A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

© 2005 by Pearson Education Princípios de Mecatrônica – João Maurício Rosário – © 2005 Pearson Education, Inc. 1.Vantagens e desvantagens da robótica industrial.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "© 2005 by Pearson Education Princípios de Mecatrônica – João Maurício Rosário – © 2005 Pearson Education, Inc. 1.Vantagens e desvantagens da robótica industrial."— Transcrição da apresentação:

1 © 2005 by Pearson Education Princípios de Mecatrônica – João Maurício Rosário – © 2005 Pearson Education, Inc. 1.Vantagens e desvantagens da robótica industrial 2.Conceitos básicos de um robô 3.Principais aplicações dos robôs industriais CAPÍTULO 7

2 © 2005 by Pearson Education Princípios de Mecatrônica – João Maurício Rosário – © 2005 Pearson Education, Inc. A automação possibilita grandes incrementos na produtividade do trabalho. e, conseqüentemente, o atendimento das necessidades básicas da população. Os equipamentos automatizados aumentam a produção e possibilitam melhora na qualidade do produto. A automação possibilita o trabalho ininterrupto, o que aumenta a rentabilidade dos investimentos. A microeletrônica proporciona flexibilidade ao processo de fabricação, pois permite que a produção siga as tendências de mercado, fazendo com que se evitem estoques de produtos invendáveis. 1. Vantagens e desvantagens da robótica industrial

3 © 2005 by Pearson Education Princípios de Mecatrônica – João Maurício Rosário – © 2005 Pearson Education, Inc. Principais vantagens Aumento da produtividade. Melhoria e consistência na qualidade final de um produto. Minimização das operações. Menor demanda de contratação de mão-de-obra especializada. Facilidade na programação e no uso de robôs. Operação em ambientes difíceis e perigosos ou em tarefas desagradáveis e repetitivas. Capacidade de trabalho por longos períodos.

4 © 2005 by Pearson Education Princípios de Mecatrônica – João Maurício Rosário – © 2005 Pearson Education, Inc. Custo de aquisição O preço de um robô é determinado por suas dimensões, grau de sofisticação e complexidade, exatidão e confiabilidade. Na especificação de sistemas automatizados em que se utilizam dispositivos robóticos, devem-se considerar: – número de funcionários substituídos pelo robô; – número de turnos realizados por dia; – a produtividade comparada a seu custo; – custo de projeto e manutenção; – custo de equipamentos periféricos.

5 © 2005 by Pearson Education Princípios de Mecatrônica – João Maurício Rosário – © 2005 Pearson Education, Inc. 2. Conceitos básicos de um robô Braço mecânico Um robô consiste em um braço mecânico motorizado programável que apresenta algumas características antropomórficas e um cérebro na forma de computador. Na memória do computador há um programa a ser seguido pelo braço. Com o programa em funcionamento, o computador envia sinais ativando motores que movem o braço e a carga no final dele. O braço mecânico é um manipulador projetado para realizar diferentes tarefas e ser capaz de repeti-las. Dois aspectos importantes do funcionamento de um braço mecânico são o sensoriamento ambiente e sua programação.

6 © 2005 by Pearson Education Princípios de Mecatrônica – João Maurício Rosário – © 2005 Pearson Education, Inc. Conceitos básicos de um robô

7 © 2005 by Pearson Education Princípios de Mecatrônica – João Maurício Rosário – © 2005 Pearson Education, Inc. Aspectos relacionados à utilização de robôs industriais Classificação de um sistema automatizado Automação rígida: – utiliza máquinas projetadas para executar uma função específica; é em geral utilizada para um produto particular e de difícil adaptação a outro produto. Automação flexível: – utiliza máquinas reprogramáveis com linguagem de programação estruturada, em que a configuração de uma célula de manufatura para outra pode ser alterada facilmente e com rapidez.

8 © 2005 by Pearson Education Princípios de Mecatrônica – João Maurício Rosário – © 2005 Pearson Education, Inc. Aspectos relacionados à utilização de robôs industriais Funcionalidades e habilidades de um robô Robôs de primeira geração: – incapazes de obter qualquer informação sobre o meio; – realizam apenas movimentos pré-programados; – retornam pouquíssimas informações sobre o ambiente de operação. Robôs de segunda geração: – possuem todas as características dos robôs da geração anterior além de uma detalhada comunicação com seu ambiente; – a comunicação é atingida por meio de sistemas de sensoriamento e identificação; – requerem computadores mais rápidos, com maior capacidade de memória.

9 © 2005 by Pearson Education Princípios de Mecatrônica – João Maurício Rosário – © 2005 Pearson Education, Inc. 3. Principais aplicações dos robôs industriais Fundamentalmente os robôs industriais apresentam dois grupos de aplicações: – manipulação de materiais diversos; – fabricação. Em ambos os casos, eles modificam o ambiente: – ou mudando as peças de lugar; – ou criando um ambiente novo mediante a fabricação. Embora não se inclua a montagem de conjuntos mecânicos em tais grupos de aplicação, ela constitui o topo do desenvolvimento tecnológico na indústria.


Carregar ppt "© 2005 by Pearson Education Princípios de Mecatrônica – João Maurício Rosário – © 2005 Pearson Education, Inc. 1.Vantagens e desvantagens da robótica industrial."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google