A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Revisões de Software Parte 1 Ricardo de Almeida Falbo Tópicos Especiais – Qualidade de Software 2008/2 Departamento de Informática Universidade Federal.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Revisões de Software Parte 1 Ricardo de Almeida Falbo Tópicos Especiais – Qualidade de Software 2008/2 Departamento de Informática Universidade Federal."— Transcrição da apresentação:

1 Revisões de Software Parte 1 Ricardo de Almeida Falbo Tópicos Especiais – Qualidade de Software 2008/2 Departamento de Informática Universidade Federal do Espírito Santo

2 Tópicos Especiais - Qualidade de Software 2008/22 Agenda Verificação & Validação Revisões de Software Técnicas de Leitura de Software Técnicas de Leitura de Orientadas a Objetos

3 Tópicos Especiais - Qualidade de Software 2008/23 Verificação e Validação Qualidade de Software Documentação Gerência de Configuração de Software Verificação e Validação

4 Tópicos Especiais - Qualidade de Software 2008/24 Verificação Visa assegurar que o produto de uma fase está de acordo com os requisitos especificados nas fases anteriores. Não busca assegurar que o produto está correto, mas averiguar se está de acordo com as especificações pré-estabelecidas. Em suma, a pergunta a ser feita é: Está-se desenvolvendo o produto corretamente?

5 Tópicos Especiais - Qualidade de Software 2008/25 Validação Visa assegurar que o produto de uma fase é apropriado e consistente com as necessidades de clientes e usuários. A pergunta a ser feita é: Está-se desenvolvendo o produto correto?

6 Tópicos Especiais - Qualidade de Software 2008/26 Terminologia - Padrão IEEE Defeito (fault): passo, processo ou definição de dados incorretos. Ex.: um comando incorreto. Engano (mistake): ação humana que produz um resultado incorreto. Ex.: ação incorreta tomada por um programador. Erro (error): diferença entre o valor obtido e o valor esperado. Qualquer estado intermediário incorreto ou resultado inesperado. Falha (failure): produção de uma saída incorreta com relação à especificação.

7 Tópicos Especiais - Qualidade de Software 2008/27 Terminologia adotada Defeito: não faremos distinção entre os termos defeito, engano e erro. Todos serão tratados como defeito, que estará associado à causa de um comportamento incorreto. Falha: usaremos este termo para designar um comportamento incorreto, ou seja, a conseqüência.

8 Tópicos Especiais - Qualidade de Software 2008/28 Análise Estática e Análise Dinâmica Análise Estática: não envolve a execução propriamente dita do produto. Pode e deve ser aplicada em qualquer artefato intermediário. Ex.: Revisões técnicas, inspeção de código. Análise Dinâmica: envolve a execução do produto. Ex.: Testes. (Maldonado e Fabbri em (Rocha et al., 2001)).

9 Tópicos Especiais - Qualidade de Software 2008/29 Revisão de Software Visa assegurar que o produto produzido em uma fase possui qualidade suficiente para ser usado em outra fase. Artefatos são revisados ao longo do processo de software garantir que a equipe está utilizando artefatos com a qualidade mínima especificada (Travassos in (Rocha et al., 2001)).

10 Tópicos Especiais - Qualidade de Software 2008/210 Histórico Inicialmente, revisões de software foram aplicadas especificamente a código-fonte. Atualmente são aplicadas a diversos artefatos gerados ao longo do processo de software, com o intuito de encontrar defeitos. (Travassos in (Rocha et al., 2001))

11 Tópicos Especiais - Qualidade de Software 2008/211 Tipos de Defeitos Detectados em Revisões de Software Omissão: informações relevantes sobre o sistema foram omitidas do artefato de software. Ex.: requisito não incluído, seções de documentos faltando, diagramas faltando, falta de descrições etc. Fato incorreto: informações no artefato contradizem informações presentes na especificação de requisitos (quando a mesma está correta) ou o conhecimento geral do domínio. Ex.: requisito incorreto, um diagrama de análise contendo uma representação incorreta de um conceito. (Travassos in (Rocha et al., 2001))

12 Tópicos Especiais - Qualidade de Software 2008/212 Tipos de Erros Detectados em Revisões de Software Inconsistência: informações de uma parte do artefato estão inconsistentes com outras partes do mesmo artefato ou de outro artefato correlacionado. Ex.: requisitos conflitantes, diagramas inconsistentes. Ambigüidade: informações em um artefato podem ser interpretadas de diferentes maneiras. Ex.: descrição ambígua de requisitos, representação pouco expressiva em um diagrama. Informação estranha: informações desnecessárias e não utilizadas. Ex.: informações constantes em uma especificação de requisitos mas nunca usadas. (Travassos in (Rocha et al., 2001))

13 Tópicos Especiais - Qualidade de Software 2008/213 O Processo de Revisão de Software Planejamento Definir quem vai revisar o artefato, quando, as técnicas de detecção a serem empregadas etc. Revisões individuais ou em equipe. Revisões em etapas. Preparação (opcional) O autor do artefato pode descrever o artefato e a perspectiva utilizada em sua construção para o(s) revisor(es). Revisão Individual Detecção de defeitos Registro de defeitos

14 Tópicos Especiais - Qualidade de Software 2008/214 O Processo de Revisão de Software Reunião (opcional) Produzir uma lista de defeitos. Pesquisas recentes revelam que reuniões de revisão não contribuem significativamente para aumentar o número de defeitos encontrados. Correção Com base na lista de defeitos, o autor do artefato deve corrigi-lo ou explicar os motivos que levam alguns deles a não representarem problemas reais.

15 Tópicos Especiais - Qualidade de Software 2008/215 Abordagens para a Detecção de Defeitos Ad-hoc: Quando não se define nenhuma orientação de como se proceder para encontrar defeitos. É a abordagem normalmente utilizada. Muito dependente das habilidades e conhecimento dos revisores. Uso de listas de verificação (checklists) Não provê uma abordagem sistemática para a detecção de defeitos, mas indica alguns defeitos recorrentes que devem ser verificados, normalmente identificados pela experiência da organização em revisões. Técnicas de Leitura de Software


Carregar ppt "Revisões de Software Parte 1 Ricardo de Almeida Falbo Tópicos Especiais – Qualidade de Software 2008/2 Departamento de Informática Universidade Federal."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google