A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TROMBECTOMIA POR ASPIRAÇÃO MANUAL NO IAM Estratégia seletiva ou para todos? Jamil Abdalla Saad Jamil Abdalla Saad Hospital Felicio Rocho/ SOCOR Hospital.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TROMBECTOMIA POR ASPIRAÇÃO MANUAL NO IAM Estratégia seletiva ou para todos? Jamil Abdalla Saad Jamil Abdalla Saad Hospital Felicio Rocho/ SOCOR Hospital."— Transcrição da apresentação:

1 TROMBECTOMIA POR ASPIRAÇÃO MANUAL NO IAM Estratégia seletiva ou para todos? Jamil Abdalla Saad Jamil Abdalla Saad Hospital Felicio Rocho/ SOCOR Hospital Felicio Rocho/ SOCOR Belo Horizonte MG Belo Horizonte MG Julho / 2010

2 Estratégia seletiva ou para todos? Jamil Abdalla Saad Jamil Abdalla Saad Hospital Felicio Rocho/ SOCOR Hospital Felicio Rocho/ SOCOR Belo Horizonte MG Belo Horizonte MG ATC primária no IAM ? Stent em angioplastia ? Stent farmacológico ? PAMI DEBATE I / II ???? Julho / 2010

3 IAM: Fisiopatologia Ruptura de placa com trombo oclusivo Fonte: G Stone - TCTMD

4

5

6

7

8

9

10 Qual o tamanho do trombo? Fonte: C Grines - TCTMD

11 Impacto da Embolização distal 27 de 178 (15%) pts após ATC primaria 27 de 178 (15%) pts após ATC primaria res ST res ST área Infarto Mortalidade Mortalidade Henriques JPS et al. EHJ 2002;23: Falha de enchimento no sítio primário da ATC Tromboembolia distal Tromboembolia distal Fonte: G Stone - TCTMD

12 Momento da embolização distal 64 (de 400) pacientes com ED Napodano M. TCT 2005

13 Abordagem mecânica do trombo Thrombectomia (AngioJet, X-Sizer) GuardWire, GuardWire, FilterWire, AngioGuard, EmboShield, etc. Proteção distal (GuardWire, FilterWire, AngioGuard, etc.) Proteção distal (GuardWire, FilterWire, AngioGuard, etc.) Aspiração Aspiração (Rinspirator, Pronto, Export, Rescue, Diver CE, etc.) Fonte: G Stone - TCTMD

14 Trombectomia e proteção distal no IAM Partículas embólicas retiradas em mais de 75% dos casos De Luca G, et al. Am Heart J. 2007;153:343–353. Fonte: G Stone - TCTMD

15

16 Devices adicionais no IAM Devices adicionais no IAM Metanálise de 21 trials com 3721 pacientes De Luca G. Am Heart J 2007;153: DeviceControleORp TIMI-3 pós 89.4%87.1% TMPG 3 pós 48.8%36.5%2.21<0.001 Mortalidade2.5%2.6%0.97NS Fonte: C Grines - TCTMD

17 - Único centro; desfechos substitutos - Randomização antes da angiografia - Critérios de inclusão amplos - Exclusão (expectativa < 06 meses; salvamento) - Análise histopatológica do material TAPAS: 1071 pacientes IAMSST = ICP primária Randomizados ( CONVENCIONAL X ASPIRAÇÃO) Svilaas T et al. NEJM 2008;358;

18 ThrombusaspirationConventionalPCIThrombusaspirationConventionalPCI Myocardial Blush (1 EP) ST-segment Resolution P<0.001 Svilaas T et al. NEJM 2008;358; TAPAS: 1071 pacientes IAMSST = ICP primária Randomizados ( CONVENCIONAL X ASPIRAÇÃO) Fonte: G Stone - TCTMD

19 TAPAS: 1071 pacientes IAMSST = ICP primária Randomizados ( CONVENCIONAL X ASPIRAÇÃO) Vlaar et al. Lancet 2008;371: Fonte: G Stone - TCTMD

20 10% INSUCESSO PRIMÁRIO TAPAS: 1071 pacientes IAMSST = ICP primária Randomizados ( CONVENCIONAL X ASPIRAÇÃO) Svilaas T et al. NEJM 2008;358;

21

22 Standard PCI (n = 87) Thrombectomy Plus PCI (n = 88) P Value Post-Stent Myocardial Blush Grade 2 a 59.8%88.6%< Minute ST- Segment Resolution a 39.1%63.6% Month Cardiac Death 4.6%0%0.02 EXPIRA – resultados pós procedimento e 9 meses Sardella et al. JACC 2009;53: AHA Nov. 14 : 2009 AHA Nov. 14 : 2009

23 Standard PCI (n = 87) Thrombectomy Plus PCI (n = 88) P Value Cardiac Death 6.8%0% Reinfarction 1.1%0%0.999 TVR 5.7%4.5%0.651 MACE 13.6%4.5%0.050 EXPIRA – eventos adversos aos 2 anos Sardella et al. JACC 2009;53: AHA Nov. 14 : 2009 AHA Nov. 14 : 2009

24 TIMI 0-1 após Guia.014 Trombectomia manual TIMI 2-3 TIMI 0-1 Stent direto (se viável) Pré-dilatação TIMI 2-3 antes/após Guia.014 TTS elevado(>3) Stent direto (se viável) Trombectomia manual / Proteção distal REDUZINDO A EMBOLIZAÇÃO DISTAL

25 Estratégia seletiva ou para todos? Atualmente classificada como IIa / B – Diretrizes ESC Atualmente classificada como IIa / B – Diretrizes ESC Ausência de estudo comparativo com poder suficiente para avaliar desfecho clínico duro Ausência de estudo comparativo com poder suficiente para avaliar desfecho clínico duro Nos estudos mais representativos a randomização foi feita antes da angiografia Nos estudos mais representativos a randomização foi feita antes da angiografia Como orientação clínica deve ser fortemente considerada em casos com TTS elevado (3 a 5) Como orientação clínica deve ser fortemente considerada em casos com TTS elevado (3 a 5) Conclusões :

26

27

28

29

30

31

32

33

34

35

36

37

38

39 A patient was considered to have AET if TIMI thrombus grades 2 to 5 were present. In brief, in TIMI thrombus grade 0, no cineangiographic characteristics of thrombus are present; in TIMI thrombus grade 1, possible thrombus is present, with such angiography characteristics as reduced contrast density, haziness, irregular lesion contour, or a smooth convex meniscus at the site of total occlusion suggestive but not diagnostic of thrombus; in TIMI thrombus grade 2, there is definite thrombus, with greatest dimensions < ou=1/2 the vessel diameter; in TIMI thrombus grade 3, there is definite thrombus but with greatest linear dimension >1/2 but <2 vessel diameters; in TIMI thrombus grade 4, there is definite thrombus, with the largest dimension >2 vessel diameters; and in TIMI thrombus grade 5, there is total occlusion.


Carregar ppt "TROMBECTOMIA POR ASPIRAÇÃO MANUAL NO IAM Estratégia seletiva ou para todos? Jamil Abdalla Saad Jamil Abdalla Saad Hospital Felicio Rocho/ SOCOR Hospital."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google