A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Animismo Reflexos da alma dos médiuns, emersões da subconsciência.almamédiuns subconsciência [71 - página 149][71 - página 149] Emmanuel – 1938 EMANNOEL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Animismo Reflexos da alma dos médiuns, emersões da subconsciência.almamédiuns subconsciência [71 - página 149][71 - página 149] Emmanuel – 1938 EMANNOEL."— Transcrição da apresentação:

1 Animismo Reflexos da alma dos médiuns, emersões da subconsciência.almamédiuns subconsciência [71 - página 149][71 - página 149] Emmanuel – 1938 EMANNOEL Conjunto dos fenômenos psíquicos produzidos com a cooperação consciente ou inconsciente dos médiuns em ação.consciente ou inconsciente [29 - página 163][29 - página 163] André Luiz – 1959 Mecanismo da Mediunidade

2 Animismo [do latim anima + ismo] Teoria que considera a alma simultaneamente princípio de vida orgânica e psíquica. 2. O que é próprio da alma. 3. Para o entendimento espírita, é relativo aos fenômenos intelectuais e físicos que deixam supor atividade extracorpórea ou à distância do organismo humano, isto é, exercida além dos limites do corpo. alma Se tem por causalidade o Espírito desencarnado, o fenômeno denomina-se espiritual ou mediúnico; mas, se o Espírito é o próprio encarnado, chama-se anímico.espiritual ou mediúnico

3 Para maior brevidade, proponho designar pela palavra animismo todos os fenômenos intelectuais e físicos que deixam supor uma atividade extracorpórea ou a distância do organismo humano, e mais especialmente todos os fenômenos mediúnicos que podem ser explicados por uma ação que o homem vivo exerce além dos limites do corpo.

4 A palavra animismo foi a principio empregada por Stahl, se não me engano; em seu sistema médico, ele considera a alma (anima) como o principio vital; o corpo é não somente a criação da alma, como ainda todas as suas funções vitais são executadas por essa ultima. Em nossos dias, este termo foi empregado por Taylor, em seu livro:

5 Cultura primitiva, em um sentido amplo, para designar não somente a ciência que trata da alma (como de uma coisa essencial independente) e de suas diversas manifestações terrestres ou póstumas, mas também a doutrina referente a qualquer espécie de seres espirituais ou espíritos.

6 Quanto a mim, adotei o termo animismo em sentido mais restrito e mui determinado. Na verdade, a palavra psiquismo teria podido preencher o mesmo fim que a palavra animismo, mas, uma vez aceita a palavra espiritismo, parece-me que é preferível formar as duas expressões com radicais latinos e adotar estes dois termos para designar essas duas categorias de fenômenos, absolutamente distintos quanto à sua fonte, se bem que tenham grande afinidade em sua manifestação exterior.psiquismo

7 Demais, o adjetivo psíquico serve hoje para traduzir as mais variadas idéias, freqüentemente multo vagas. [51 - volume 2 - página 229 ] Animismo e espiritismo Alexandre aksakof [51 - volume 2 - página 229 ] Se o fenômeno tem por causalidade o Espírito desencarnado, denomina-se espiritual ou mediúnico; mediúnico mas, se o Espírito é o próprio encarnado, chama-se anímico. Medianímico [do latim mediu + anima + -ico]- Qualidade do poder dos médiuns; faculdade de intermediário através dos recursos de sua própria alma. alma

8 Segundo Alexandre Aksakof:Alexandre Aksakof Animismo corresponde aos fenômenos psíquicos inconscientes se produzidos fora dos limites da esfera corpórea do médium, ou extra-mediúnicos:médium transmissão do pensamento, telepatia, telepatia telecinesia, movimentos de objetos sem contacto, telecinesia materialização. materialização

9 Temos aqui a manifestação culminante do desdobramento psíquico; os elementos da personalidade transpõem o limite do corpo e manifestam-se, a distância, por efeitos não somente psíquicos, porém ainda físicos e mesmo plásticos, e indo até à plena exteriorização ou objetivação, provando por esse meio que um elemento psíquico pode ser, não somente um simples fenômeno de consciência, mas ainda um centrodesdobramento consciência

10 de força substancial pensante e organizadora, podendo também, por conseguinte, organizar temporariamente um simulacro de órgão, visível ou invisível, e produzindo efeitos físicos.simulacro

11 A palavra alma (anima), como o sentido que tem geralmente no Espiritismo e no espiritualismo, justifica plena o emprego da animismo. Por conseguinte, nós teríamos, nos fenômenos anímicos, manifestação da alma, como entidade substancial, e que explicaria o fato de essas manifestações poderem revestir também um caráter físico ou plástico, segundo o grau de desagregação do corpo fluídico ou do "perispírito", ou ainda do "metaorganismo", segundo a expressão de Hellenbach.

12 E, como a personalidade é o resultado direto do nosso organismo terrestre, segue-se daí naturalmente que os elementos anímicos (pertencentes ao organismo espiritual) são também os portadores da personalidade. [50 - páginas 24/25] Animismo e Espiritismo Alexandre Aksakof volume 1e2 [50 - páginas 24/25]

13 A tese animista é respeitável. Partiu de investigadores conscienciosos e sinceros, e nasceu para coibir os prováveis abusos da imaginação; entretanto, vem sendo usada cruelmente pela maioria dos nossos colaboradores encarnados, que fazem dela um órgão inquisitorial, quando deveriam aproveitá-la como elemento educativo, na ação fraterna.

14 Milhares de companheiros fogem ao trabalho, amedrontados, recuam ante os percalços da iniciação mediúnica, porque o animismo se converteu em Cérbero. Cérbero Afirmações sérias e edificantes, tornadas em opressivo sistema, impedem a passagem dos candidatos ao serviço pela gradação natural do aprendizado e da aplicação.

15 Reclama-se deles precisão absoluta, olvidando-se lições elementares da natureza. Recolhidos ao castelo teórico, inúmeros amigos nossos, em se reunindo para o elevado serviço de intercâmbio com a nossa esfera, não aceitam comumente os servidores, que hão de crescer e de aperfeiçoar-se com o tempo e com o esforço.

16 Exigem meros aparelhos de comunicação, como se a luz espiritual se transmitisse da mesma sorte que a luz elétrica por uma lâmpada vulgar. Nenhuma árvore nasce produzindo, e qualquer faculdade lie requer burilamento.

17 A mediunidade tem, pois sua evolução, seu campo, sua rota. mediunidade Não é possível laurear o estudante no curso superior, sem que ele tenha tido suficiente aplicação nos cursos preparatórios, através de alguns anos de luta, de esforço, de disciplina. Daí nossa legítima preocupação em face da tese animista, que pretende enfeixar toda a responsabilidade do trabalho espiritual numa cabeça única, isto é, a do instrumento mediúnico.

18 Precisamos de apelos mais altos, que animem os cooperadores incipientes, proporcionando-lhes mais vastos recursos de conhecimento na estrada por eles mesmos perlustrada, a fim de que a espiritualidade santificante penetre os fenômenos e estudos atinentes ao espírito. [25 - página 124] - André Luiz Mecanismo da Mediunidade [25 - página 124] P P S. J C Fonseca


Carregar ppt "Animismo Reflexos da alma dos médiuns, emersões da subconsciência.almamédiuns subconsciência [71 - página 149][71 - página 149] Emmanuel – 1938 EMANNOEL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google