ensino e pesquisa

11 CLASSIFICAÇÃO DAS ÁREAS Unidade de Postos de Abastecimento e Serviços (UPAS) Área Agrícola (AA) Área de Mineração (AM) Contaminação Natural (CN) Depósito de Agrotóxicos (DA) Área de Disposição de Resíduos Industriais (ADRI) Área Industrial (AI) Área Desativada (AD) Área de Disposição Final de Resíduos Urbanos (ADRU) IDENTIFICAÇÃO Área Contaminada por Acidente com Produtos Perigosos (ACAPP)

12 Sistema de Informação de Vigilância em Saúde de Populações Expostas a Solo Contaminado SISSOLO

13 Identificação de populações expostas a área contaminada Cadastramento dos dados levantados por meio da ficha de campo; pesquisas e relatórios A Ficha possui 40 campos para preenchimento das informações obtidas em campo. É dividida em 5 blocos: –Localização –Área –População potencialmente exposta –Informações sobre a água –Informações gerais SISSOLO MÓDULO I

14 Ficha de campo para cadastro de área – LOCALIZAÇÃO SISSOLO MÓDULO I

15 SISSOLO MÓDULO I Ficha de campo para cadastro de área – AREA

16 SISSOLO MÓDULO I Ficha de campo para cadastro de área – POPULAÇÃO POTENCIALMENTE EXPOSTA

17 SISSOLO MÓDULO I Ficha de campo para cadastro de área – INFORMAÇÕES SOBRE ÁGUA

18 SISSOLO MÓDULO I Ficha de campo para cadastro de área – INFORMAÇÕES GERAIS

19 Identificação de populações expostas a área contaminada SISSOLO MÓDULO I - RELATÓRIOS Com as informações obtidas a partir das fichas de campo, são gerados relatórios qualitativos e quantitativos com informações sobre as populações expostas a áreas contaminadas em nível: - Municipal- Regional - Estadual- Nacional

20 SISSOLO MÓDULO I - PESQUISAS

21 SISSOLO MÓDULO I - PESQUISAS

22 Os relatórios, qualitativos ou quantitativos, disponíveis no menu do sistema, permitem ao usuário o acesso a informações consolidadas das fichas cadastradas no Sistema. SISSOLO MÓDULO I - RELATÓRIOS

23 -Relatórios Qualitativos SISSOLO MÓDULO I - RELATÓRIOS

24 Relatórios quantitativos SISSOLO MÓDULO I - RELATÓRIOS

25 -Relatórios Quantitativos SISSOLO MÓDULO I - RELATÓRIOS

26 SISSOLO MÓDULO II – ROTAS DE EXPOSIÇÃO E CONTAMINANTES DE INTERESSE IDENTIFICACAO DA AREA LEVANTAMENTO PRELIMINAR PREOCUPAÇÕES DA COMUNIDADE CARACTERIZAÇÃO DAS ROTAS DE EXPOSICAO COMPARTIMENTO AMBIENTAL CONTAMINANTES DE INTERESSE VIA DE EXPOSICAO POPULACAO EXPOSTA INFORMAÇÕES DE SAÚDE GERENCIAMENTO DAS AÇÕES DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE

27 SISSOLO

28 Dados da estimativa da população exposta e o número de áreas contaminadas cadastradas no SISSOLO por ano: SISSOLO TOTAL População: Áreas cadastradas: Ano População exposta ou potencialmente exposta Áreas cadastradas

29 Total Brasil: Fonte: MS/DSAST/CGVAM/SISSOLO, 2010

30 Total Brasil: Fonte: MS/DSAST/CGVAM/SISSOLO, 2010 Total Brasil:

31 2010

32 AD – Área Desativada ADRI - Área de Disposição de Resíduos Industriais ADRU - Área de Disposição Final de Resíduos Urbanos AM - Área de Mineração ACAPP – Área Contaminada por Acidente com Produto Perigoso AA – Área Agrícola AI – Área Industrial CN – Contaminação Natural DA – Depósito de Agrotóxicos UPAS - Unidade de Postos de Abastecimento e Serviços

33 Fonte: MS/DSAST/CGVAM/SISSOLO, 2010

34 PISAST

35 Muito obrigado!!! Priscila Bueno (61)


Carregar ppt "ATUAÇÃO DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL E SAÚDE DO TRABALHADOR EM ACIDENTES QUÍMICOS VIGILÂNCIA EM SAÚDE DE POPULAÇÕES EXPOSTAS A CONTAMINANTES QUÍMICOS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google