A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

rangelde DSC/CCT/UFCG.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "rangelde DSC/CCT/UFCG."— Transcrição da apresentação:

1 rangelde DSC/CCT/UFCG

2 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 2 Usability is the extent to which a product can be used by specified users to achieve specified goals with effectiveness, efficiency, and satisfaction in a specified context of use. [ ISO (1995 )]

3 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 3 Roteir o Considerações Iniciais MCIE Etapas do MCIE Análise dos Requisitos Análise e Modelagem do Contexto Análise e Modelagem do Usuário Análise e Modelagem da Tarefa Modelagem da Interação Prototipagem Referências Bibliográficas Considerações Iniciais MCIE Etapas do MCIE Análise dos Requisitos Análise e Modelagem do Contexto Análise e Modelagem do Usuário Análise e Modelagem da Tarefa Modelagem da Interação Prototipagem Referências Bibliográficas

4 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 4 Considerações Iniciais I MCIE MCIE I M etodologia para C oncepção de I nterfaces E rgonômicas [Turnell, 2004] Adoção pelo Grupo de Interfaces Homem- Máquina – DEE-DSC/CEEI/UFCG Concepção, implementação e avaliação de interfaces com o usuário de sistemas interativos homem-máquina Abordagem centrada no usuário e embasada por regras ergonômicas MCIE MCIE I M etodologia para C oncepção de I nterfaces E rgonômicas [Turnell, 2004] Adoção pelo Grupo de Interfaces Homem- Máquina – DEE-DSC/CEEI/UFCG Concepção, implementação e avaliação de interfaces com o usuário de sistemas interativos homem-máquina Abordagem centrada no usuário e embasada por regras ergonômicas

5 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 5 Considerações Iniciais II MCIE MCIE II Desenvolvimento iterativo e incremental Subdivisão em 3 etapas Análise de Requisitos Análise e Modelagem do Usuário Análise e Modelagem da Tarefa Análise e Modelagem do Contexto de Uso Modelagem da Interação Prototipagem MCIE MCIE II Desenvolvimento iterativo e incremental Subdivisão em 3 etapas Análise de Requisitos Análise e Modelagem do Usuário Análise e Modelagem da Tarefa Análise e Modelagem do Contexto de Uso Modelagem da Interação Prototipagem

6 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 6 Considerações Iniciais III MCIE MCIE III Avaliação dos artefatos construídos em cada etapa imediatamente após sua conclusão Uso dos artefatos como entradas para a etapa seguinte Consideração do modelo cognitivo (modo de pensar e agir) do usuário Existência de ferramentas para apoio da maioria das etapas do desenvolvimento da interface MCIE MCIE III Avaliação dos artefatos construídos em cada etapa imediatamente após sua conclusão Uso dos artefatos como entradas para a etapa seguinte Consideração do modelo cognitivo (modo de pensar e agir) do usuário Existência de ferramentas para apoio da maioria das etapas do desenvolvimento da interface

7 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 7 Considerações Iniciais IV MCIE MCIE IV Uso de princípios ergonômicos Redução do esforço mental do usuário Facilitação de tomadas de decisão Concepção de interfaces com o usuário tolerantes a erro e dotadas de mecanismos adequados para a resolução de problemas MCIE MCIE IV Uso de princípios ergonômicos Redução do esforço mental do usuário Facilitação de tomadas de decisão Concepção de interfaces com o usuário tolerantes a erro e dotadas de mecanismos adequados para a resolução de problemas

8 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 8 Considerações Iniciais V MCIE MCIE V Integração das ferramentas geradas nas diferentes etapas Uso da linguagem XIML (eXtensible Interface Markup Language) para exportação de descrições de interfaces entre diferentes ferramentas [Scherer, 2004] MCIE MCIE V Integração das ferramentas geradas nas diferentes etapas Uso da linguagem XIML (eXtensible Interface Markup Language) para exportação de descrições de interfaces entre diferentes ferramentas [Scherer, 2004]

9 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 9 MCIE Etapas do MCIE I

10 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 10 Análise de Requisitos II Considerações importantes para o projeto de uma interface com o usuário Quem Quem irá utilizá-la Análise e Modelagem do Usuário Para que Para que será utilizada Análise e Modelagem da Tarefa Qual Qual será o contexto de uso Análise e Modelagem do Contexto de Uso Análise de Requisitos II Considerações importantes para o projeto de uma interface com o usuário Quem Quem irá utilizá-la Análise e Modelagem do Usuário Para que Para que será utilizada Análise e Modelagem da Tarefa Qual Qual será o contexto de uso Análise e Modelagem do Contexto de Uso MCIE Etapas do MCIE III

11 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 11 Análise de Requisitos III Análise e Modelagem do Usuário I Atributos do usuário Limitações Habilidades Preferências Papel do usuário na realização da tarefa Comportamento cognitivo do usuário em face de situações críticas Análise de Requisitos III Análise e Modelagem do Usuário I Atributos do usuário Limitações Habilidades Preferências Papel do usuário na realização da tarefa Comportamento cognitivo do usuário em face de situações críticas MCIE Etapas do MCIE IV

12 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 12 Análise de Requisitos IV Análise e Modelagem do Usuário II Estratégias de coleta de dados do usuário Observação de Campo ou Laboratorial Administração de Questionários Realização de Entrevistas Análise de Relatórios de Falhas Análise de Requisitos IV Análise e Modelagem do Usuário II Estratégias de coleta de dados do usuário Observação de Campo ou Laboratorial Administração de Questionários Realização de Entrevistas Análise de Relatórios de Falhas MCIE Etapas do MCIE V

13 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 13 Análise de Requisitos V Análise e Modelagem do Usuário III WebQuest Uso da Ferramenta para o Delineamento do Perfil do Usuário do Instrumento WebQuest USer USer ( U ser S ketch er ) Sondagem de características do usuário (I)Físicas (II)Relativas ao conhecimento e à experiência (III)Relativas à tarefa e ao trabalho Mapeamento de universos amostrais de usuários envolvidos em diferentes contextos de projeto/ avaliação Análise de Requisitos V Análise e Modelagem do Usuário III WebQuest Uso da Ferramenta para o Delineamento do Perfil do Usuário do Instrumento WebQuest USer USer ( U ser S ketch er ) Sondagem de características do usuário (I)Físicas (II)Relativas ao conhecimento e à experiência (III)Relativas à tarefa e ao trabalho Mapeamento de universos amostrais de usuários envolvidos em diferentes contextos de projeto/ avaliação MCIE Etapas do MCIE VI

14 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 14 Análise de Requisitos VI Análise e Modelagem do Usuário IV USer Excerto do USer ( U ser S ketch er ) Análise de Requisitos VI Análise e Modelagem do Usuário IV USer Excerto do USer ( U ser S ketch er ) MCIE Etapas do MCIE VII

15 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 15 Análise de Requisitos VII Análise e Modelagem do Contexto I Especificação de onde e em que condições a interface com o usuário será utilizada Atributos Contextuais Usuários E.g. categoria (principiante, intermediário, experiente), experiência com a tarefa, limitações físicas Análise de Requisitos VII Análise e Modelagem do Contexto I Especificação de onde e em que condições a interface com o usuário será utilizada Atributos Contextuais Usuários E.g. categoria (principiante, intermediário, experiente), experiência com a tarefa, limitações físicas MCIE Etapas do MCIE VIII

16 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 16 Análise de Requisitos VIII Análise e Modelagem do Contexto II Atributos Contextuais Tarefas E.g. duração, riscos resultantes de erros, freqüência de uso, flexibilidade Equipamentos E.g. identificação do produto, características do hardware, descrição do produto, condições visuais Análise de Requisitos VIII Análise e Modelagem do Contexto II Atributos Contextuais Tarefas E.g. duração, riscos resultantes de erros, freqüência de uso, flexibilidade Equipamentos E.g. identificação do produto, características do hardware, descrição do produto, condições visuais MCIE Etapas do MCIE IX

17 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 17 Análise de Requisitos IX Análise e Modelagem do Contexto III Inexistência de uma ferramenta específica para a coleta de dados relativos ao contexto de uso Ferramenta em desenvolvimento Análise de Requisitos IX Análise e Modelagem do Contexto III Inexistência de uma ferramenta específica para a coleta de dados relativos ao contexto de uso Ferramenta em desenvolvimento MCIE Etapas do MCIE X

18 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 18 Análise de Requisitos X Análise e Modelagem da Tarefa I Tarefa I Propósito relacionado a uma série ordenada de ações passíveis de permitir atingi-lo Algo a ser executado pelo usuário durante a preparação, operação e manutenção de um sistema Descrição em termos de objetivos, procedimentos, regras de funcionamento, restrições, etc. Análise de Requisitos X Análise e Modelagem da Tarefa I Tarefa I Propósito relacionado a uma série ordenada de ações passíveis de permitir atingi-lo Algo a ser executado pelo usuário durante a preparação, operação e manutenção de um sistema Descrição em termos de objetivos, procedimentos, regras de funcionamento, restrições, etc. MCIE Etapas do MCIE XI

19 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 19 Análise de Requisitos XI Análise e Modelagem da Tarefa II Tarefa II Diferenciação dos conceitos de função e processo Ênfase intencional do ponto de vista do usuário Dualidade de pontos de vista Evolução da ação Modo de execução Resultado da ação Estado final Análise de Requisitos XI Análise e Modelagem da Tarefa II Tarefa II Diferenciação dos conceitos de função e processo Ênfase intencional do ponto de vista do usuário Dualidade de pontos de vista Evolução da ação Modo de execução Resultado da ação Estado final MCIE Etapas do MCIE XII

20 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 20 Análise de Requisitos XII Análise e Modelagem da Tarefa III Compreensão da Tarefa Seqüências de ações necessárias para realização de uma tarefa Porque Porque tais seqüências são necessárias Qual Qual é o fluxo da informação Qual Qual a contribuição do usuário para o processo O que O que pode ser automatizado, com fins à otimização da produtividade, eficiência e qualidade do sistema Análise de Requisitos XII Análise e Modelagem da Tarefa III Compreensão da Tarefa Seqüências de ações necessárias para realização de uma tarefa Porque Porque tais seqüências são necessárias Qual Qual é o fluxo da informação Qual Qual a contribuição do usuário para o processo O que O que pode ser automatizado, com fins à otimização da produtividade, eficiência e qualidade do sistema MCIE Etapas do MCIE XIII

21 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 21 Análise de Requisitos XIII Análise e Modelagem da Tarefa IV Detalhamento da Tarefa Propósito Determinação da natureza, do objetivo, das partes constituintes (sub-tarefas e ações elementares) e da ordem na qual tais partes devem ser executadas para a finalização satisfatória da tarefa Análise de Requisitos XIII Análise e Modelagem da Tarefa IV Detalhamento da Tarefa Propósito Determinação da natureza, do objetivo, das partes constituintes (sub-tarefas e ações elementares) e da ordem na qual tais partes devem ser executadas para a finalização satisfatória da tarefa MCIE Etapas do MCIE XIV

22 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 22 Análise de Requisitos XIV Análise e Modelagem da Tarefa V Usuário I Habilidade de comunicação com seres humanos Autonomia, adaptação e inteligência Capacidade de realização de avaliações subjetivas Capacidade de reconhecimento de padrões constantes em situações variadas Capacidade de superação de erros e incompletude nos dados Análise de Requisitos XIV Análise e Modelagem da Tarefa V Usuário I Habilidade de comunicação com seres humanos Autonomia, adaptação e inteligência Capacidade de realização de avaliações subjetivas Capacidade de reconhecimento de padrões constantes em situações variadas Capacidade de superação de erros e incompletude nos dados MCIE Etapas do MCIE XV

23 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 23 Análise de Requisitos XV Análise e Modelagem da Tarefa VI Usuário II Percepção e adaptação a eventos incomuns e inesperados Comportamento fundamentado em experiências Adaptação de decisões a situações novas ou inusitadas Capacidade de desenvolvimento de novas soluções Análise de Requisitos XV Análise e Modelagem da Tarefa VI Usuário II Percepção e adaptação a eventos incomuns e inesperados Comportamento fundamentado em experiências Adaptação de decisões a situações novas ou inusitadas Capacidade de desenvolvimento de novas soluções MCIE Etapas do MCIE XVI

24 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 24 Análise de Requisitos XVI Análise e Modelagem da Tarefa VII Sistema I Realização de ações repetitivas com confiabilidade Capacidade para a realização de avaliações objetivas Manutenção do nível de desempenho após longos períodos de ação Realização simultânea de atividades diversas Análise de Requisitos XVI Análise e Modelagem da Tarefa VII Sistema I Realização de ações repetitivas com confiabilidade Capacidade para a realização de avaliações objetivas Manutenção do nível de desempenho após longos períodos de ação Realização simultânea de atividades diversas MCIE Etapas do MCIE XVII

25 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 25 Análise de Requisitos XVII Análise e Modelagem da Tarefa VIII Sistema II Armazenamento e recuperação com precisão de grandes volumes de informação Detecção de estímulos fora da faixa de percepção humana Comportamento fundamentado em regras e instruções Análise de Requisitos XVII Análise e Modelagem da Tarefa VIII Sistema II Armazenamento e recuperação com precisão de grandes volumes de informação Detecção de estímulos fora da faixa de percepção humana Comportamento fundamentado em regras e instruções MCIE Etapas do MCIE XVIII

26 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 26 Análise de Requisitos XVIII Análise e Modelagem da Tarefa IX Coleta de Dados I Estratégias Diretas Observações de Campo (in loco) Anotações (lápis e papel) Registros em áudio e/ou vídeo Verbalização de Ações (Think aloud) Entrevistas contextuais Ao vivo Contato telefônico Discussões em grupo típicas Workshops estruturados/ facilitados Análise de Requisitos XVIII Análise e Modelagem da Tarefa IX Coleta de Dados I Estratégias Diretas Observações de Campo (in loco) Anotações (lápis e papel) Registros em áudio e/ou vídeo Verbalização de Ações (Think aloud) Entrevistas contextuais Ao vivo Contato telefônico Discussões em grupo típicas Workshops estruturados/ facilitados MCIE Etapas do MCIE XIX

27 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 27 Análise de Requisitos XIX Análise e Modelagem da Tarefa X Coleta de Dados II Estratégias Indiretas Questionários Impressos (lápis e papel) Eletrônicos (aplicações locais ou Web) Discussões em grupo eletrônicas (textuais ou audiovisuais) Captura automática (Automatic logging) Análise de Requisitos XIX Análise e Modelagem da Tarefa X Coleta de Dados II Estratégias Indiretas Questionários Impressos (lápis e papel) Eletrônicos (aplicações locais ou Web) Discussões em grupo eletrônicas (textuais ou audiovisuais) Captura automática (Automatic logging) MCIE Etapas do MCIE XX

28 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 28 Análise de Requisitos XX Análise e Modelagem da Tarefa XI Coleta de Dados III Focos Situações de Normalidade Situações Críticas para o Contexto de Uso Situações de Erro Análise de Requisitos XX Análise e Modelagem da Tarefa XI Coleta de Dados III Focos Situações de Normalidade Situações Críticas para o Contexto de Uso Situações de Erro MCIE Etapas do MCIE XXI

29 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 29 Análise de Requisitos XXI Análise e Modelagem da Tarefa XII Análise da Tarefa I o que Conjunto de métodos empregados na descrição de o que será realizado pelo usuário a partir da interface na qualidade de agente mediador Melhor entendimento dos procedimentos necessários para a conclusão satisfatória das ações associadas Análise de Requisitos XXI Análise e Modelagem da Tarefa XII Análise da Tarefa I o que Conjunto de métodos empregados na descrição de o que será realizado pelo usuário a partir da interface na qualidade de agente mediador Melhor entendimento dos procedimentos necessários para a conclusão satisfatória das ações associadas MCIE Etapas do MCIE XXII

30 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 30 Análise de Requisitos XXII Análise e Modelagem da Tarefa XIII Análise da Tarefa II Direcionamento Ponto de Vista do Usuário Objetivos/ Metas Lógica de execução (Plano de ações e Estrutura da tarefa e de sub-tarefas) Conceitos e objetos utilizados durante a execução da tarefa Procedimentos (métodos) adotados para atingir os objetivos/ metas Análise de Requisitos XXII Análise e Modelagem da Tarefa XIII Análise da Tarefa II Direcionamento Ponto de Vista do Usuário Objetivos/ Metas Lógica de execução (Plano de ações e Estrutura da tarefa e de sub-tarefas) Conceitos e objetos utilizados durante a execução da tarefa Procedimentos (métodos) adotados para atingir os objetivos/ metas MCIE Etapas do MCIE XXIII

31 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 31 Análise de Requisitos XXIII Análise e Modelagem da Tarefa XIV Análise da Tarefa III Direcionamento Ponto de Vista do Usuário Condições necessárias para a aplicação dos métodos Possíveis incoerências/ incompletudes descritivas Dificuldades e fatores críticos (freqüência e importância) na execução da tarefa Análise de Requisitos XXIII Análise e Modelagem da Tarefa XIV Análise da Tarefa III Direcionamento Ponto de Vista do Usuário Condições necessárias para a aplicação dos métodos Possíveis incoerências/ incompletudes descritivas Dificuldades e fatores críticos (freqüência e importância) na execução da tarefa MCIE Etapas do MCIE XXIV

32 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 32 Análise de Requisitos XXIV Análise e Modelagem da Tarefa XV Análise da Tarefa IV Resultado Descrição detalhada e hierarquizada da tarefa Diagnóstico das situações problemáticas Graus de dificuldades do projeto Soluções possíveis e/ou recomendações ergonômicas para a concepção da interface do futuro sistema Análise de Requisitos XXIV Análise e Modelagem da Tarefa XV Análise da Tarefa IV Resultado Descrição detalhada e hierarquizada da tarefa Diagnóstico das situações problemáticas Graus de dificuldades do projeto Soluções possíveis e/ou recomendações ergonômicas para a concepção da interface do futuro sistema MCIE Etapas do MCIE XXV

33 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 33 Análise de Requisitos XXV Análise e Modelagem da Tarefa XVI Análise da Tarefa V Descrição Detalhada da Tarefa Modelo da Tarefa Especificação do sistema Projeto da interface Elaboração da documentação do sistema Elaboração de material de treinamento Análise de Requisitos XXV Análise e Modelagem da Tarefa XVI Análise da Tarefa V Descrição Detalhada da Tarefa Modelo da Tarefa Especificação do sistema Projeto da interface Elaboração da documentação do sistema Elaboração de material de treinamento MCIE Etapas do MCIE XXVI

34 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 34 Análise de Requisitos XXVI Análise e Modelagem da Tarefa XVII Modelagem da Tarefa Descrição lógica das atividades a serem executadas pelo usuário, tendo a interface como agente mediador, a fim de atingir os objetivos almejados Decomposição da tarefa do usuário em subtarefas até o nível de ações elementares Análise de Requisitos XXVI Análise e Modelagem da Tarefa XVII Modelagem da Tarefa Descrição lógica das atividades a serem executadas pelo usuário, tendo a interface como agente mediador, a fim de atingir os objetivos almejados Decomposição da tarefa do usuário em subtarefas até o nível de ações elementares MCIE Etapas do MCIE XXVII

35 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 35 Análise de Requisitos XXVII Análise e Modelagem da Tarefa XVIII Modelo da Tarefa Descrição detalhada das tarefas, sub-tarefas e métodos envolvidos na utilização do sistema Identificação dos recursos necessários para a realização da tarefa Usuários Sistema Análise de Requisitos XXVII Análise e Modelagem da Tarefa XVIII Modelo da Tarefa Descrição detalhada das tarefas, sub-tarefas e métodos envolvidos na utilização do sistema Identificação dos recursos necessários para a realização da tarefa Usuários Sistema MCIE Etapas do MCIE XXVIII

36 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 36 Análise de Requisitos XXVIII Análise e Modelagem da Tarefa XIX Estrutura da Tarefa I Decomposição Hierárquica Ponto de Partida Tarefa objetivo Nível mais elevado Raiz Ponto Final Tarefa elementar Nível mais baixo Folhas Análise de Requisitos XXVIII Análise e Modelagem da Tarefa XIX Estrutura da Tarefa I Decomposição Hierárquica Ponto de Partida Tarefa objetivo Nível mais elevado Raiz Ponto Final Tarefa elementar Nível mais baixo Folhas MCIE Etapas do MCIE XXIX

37 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 37 Análise de Requisitos XXIX Análise e Modelagem da Tarefa XX Estrutura da Tarefa II Tarefas Elementares Ações Elementares Decomposição de Ações Alto Nível Ações de Alto Nível Intermediárias Ações Intermediárias Elementares Ações Elementares Execução via Comando Único Análise de Requisitos XXIX Análise e Modelagem da Tarefa XX Estrutura da Tarefa II Tarefas Elementares Ações Elementares Decomposição de Ações Alto Nível Ações de Alto Nível Intermediárias Ações Intermediárias Elementares Ações Elementares Execução via Comando Único MCIE Etapas do MCIE XXX

38 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 38 Análise de Requisitos XXX Análise e Modelagem da Tarefa XXI Estrutura da Tarefa II Análise de Requisitos XXX Análise e Modelagem da Tarefa XXI Estrutura da Tarefa II MCIE Etapas do MCIE XXXI Estrutura da Tarefa Tarefa Sub-tarefa Procedimento Ação Estrutura de Objeto Objeto Ação

39 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 39 Análise de Requisitos XXXI Análise e Modelagem da Tarefa XXII Complexidade da Tarefa I Dificuldade de Decomposição da Tarefa em Ações Ações muito pequenas e simples Frustração em face do número elevado de ações para a realização de tarefas de alto nível Ações muito grandes e complexas Tarefa de decomposição mais difícil (às vezes impraticável ou até mesmo impossível) Suporte de mecanismos de ajuda Análise de Requisitos XXXI Análise e Modelagem da Tarefa XXII Complexidade da Tarefa I Dificuldade de Decomposição da Tarefa em Ações Ações muito pequenas e simples Frustração em face do número elevado de ações para a realização de tarefas de alto nível Ações muito grandes e complexas Tarefa de decomposição mais difícil (às vezes impraticável ou até mesmo impossível) Suporte de mecanismos de ajuda MCIE Etapas do MCIE XXXII

40 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 40 Análise de Requisitos XXXII Análise e Modelagem da Tarefa XXIII Complexidade da Tarefa II Freqüência Relativa da Ações Ações freqüentes devem ser simples e de rápida execução Análise de Requisitos XXXII Análise e Modelagem da Tarefa XXIII Complexidade da Tarefa II Freqüência Relativa da Ações Ações freqüentes devem ser simples e de rápida execução MCIE Etapas do MCIE XXXIII

41 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 41 Análise de Requisitos XXXIII Análise e Modelagem da Tarefa XXIV Complexidade da Tarefa III Exemplo Decomposição de tarefas em um editor de texto freqüentes Ações freqüentes Execução via teclas especiais E.g. REMOVER FRASE intermediárias Ações intermediárias Execução via menus E.g. INSERIR SÍMBOLOS ESPECIAIS complexaspouco freqüentes Ações complexas ou pouco freqüentes Execução via seqüência de menus ou formulários E.g. ALTERAR FORMATO DE IMPRESSÃO Análise de Requisitos XXXIII Análise e Modelagem da Tarefa XXIV Complexidade da Tarefa III Exemplo Decomposição de tarefas em um editor de texto freqüentes Ações freqüentes Execução via teclas especiais E.g. REMOVER FRASE intermediárias Ações intermediárias Execução via menus E.g. INSERIR SÍMBOLOS ESPECIAIS complexaspouco freqüentes Ações complexas ou pouco freqüentes Execução via seqüência de menus ou formulários E.g. ALTERAR FORMATO DE IMPRESSÃO MCIE Etapas do MCIE XXXIV

42 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 42 Análise de Requisitos XXXIV Análise e Modelagem da Tarefa XXV Relevância I Desenvolvimento de aplicações de hardware/ software destinadas ao auxílio de indivíduo na execução de atividades cotidianas (tarefas) Projeto de sistemas mais usáveis Melhor compreensão das ações dos indivíduos durante a execução de tarefas cotidianas Análise de Requisitos XXXIV Análise e Modelagem da Tarefa XXV Relevância I Desenvolvimento de aplicações de hardware/ software destinadas ao auxílio de indivíduo na execução de atividades cotidianas (tarefas) Projeto de sistemas mais usáveis Melhor compreensão das ações dos indivíduos durante a execução de tarefas cotidianas MCIE Etapas do MCIE XXXV

43 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 43 Análise de Requisitos XXXV Análise e Modelagem da Tarefa XXVI Relevância II Possibilidade de representação de diferentes níveis de informação da interface com o usuário em alto nível de abstração a partir de abordagens de projeto baseadas em modelos (model-based approaches) Necessidade de conhecimento mais detalhado do trabalho do usuário para desenvolver aplicações de hardware/software que possam auxiliá-lo eficaz e eficientemente Análise de Requisitos XXXV Análise e Modelagem da Tarefa XXVI Relevância II Possibilidade de representação de diferentes níveis de informação da interface com o usuário em alto nível de abstração a partir de abordagens de projeto baseadas em modelos (model-based approaches) Necessidade de conhecimento mais detalhado do trabalho do usuário para desenvolver aplicações de hardware/software que possam auxiliá-lo eficaz e eficientemente MCIE Etapas do MCIE XXXVI

44 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 44 Análise de Requisitos XXXVI Análise e Modelagem da Tarefa XXVII Etapas Levantamento de Tarefas Identificação dos objetivos do usuário e elaboração da lista de tarefas associadas a tais objetivos Priorização de Tarefas Descrição de Tarefas Decomposição de Tarefas Análise de Requisitos XXXVI Análise e Modelagem da Tarefa XXVII Etapas Levantamento de Tarefas Identificação dos objetivos do usuário e elaboração da lista de tarefas associadas a tais objetivos Priorização de Tarefas Descrição de Tarefas Decomposição de Tarefas MCIE Etapas do MCIE XXXVII

45 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 45 Análise de Requisitos XXXVII Análise e Modelagem da Tarefa XXVIII Modelo da Tarefa I Análise da Tarefa Artefato resultante da Análise da Tarefa Definição explícita de objetivos do usuário e ações necessárias para atingi-los Construção fundamentada em formalismos Relacionamento com os conceitos de Decomposição da Tarefa e Atributos Causais/ Temporais Análise de Requisitos XXXVII Análise e Modelagem da Tarefa XXVIII Modelo da Tarefa I Análise da Tarefa Artefato resultante da Análise da Tarefa Definição explícita de objetivos do usuário e ações necessárias para atingi-los Construção fundamentada em formalismos Relacionamento com os conceitos de Decomposição da Tarefa e Atributos Causais/ Temporais MCIE Etapas do MCIE XXXVIII

46 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 46 Análise de Requisitos XXXVIII Análise e Modelagem da Tarefa XXIX Modelo da Tarefa II Formalismos Méthode Analytique de Description de Tâches (MAD) User Action Notation (UAN) Interactive Cooperative Objects (ICO) Goals, Operators, Methods and Selection Rules (GOMS) Task-and-Action Oriented System (TAOS) Concur Task Tree (CTT) Análise de Requisitos XXXVIII Análise e Modelagem da Tarefa XXIX Modelo da Tarefa II Formalismos Méthode Analytique de Description de Tâches (MAD) User Action Notation (UAN) Interactive Cooperative Objects (ICO) Goals, Operators, Methods and Selection Rules (GOMS) Task-and-Action Oriented System (TAOS) Concur Task Tree (CTT) MCIE Etapas do MCIE XXXIX

47 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 47 Análise de Requisitos XXXIX Análise e Modelagem da Tarefa XXX MCIE Modelo da Tarefa no MCIE Formalismos adotados MAD MAD ( M éthode A nalytique de D escription des Tâches) CTT CTT ( C oncur T ask T ree) CTTE Ferramenta CTTE ( C oncur T ask T ree Environment) (Freeware) Avaliação da completude do modelo gerado Participação e auxílio do usuário Análise de Requisitos XXXIX Análise e Modelagem da Tarefa XXX MCIE Modelo da Tarefa no MCIE Formalismos adotados MAD MAD ( M éthode A nalytique de D escription des Tâches) CTT CTT ( C oncur T ask T ree) CTTE Ferramenta CTTE ( C oncur T ask T ree Environment) (Freeware) Avaliação da completude do modelo gerado Participação e auxílio do usuário MCIE Etapas do MCIE XL

48 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 48 Análise de Requisitos XL Análise e Modelagem da Tarefa XXXI CTT Formalismo CTT I Focalização nas ações do usuário Estruturação hierárquica de tarefas e subtarefas até a representação de tarefas elementares (ações) Representação gráfica Suporte a relacionamentos temporais Alocação de tarefas Associação Ações-Objetos Análise de Requisitos XL Análise e Modelagem da Tarefa XXXI CTT Formalismo CTT I Focalização nas ações do usuário Estruturação hierárquica de tarefas e subtarefas até a representação de tarefas elementares (ações) Representação gráfica Suporte a relacionamentos temporais Alocação de tarefas Associação Ações-Objetos MCIE Etapas do MCIE XLI

49 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 49 Análise de Requisitos XLI Análise e Modelagem da Tarefa XXXII CTT Formalismo CTT II Descrição de Tarefas Individuais Nome Tipo Subtarefa(s) Objetos associados Análise de Requisitos XLI Análise e Modelagem da Tarefa XXXII CTT Formalismo CTT II Descrição de Tarefas Individuais Nome Tipo Subtarefa(s) Objetos associados MCIE Etapas do MCIE XLII

50 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 50 Análise de Requisitos XLII Análise e Modelagem da Tarefa XXXIII CTT Formalismo CTT III Exemplo Análise de Requisitos XLII Análise e Modelagem da Tarefa XXXIII CTT Formalismo CTT III Exemplo MCIE Etapas do MCIE XLIII Tarefa Abstrata Tarefa Interativa Tarefa do Sistema

51 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 51 Modelagem da Interação Representação dos componentes da interface com o usuário e do modo como são empregados pelo usuário na realização de tarefas Níveis de Modelagem Apresentação Navegação Modelagem da Interação Representação dos componentes da interface com o usuário e do modo como são empregados pelo usuário na realização de tarefas Níveis de Modelagem Apresentação Navegação MCIE Etapas do MCIE XLIV

52 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 52 Modelagem da Apresentação I Levantamento dos Objetos e Ações da Tarefa Modelagem da Apresentação I Levantamento dos Objetos e Ações da Tarefa MCIE Etapas do MCIE XLV Modelo da Tarefa TarefaAçãoObjetoGrau de Complexidade T1.1 EfetuarLoginMédio T1.1.1 SelecionarProdutoBaixo T1.1.2 SubmeterNome do ProdutoBaixo T AlterarSenhaMédio

53 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 53 Modelagem da Apresentação II Mapeamento do Domínio da Tarefa para o Domínio da Interface Modelagem da Apresentação II Mapeamento do Domínio da Tarefa para o Domínio da Interface MCIE Etapas do MCIE XLVI Modelo da Interação ID Estilo de Interação AçãoObjeto Agrupamento Visual T1.1 Manipulação DiretaAtivarBotão SubmeterPágina Principal T1.1.1 Manipulação DiretaSelecionarRadio Group ProdutosPágina Principal T1.1.2 Manipulação DiretaAtivarBotão SubmeterPágina Principal T Manipulação DiretaEscolherLink Alterar SenhaPágina Principal

54 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 54 Modelagem da Apresentação III Fundamentação em guias de estilo, diretrizes para projeto de interfaces e padrões internacionais Ausência de suporte computacional de boa qualidade Escassez de Ferramentas E.g Teresa Carência de mecanismos para embasamento da escolha de regras ergonômicas adequadas à situação de projeto Modelagem da Apresentação III Fundamentação em guias de estilo, diretrizes para projeto de interfaces e padrões internacionais Ausência de suporte computacional de boa qualidade Escassez de Ferramentas E.g Teresa Carência de mecanismos para embasamento da escolha de regras ergonômicas adequadas à situação de projeto MCIE Etapas do MCIE XLVII

55 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 55 Modelagem da Navegação I Transição entre estados da interface durante o processo interativo usuário-sistema Notação Formal Uso de Redes de Petri Coloridas ou de Diagramas de Estados Detecção de falhas de usabilidade antes da implementação (e.g. deadlocks de navegação, falta de caminhos de retorno) Modelagem da Navegação I Transição entre estados da interface durante o processo interativo usuário-sistema Notação Formal Uso de Redes de Petri Coloridas ou de Diagramas de Estados Detecção de falhas de usabilidade antes da implementação (e.g. deadlocks de navegação, falta de caminhos de retorno) MCIE Etapas do MCIE XLVIII

56 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 56 Prototipagem I Materialização das especificações geradas nas etapas anteriores Verificação da adequação da solução proposta ao contexto de uso Interação com o usuário Prototipagem I Materialização das especificações geradas nas etapas anteriores Verificação da adequação da solução proposta ao contexto de uso Interação com o usuário MCIE Etapas do MCIE XL

57 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 57 Prototipagem II Representação de Cenários Cobertura de situações de interesse E.g. tarefas importantes, tarefas complexas, tarefas de alto risco Versões do protótipo para diferentes alternativas conceituais Formalismo Utilizado Diagramas de Casos de Uso e/ou Diagramas de Seqüência de Mensagens Prototipagem II Representação de Cenários Cobertura de situações de interesse E.g. tarefas importantes, tarefas complexas, tarefas de alto risco Versões do protótipo para diferentes alternativas conceituais Formalismo Utilizado Diagramas de Casos de Uso e/ou Diagramas de Seqüência de Mensagens MCIE Etapas do MCIE L

58 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 58 Prototipagem III Avaliação de Protótipos I Inspeções de Conformidade a Padrões Internacionais/ Guias de Estilo Avaliações Heurísticas Ensaios de Usabilidade (com ou sem registro audiovisual) Questionários para a Sondagem da Satisfação Subjetiva do Usuário Prototipagem III Avaliação de Protótipos I Inspeções de Conformidade a Padrões Internacionais/ Guias de Estilo Avaliações Heurísticas Ensaios de Usabilidade (com ou sem registro audiovisual) Questionários para a Sondagem da Satisfação Subjetiva do Usuário MCIE Etapas do MCIE LI

59 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 59 Prototipagem IV Avaliação de Protótipos II WebQuest Uso da Ferramenta para a Sondagem da Satisfação Subjetiva do Usuário do Instrumento WebQuest USE USE ( U ser S atisfaction E nquirer) Sondagem de aspectos relativos ao processo interativo usuário-protótipo Prototipagem IV Avaliação de Protótipos II WebQuest Uso da Ferramenta para a Sondagem da Satisfação Subjetiva do Usuário do Instrumento WebQuest USE USE ( U ser S atisfaction E nquirer) Sondagem de aspectos relativos ao processo interativo usuário-protótipo MCIE Etapas do MCIE LII

60 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 60 Prototipagem V Avaliação de Protótipos III Prototipagem V Avaliação de Protótipos III MCIE Etapas do MCIE LIII

61 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 61 GUERRERO, C. V. S; TURNELL, M. F. Q. V; MERCANTINI, J. M; CHOURAQUI, E; VIEIRA, F. A. Q; PEREIRA, M. R. B. Modelling Incident Scenarios to Enrich User Interface Development. SCHERER, Daniel. Proposta de Suporte Computacional ao MCI. Fevereiro TURNELL, M. F. Q. V. Accounting for Human Errors in a Method for the Conception of User Interfaces. International Mediterranean Modelling Multiconference, pp , Bergeggi, Itália, Outubro TURNELL, M. F. Q. V. Modélisation du comportement dopérateurs confrontés à des situations critiques. GUERRERO, C. V. S; TURNELL, M. F. Q. V; MERCANTINI, J. M; CHOURAQUI, E; VIEIRA, F. A. Q; PEREIRA, M. R. B. Modelling Incident Scenarios to Enrich User Interface Development. SCHERER, Daniel. Proposta de Suporte Computacional ao MCI. Fevereiro TURNELL, M. F. Q. V. Accounting for Human Errors in a Method for the Conception of User Interfaces. International Mediterranean Modelling Multiconference, pp , Bergeggi, Itália, Outubro TURNELL, M. F. Q. V. Modélisation du comportement dopérateurs confrontés à des situations critiques. Referências Bibliográficas

62 DSC/CCT/UFCGDSC/CCT/UFCG 62 José Eustáquio Rangel de Queiroz DEPARTAMENTO DE SISTEMAS E COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE GRUPO DE INTERFACES HOMEM-MÁQUINA


Carregar ppt "rangelde DSC/CCT/UFCG."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google