A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Proposta conjunta estabelecendo diretrizes que conduzam a um gerenciamento seguro dos resíduos,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Proposta conjunta estabelecendo diretrizes que conduzam a um gerenciamento seguro dos resíduos,"— Transcrição da apresentação:

1 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Proposta conjunta estabelecendo diretrizes que conduzam a um gerenciamento seguro dos resíduos, protegendo a saúde e o meio ambiente, revertendo o quadro atual da gestão de resíduos no país. SAÚDE e AMBIENTE

2 Agência Nacional de Vigilância Sanitária

3 Agência Nacional de Vigilância Sanitária

4 Agência Nacional de Vigilância Sanitária

5 Agência Nacional de Vigilância Sanitária

6 Agência Nacional de Vigilância Sanitária

7 Agência Nacional de Vigilância Sanitária

8 Agência Nacional de Vigilância Sanitária

9 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Plano de Gerenciamento de Resíduos Documento que aponta e descreve as ações relativas ao manejo dos resíduos sólidos, observadas suas características, no âmbito dos estabelecimentos, contemplando os aspectos referentes à geração, segregação, acondicionamento, coleta, armazenamento, transporte, tratamento e disposição final, bem como a proteção à saúde pública.

10 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PGRSS ANVISA Instrumento Operacional - POP Meio Ambiente Instrumento de Licenciamento

11 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Inventário Relação de todos os resíduos gerados (quantidade e periodicidade) Substituição produtos / processos Minimização / redução Procedimentos de reúso, reciclagem e recuperação. Redução de uso PGRSS

12 Agência Nacional de Vigilância Sanitária RSS Químicos: Ativos: gerados atualmente, objeto do inventário. Passivo: frascos sem identificação, sem data e sem dono.

13 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Resíduos de Serviços de Saúde P G R S S PASSO A PASSO

14 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PGRSS – Passo a Passo Passo 1 - Identificação do Problema Designar profissional para elaboração PGRSS Analisar as legislações Federal, Estadual e Municipal Identificar as áreas envolvidas com o RSS Definir estratégias de trabalho Comprometimento da Direção

15 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PGRSS – Passo a Passo Passo 2 – Definição da equipe de trabalho Compor a equipe de acordo com a tipificação dos resíduos gerados Identificação de habilidades e competências

16 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PGRSS – Passo a Passo Passo 3 – Mobilização da Instituição Reunir setores envolvidos para apresentar e discutir a proposta de trabalho Planejar estratégias de sensibilização (palestras,oficinas, filmes) Criar instrumento de comunicação interna Questionário de percepção do problema e divulgação dos resultados

17 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PGRSS – Passo a Passo Passo 4 – Diagnóstico da situação dos RSS Levantar atividades Identificar os tipos de resíduos gerados Avaliar as etapas atuais do processo de gerenciamento de RSS

18 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PGRSS – Passo a Passo Passo 4 – Diagnóstico da situação dos RSS Quantidade de resíduo gerado, por setor, de acordo com a classificação da RDC Anvisa 306/04 (peso ou volume) Tipo de segregação em uso GERAÇÃO E SEGREGAÇÃO

19 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PGRSS – Passo a Passo Passo 4 – Diagnóstico da situação dos RSS Tipo de contenedores (número, característica, identificação, limite de preenchimento) Sacos de acondicionamento Perfurocortantes Químicos ACONDICIONAMENTO

20 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PGRSS – Passo a Passo Passo 4 – Diagnóstico da situação dos RSS Rotas de coleta e fluxos definidos, compatibilidade com as demais atividades do estabelecimento Carros de transporte compatíveis com RSS Utilização de EPIs COLETA E TRANSPORTE INTERNO

21 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PGRSS – Passo a Passo Passo 4 – Diagnóstico da situação dos RSS Armazenamento interno Condições de infra-estrutura para armazenamento (ambientes) Limpeza e higienização dos ambientes de armazenamento Área de higienização dos contenedores Armazenamento externo (A, B, D, E) ARMAZENAMENTO

22 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PGRSS – Passo a Passo Passo 4 – Diagnóstico da situação dos RSS Empresas Freqüência e modo operacional de coleta Veículos utilizados Licenças operacionais EPIs COLETA E TRANSPORTE EXTERNO

23 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PGRSS – Passo a Passo Passo 4 – Diagnóstico da situação dos RSS Sistemas existentes no estabelecimento Sistemas de tratamento extra-institucional Licenciamento ambiental Tipo de rede coletora de esgoto sanitário TRATAMENTO

24 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PGRSS – Passo a Passo Passo 4 – Diagnóstico da situação dos RSS Tipos de disposição final existentes Restrições quanto aos RSS Licenciamento ambiental DISPOSIÇÃO FINAL

25 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PGRSS – Passo a Passo Passo 4 – Diagnóstico da situação dos RSS Análise da situação atual do estabelecimento Identificação de situações críticas, semi-críticas e não críticas RESULTADO

26 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PGRSS – Passo a Passo Passo 5 – Definição de metas e objetivos Identificação de recursos financeiros Definição de metas a serem atingidas Práticas de minimização de geração Tecnologias limpas – reduzir riscos sanitários e ambientais Avaliar alternativas de reciclagem Investimentos necessários e cronograma de implantação

27 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PGRSS – Passo a Passo Passo 6 – Elaboração do PGRSS Dados do estabelecimento Descrever as rotinas operacionais (POPs) segregação, acondicionamento, transporte, armazenamento, coleta e destino dos RSS (tratamento ou disposição final) Integração com rotinas internas (CCIH, CIPA, etc..) Treinamentos necessários

28 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PGRSS – Passo a Passo Passo 6 – Elaboração do PGRSS Controles de insetos e roedores Situações de emergência e acidentes

29 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PGRSS – Passo a Passo Passo 7 – Implementação do PGRSS Executar os treinamentos previstos Validar as rotinas descritas e promover as correções necessárias Executar as adequações de infra-estrutura necesárias Disponibilizar o documento na área de trabalho

30 Agência Nacional de Vigilância Sanitária PGRSS – Passo a Passo Passo 8 – Avaliação do PGRSS Definir estratégias de acompanhamento Construir indicadores Avaliar resultados Discussão com equipe e sugestão de modificações Disponibilizar o documento na área de trabalho

31 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Indicadores Indicadores Taxa de acidentes com perfurocortantes Taxa de acidentes com perfurocortantes Variação da geração de resíduos Variação da geração de resíduos Variação da proporção de resíduos Grupo A Variação da proporção de resíduos Grupo A Variação da proporção de resíduos Grupo B Variação da proporção de resíduos Grupo B Variação da proporção de resíduos Grupo D Variação da proporção de resíduos Grupo D Variação da proporção de resíduos Grupo E Variação da proporção de resíduos Grupo E Variação do percentual de reciclagem Variação do percentual de reciclagem

32 Agência Nacional de Vigilância Sanitária ENDEREÇO NA INTERNET (61) fax: (61) (61) fax: (61)


Carregar ppt "Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Proposta conjunta estabelecendo diretrizes que conduzam a um gerenciamento seguro dos resíduos,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google