A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Identificação de Áreas de Maior Vulnerabilidade para Ocorrência de Dengue na Estação de Transmissão 2010/2011 com vistas a subsidiar a intensificação das.

Cópias: 1
Identificação de Áreas de Maior Vulnerabilidade para Ocorrência e Dengue na Estação de Transmissão 2010/2011 com vistas a subsidiar a intensificação das.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Identificação de Áreas de Maior Vulnerabilidade para Ocorrência de Dengue na Estação de Transmissão 2010/2011 com vistas a subsidiar a intensificação das."— Transcrição da apresentação:

1 Identificação de Áreas de Maior Vulnerabilidade para Ocorrência de Dengue na Estação de Transmissão 2010/2011 com vistas a subsidiar a intensificação das ações de controle Ministério da Saúde Secretaria de Vigilância em Saúde Departamento de Vigilância Epidemiológica Coordenação Geral do Programa Nacional de Controle da Dengue Porto Alegre, Setembro de 2010

2 Estimativa de risco para 2010 elaborada em outubro 2009 Incidência de casos janeiro a junho 2010 Estimativa de risco para dengue e incidência Brasil, janeiro a junho 2010 Prioridade 1 e 2 Prioridade 3 Prioridade 4 Sem transmissão autóctone Sem transmissão < 100 casos/ hab. 100 – 300 casos/ hab. > 300 casos/ hab. LIRAa e Circulação de DENV1 Densidade

3 Classificação de áreas vulneráveis para ocorrência de epidemias de Dengue, Brasil 2010/ Circulação do sorotipo DENV 1 (Peso 3): a) Até 30% de isolamento: Valor 3 b) De 30 a 60% de isolamento: Valor 2 c) Acima de 60% de isolamento: Valor 1 Considerou-se a avaliação do isolamento nacional até junho de Região metropolitana / capital sem epidemia nos últimos dois anos (Peso 2): a) Sem ocorrência de epidemia: Valor 2 b) Ocorrência de epidemia: Valor 1 Parâmetros

4 Classificação de áreas vulneráveis para ocorrência de epidemias de Dengue, Brasil 2010/ Densidade populacional de Unidade Federada (Peso 1): a) Pop. Até 700 hab. por km 2 : Valor 1 b) Pop. acima de 700 hab. por km 2 : Valor 2 A fêmea infectada do Aedes aegypti ser capaz de, durante seu repasto sanguíneo, infectar um grande número de pessoas em um curto intervalo de tempo. A concentração de indivíduos susceptíveis a um determinado sorotipo circulante, aumenta estas chances de transmissão Parâmetros

5 4. Proporção de estratos com ausência ou insuficiência de rede geral de saneamento, esgotamento sanitário e coleta de lixo (Peso 2): a) Até 14,2% : Valor 1 b) De 14,3% a 23,0% : Valor 2 c) Acima de 23,0% ; Valor 3 Coleta de lixo: proporção de distritos estaduais com deposição em céu aberto, terrenos baldios e/ou caçambas; distritos sem coleta. Rede de abastecimento: proporção de distritos sem ligação com a rede de abastecimento e com soluções alternativas. Esgotamento sanitário: proporção de distritos sem rede coletora. Parâmetros Classificação de áreas vulneráveis para ocorrência de epidemias de Dengue, Brasil 2010/2011

6 5. Predominância do sorotipo DENV 2 nos últimos dois anos (Peso 2): a)Acima da valor nacional nos dois anos: Valor 1 b)Abaixo do valor nacional em um dos anos: Valor 2 Considerou-se a avaliação do isolamento nacional até junho de Para o ano de 2009, o valor do isolamento de DENV2 foi de 59% Para o ano de 2010, o valor do isolamento de DENV2 foi de 55% 6. LIRAa - não pode ser utilizado neste momento. Será incorporado após Nov Parâmetros Classificação de áreas vulneráveis para ocorrência de epidemias de Dengue, Brasil 2010/2011

7

8 Score Final Risco alto 15 e 19 pontos Risco moderado < 15 pontos Risco muito alto 20 pontos Classificação de áreas vulneráveis para ocorrência de epidemias de Dengue, Brasil 2010/2011

9 AM MS GO SP PR TO PI AL PE CE SC MA MG ES RJ AP RR AC RN PB PA BA RO MT RS* SE DF Risco baixo Risco moderado Risco alto Risco muito alto Áreas com Risco de transmissão focalizada


Carregar ppt "Identificação de Áreas de Maior Vulnerabilidade para Ocorrência de Dengue na Estação de Transmissão 2010/2011 com vistas a subsidiar a intensificação das."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google