A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sexualidade na Gestação Dra Priscila Huguet Mestre em Tocoginecologia (UNICAMP) Terapeuta Sexual (ISEXP) Mastologista (Sociedade Brasileira de mastologia)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sexualidade na Gestação Dra Priscila Huguet Mestre em Tocoginecologia (UNICAMP) Terapeuta Sexual (ISEXP) Mastologista (Sociedade Brasileira de mastologia)"— Transcrição da apresentação:

1 Sexualidade na Gestação Dra Priscila Huguet Mestre em Tocoginecologia (UNICAMP) Terapeuta Sexual (ISEXP) Mastologista (Sociedade Brasileira de mastologia) Especialista em Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO)

2 Sexualidade na gravidez ou puerpério: fenômeno estritamente humano, influenciado por fatores culturais, hormonais e neurofisiológicos

3 Sexo entre animais não há contato visual. Objetivo é procriação Entre humanos sexo reforça vínculos Ainda hoje em dia a sexualidade é tabu

4 Ser humano é ÚNICO! Comportamento sexual: feito em par dobram as dificuldades

5 Gestação = período de adaptações físicas, emocionais, existenciais e sexuais Não só para a mulher, para o homem também!! Tendência a manutenção de padrão semelhante ao pré-gestacional, dependendo de gestação planejada ou não, estabilidade do casal, etc

6 Alterações orgânicas: Crescimento abdominal Alterações de pele Aumento da irrigação e da lubrificação vaginal Náuseas, vômitos (?) Sensibilidade mamária Muito importante : AUTO-ESTIMA

7 Segundo trimestre Aumento do edema da vulva e da vagina com intensa lubrificação vaginal, secundários à maior congestão pélvica Fase de lua-de-mel

8 Terceiro trimestre Maior volume abdominal Dificuldade em encontrar posições (mulher, que está com o corpo modificado, deve procurar) Colostro (??) Acentuação da movimentação fetal

9 E os homens??? Ansiedade em relação ao parto e à criação do(a) filho(a) Crença injustificada de machucar o bebê durante o ato (1 º trimeste, primigestas) Endeusamento da companheira, gerando queda do desejo X prova de virilidade Apelo visual (homem= visual) Perda de espaço na relação

10 Puerpério Bebê faz vínculo com a mãe apenas no início, não sabe que é um indivíduo e a mãe, outro Homem pode sentir-se a mais Aos poucos se reestrutura o vínculo entre a mulher e o companheiro

11 Aspectos psicológicos femininos Segurança em sentir-se atraente e amada pelo parceiro AUTO-ESTIMA Auto-percepção (amante/ esposa/ mãe) Papel do companheiro Mudança de papel na sociedade Responsabilidade (Vou dar conta?)

12 O que pode ser observado no casal Redução de 40 a 60 % na atividade sexual durante a gestação (Iracema Teixeira) Medo da perda da individualidade Divisão do amor com uma terceira pessoa Exclusão do parceiro= ciúmes!!

13 Como driblar tudo isso? Manter a sexualidade ativa. Não é sinônimo de coito obrigatoriamente! A sexualidade aproxima propiciando a continuidade da harmonia conjugal, o que dificulta o afastamento do casal. DIÁLOGO SEMPRE !!! Orgasmo fortalece períneo...

14 Quando não fazer sexo vaginal: Placenta prévia ou muito baixa Antecedentes de partos prematuros Hemorragias sem investigação Dores abdominais intensas Colo incompetente Dilatação do colo Lesão ativa por herpes ou outras DST Bolsa rota Proximidade do parto (?????????)

15 Pode-se permitir que o casal grávido seja pouco orientado em termos da sexualidade na gestação, mas nunca será permitido que ele seja mal orientado por um cientista. »Dr. Eliezer Berenstein


Carregar ppt "Sexualidade na Gestação Dra Priscila Huguet Mestre em Tocoginecologia (UNICAMP) Terapeuta Sexual (ISEXP) Mastologista (Sociedade Brasileira de mastologia)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google