A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sexualidade na Terceira Idade Dra. Priscila Huguet Mestre em ginecologia pela UNICAMP Pós-graduanda em Terapia Sexual pelo ISEXP.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sexualidade na Terceira Idade Dra. Priscila Huguet Mestre em ginecologia pela UNICAMP Pós-graduanda em Terapia Sexual pelo ISEXP."— Transcrição da apresentação:

1 Sexualidade na Terceira Idade Dra. Priscila Huguet Mestre em ginecologia pela UNICAMP Pós-graduanda em Terapia Sexual pelo ISEXP

2 Sexualidade na Terceira Idade

3 População brasileira 11 milhões de pessoas com mais de 60 anos de idade 11 milhões de pessoas com mais de 60 anos de idade 32 milhões em 2025 (14% da população) 32 milhões em 2025 (14% da população) População brasileira hoje: População brasileira hoje: Velhice = maturidade ?? (e não doença) Velhice = maturidade ?? (e não doença)

4 Expectativa de vida em mulheres brasileiras Brasil, anos Brasil, anos Censo ,6 anos. Censo ,6 anos.

5 Menopausa Vem de duas palavras gregas mens = mês e pausa= parada. Vem de duas palavras gregas mens = mês e pausa= parada. último período do ciclo reprodutivo feminino último período do ciclo reprodutivo feminino Gardanne, 1812

6 Climatério Do grego klimakter= crise!! Do grego klimakter= crise!! Primeiros relatos do período clássico (Grécia e Roma) e medieval Primeiros relatos do período clássico (Grécia e Roma) e medieval

7 Menopausa Cessação permanente da menstruação pela falência ovariana Cessação permanente da menstruação pela falência ovariana 45 a 55 anos 45 a 55 anos 12 meses sem sangramento 12 meses sem sangramento

8 Menopausa- sinais e sintomas (Agudos) Ondas de calor (fogachos), suor, palpitações, formigamento, dor de cabeça, vagina seca, insônia, vertigem, humor lábil, nervosismo, irritabilidade, depressão, libido, falta de concentração, perda de confiança e dificuldade de tomar decisões. Ondas de calor (fogachos), suor, palpitações, formigamento, dor de cabeça, vagina seca, insônia, vertigem, humor lábil, nervosismo, irritabilidade, depressão, libido, falta de concentração, perda de confiança e dificuldade de tomar decisões.

9 Menopausa- sinais e sintomas (Médio prazo- após 3-5 anos) Atrofia genital (15 a 40% ), com coceira e queimação, secura, corrimento, sangramento e dor às relações Atrofia genital (15 a 40% ), com coceira e queimação, secura, corrimento, sangramento e dor às relações Incontinência urinária Incontinência urinária Mais infecções urinárias Mais infecções urinárias Perda da elasticidade da pele Perda da elasticidade da pele

10 Vulva da mulher jovem

11 Vulva da mulher idosa

12 Referências para vulva Referências para vulva Referências para pênis !!! Referências para pênis !!! Por que será?? Por que será??

13 Menopausa- sinais e sintomas (Longo prazo- 8 a 10 anos) Osteoporose Osteoporose Doenças cardíacas Doenças cardíacas AVC (derrame) AVC (derrame)

14 Sexualidade na mulher menopausada Perdas e ganhos (sociedade ocidental) Perdas e ganhos (sociedade ocidental) Papel do ginecologista Papel do ginecologista Conflitos sexuais Conflitos sexuais

15 Resposta Sexual Feminina

16 Mitos e tabus – declínio da função sexual? Mitos e tabus – declínio da função sexual? Saúde saúde sexual Saúde saúde sexual Capacidade reprodutiva X desejo sexual Capacidade reprodutiva X desejo sexual Resposta sexual + lenta Resposta sexual + lenta Frequência sexual baixa ou nula senescência sexual Frequência sexual baixa ou nula senescência sexual

17 Pesquisa no Brasil 456 mulheres entrevistadas em mulheres entrevistadas em a 60 anos 45 a 60 anos 68% vida sexual ativa 68% vida sexual ativa 88% destas com satisfação sexual 88% destas com satisfação sexual Tadini, 2000

18 Alterações fisiológicas na terceira idade das taxas hormonais (estrógeno e progesterona) das taxas hormonais (estrógeno e progesterona) do colo uterino, do útero e dos ovários do colo uterino, do útero e dos ovários da espessura e da elasticidade da vagina da espessura e da elasticidade da vagina da lubrificação vaginal da lubrificação vaginal

19 Alterações na fase de excitação Resposta + lenta Resposta + lenta Redução da vasocongestão genital Redução da vasocongestão genital Pequeno aumento dos seios Pequeno aumento dos seios Menor tensão sexual por da massa muscular Menor tensão sexual por da massa muscular expansão da vagina e lubrificação vaginal expansão da vagina e lubrificação vaginal Coito pode ser doloroso pela secura Coito pode ser doloroso pela secura

20 Alterações na fase de orgasmo Resposta clitoridiana intacta Resposta clitoridiana intacta duração do orgasmo duração do orgasmo Menos contrações vaginais, e mais fracas Menos contrações vaginais, e mais fracas

21 Alterações na fase de resolução tempo de retorno ao estado pré-estímulo tempo de retorno ao estado pré-estímulo Redução da capacidade multiorgástica Redução da capacidade multiorgástica Irritação fácil do clitóris devido à redução do tecido adiposo Irritação fácil do clitóris devido à redução do tecido adiposo Sintomas de cistite se coito demorado ou repetido em intervalo curto de tempo (cistite de lua-de-mel) Sintomas de cistite se coito demorado ou repetido em intervalo curto de tempo (cistite de lua-de-mel)

22 Aspectos psicológicos Sabedoria e maturidade Sabedoria e maturidade Doenças Doenças depressão?? 10 a 43% depressão?? 10 a 43% Rejeição?? Rejeição?? Alteração de auto-imagem Alteração de auto-imagem Solidão Solidão Perda de amigos, parentes Perda de amigos, parentes

23 Aspectos psicológicos Mudança Mudança de papel na sociedade de papel na sociedade Síndrome Síndrome do ninho vazio

24 Aspectos psicológicos Papel da família Papel da família Negação do envelhecimento Negação do envelhecimento Proximidade da morte Proximidade da morte regressão à infância regressão à infância Alzheimer Alzheimer

25 Aspectos psicológicos Desmotivação Desmotivação Dificuldade em planejar o futuro Dificuldade em planejar o futuro Hipocondria Hipocondria Baixa auto-estima Baixa auto-estima Baixa auto-imagem Baixa auto-imagem Ansiedade (para ser aceito) Ansiedade (para ser aceito) Isolamento Isolamento Perda da autonomia Perda da autonomia

26 Perda da autonomia Em verdade, em verdade, te digo quando eras mais moço, cingias-te e andavas aonde queria. Mas, quando fores velho estenderá- as tuas mãos e outro te cingirá e te levará para onde não queres. Em verdade, em verdade, te digo quando eras mais moço, cingias-te e andavas aonde queria. Mas, quando fores velho estenderá- as tuas mãos e outro te cingirá e te levará para onde não queres. Evangelho de São João

27 Maturidade e relacionamentos saudáveis 1- auto-aceitação e auto-conhecimento 1- auto-aceitação e auto-conhecimento 2- aceitação e respeito ao próximo 2- aceitação e respeito ao próximo 3- projeto de vida 3- projeto de vida 4- consciência da finitude 4- consciência da finitude

28 Outras civilizações No Japão, o idoso é o símbolo da sabedoria. A cada ano, seu aniversário é festejado de forma solene. Quando faz 40 anos, comemora o início da velhice. Aos 61 anos, a conclusão do ciclo dos 60. Aos 70 é a idade rara, aos 77 anos, alegre longevidade e aos 88 anos, a longevidade do arroz. No Japão, o idoso é o símbolo da sabedoria. A cada ano, seu aniversário é festejado de forma solene. Quando faz 40 anos, comemora o início da velhice. Aos 61 anos, a conclusão do ciclo dos 60. Aos 70 é a idade rara, aos 77 anos, alegre longevidade e aos 88 anos, a longevidade do arroz.

29 Outras civilizações Na China não é diferente: os mais velhos também são honrados. A tradição desse país conta que Lao-Tse nasceu de cabelos brancos - como um velho - originando seu nome que significa "Velho Mestre". Na China não é diferente: os mais velhos também são honrados. A tradição desse país conta que Lao-Tse nasceu de cabelos brancos - como um velho - originando seu nome que significa "Velho Mestre".

30 Outras civilizações Tanto os índios quanto os ciganos, também têm um respeito superior pelos mais velho. Sempre procuram seus conselhos, pois os jovens acreditam que a idade madura traz o conhecimento de forma tranqüila e sábia. Respeitar e amar a geração da terceira idade, é um grande passo para obtermos a grande sabedoria Tanto os índios quanto os ciganos, também têm um respeito superior pelos mais velho. Sempre procuram seus conselhos, pois os jovens acreditam que a idade madura traz o conhecimento de forma tranqüila e sábia. Respeitar e amar a geração da terceira idade, é um grande passo para obtermos a grande sabedoria (retirado da Internet, ) (retirado da Internet, )

31 Chapéu Roxo - Um olhar no espelho Aos 3 anos: Se olha no espelho e vê uma rainha! Aos 8 anos: Se olha no espelho e vê a Cinderela ou a Bela Adormecida! Chapéu Roxo - Um olhar no espelho Aos 3 anos: Se olha no espelho e vê uma rainha! Aos 8 anos: Se olha no espelho e vê a Cinderela ou a Bela Adormecida!

32 Aos 15 anos: Se olha no espelho e se vê como a Cinderela do Tchan; se está na TPM vê gordura, espinhas, cabelo espigado (Mãe, me ajuda, como vou sair com essa cara hororosa?) Aos 15 anos: Se olha no espelho e se vê como a Cinderela do Tchan; se está na TPM vê gordura, espinhas, cabelo espigado (Mãe, me ajuda, como vou sair com essa cara hororosa?)

33 Aos 25 anos: Se olha no espelho e se vê muito magra ou muito gorda ou muito alta ou muito baixa ou tem muito peito, pouca bunda,mas diz: dane-se e decide sair para trabalhar assim mesmo. Aos 25 anos: Se olha no espelho e se vê muito magra ou muito gorda ou muito alta ou muito baixa ou tem muito peito, pouca bunda,mas diz: dane-se e decide sair para trabalhar assim mesmo.

34 Aos 35 anos: Se olha no espelho e se vê muito magra ou muito gorda ou muito alta ou muito baixa ou muito peito ou pouca bunda ou cabelos brancos, mas não tem tempo para consertar tudo e sai para jantar com o marido assim mesmo. Aos 35 anos: Se olha no espelho e se vê muito magra ou muito gorda ou muito alta ou muito baixa ou muito peito ou pouca bunda ou cabelos brancos, mas não tem tempo para consertar tudo e sai para jantar com o marido assim mesmo.

35 Aos 45 anos: Se olha no espelho e se vê muito magra ou muito gorda ou muito alta ou muito baixa ou muito peito ou pouca bunda ou cabelos brancos ou cheia de rugas, mas pensa: Vou marcar uma plástica e vai para o casamento da filha assim mesmo. Aos 55 anos: Se olha no espelho e diz: Estou saudável! e sai para passar o dia com os netos. Aos 45 anos: Se olha no espelho e se vê muito magra ou muito gorda ou muito alta ou muito baixa ou muito peito ou pouca bunda ou cabelos brancos ou cheia de rugas, mas pensa: Vou marcar uma plástica e vai para o casamento da filha assim mesmo. Aos 55 anos: Se olha no espelho e diz: Estou saudável! e sai para passar o dia com os netos.

36 Aos 60 anos: Se olha no espelho e lembra dos amigos que nem com óculos conseguem se olhar no espelho e vai para o Nordeste numa excursão com outras sessentonas. Aos 70 anos: Se olha no espelho e vê sabedoria, paciência e bom-humor, e vai fazer um curso de história da arte. Aos 60 anos: Se olha no espelho e lembra dos amigos que nem com óculos conseguem se olhar no espelho e vai para o Nordeste numa excursão com outras sessentonas. Aos 70 anos: Se olha no espelho e vê sabedoria, paciência e bom-humor, e vai fazer um curso de história da arte.

37 Aos 80 anos: Mais do que nunca, adora o que vê no espelho. Coloca um chapéu roxo e vai se divertir pelo mundo! Lembre-se: NÃO ESQUEÇA DE USAR O CHAPÉU ROXO MAIS CEDO!! (Retirado da Internet – autor desconhecido) Aos 80 anos: Mais do que nunca, adora o que vê no espelho. Coloca um chapéu roxo e vai se divertir pelo mundo! Lembre-se: NÃO ESQUEÇA DE USAR O CHAPÉU ROXO MAIS CEDO!! (Retirado da Internet – autor desconhecido)

38 Tudo vale à pena se a alma não é pequena.


Carregar ppt "Sexualidade na Terceira Idade Dra. Priscila Huguet Mestre em ginecologia pela UNICAMP Pós-graduanda em Terapia Sexual pelo ISEXP."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google