A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CUMBIA Uma Arquitetura Baseada em Agentes para Suportar Colaboração Espontânea Melfry Moreno Molina Mestrando em Engenharia de Sistemas e Computação Linha.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CUMBIA Uma Arquitetura Baseada em Agentes para Suportar Colaboração Espontânea Melfry Moreno Molina Mestrando em Engenharia de Sistemas e Computação Linha."— Transcrição da apresentação:

1 CUMBIA Uma Arquitetura Baseada em Agentes para Suportar Colaboração Espontânea Melfry Moreno Molina Mestrando em Engenharia de Sistemas e Computação Linha de bancos de Dados Professora Inês Dutra COS 740 Inteligência Artificial

2 Roteiro Conceitos Básicos CSCW Groupware Awareness Interações nas organizações Arquitetura Proposta: CUMBIA Serviços de Interface de Usuário Serviços de Colaboração Serviços de Profiling e Matchmaking Serviços de Gestão de Conhecimento Conclusões

3 Conceitos Básicos Computer-Supported Cooperative Work (CSCW) Irene Greif de MIT (Massachusetts Institute Technology) e Paul Cashman de DEC (Digital Equipment Corporation) em 1984 Área de pesquisa multidisciplinar focada em métodos efetivos de compartilhar informação e coordenar atividades Objetivo: Compreender como a tecnologia auxilia o desenvolvimento da interação humana para produzir um produto ou trabalho específico

4 Conceitos Básicos SAME PLACEDIFFERENT PLACES SAME TIME FACE-TO-FACE INTERACTION SYNCHRONOUS DISTRIBUTED INTERACTION DIFFERENT TIMES ASYNCHRONOUS INTERACTION ASYNCHRONOUS DISTRIBUTED INTERACTION Matriz Espaço / Tempo

5 Conceitos Básicos Classificação do CSCW (Liu & Conradi, 1998) Trabalho cooperativo Ad-hoc brainstorming, aprendizado cooperativo, reuniões informais, trabalho de design, etc. Processo suportado com awareness Workflow Predefinido / Estrito, automação de escritórios, simples fluxo de documentos / processos Workflow Coordenado, manutenção tradicional de software (check-out, processamento de dados, check-in, e combinação de passos Cooperative workflow, desenvolvimento e manutenção tradicionais e descentralizados de software em organizações distribuídas

6 Conceitos Básicos Groupware Utilizado por Peter e Trudy Johnson-Lenz no inicio de 1984 e adotado pela comunidade CSCW Sistemas de computador que apóiam grupos de pessoas envolvidas em uma tarefa comum e que provêem una interface para um ambiente compartilhado (Ellis,et al., 1991) Software para apoiar trabalho em equipes que buscam atingir una meta comum

7 Conceitos Básicos CSCW Groupware

8 Awareness Percepção Conhecimento do ambiente Exemplo mais simples: Messengers Personal Awareness

9 Conceitos Básicos Tipos de Interações nas Organizações (Kraut) Programadas: conversações programadas ou planejadas previamente; Intencionais: quando uma das partes tem especificamente a intenção de visitar à outra; Oportunísticas: o iniciador tinha planejado falar com outros participantes mas aproveitou um encontro ocasional; Espontânea: interação espontânea na qual o iniciador não tinha planejado falar com outros participantes.

10 Problema (1) Pessoas e organizações cada vez mais conectadas Ferramentas de trabalho cooperativo cada vez mais comuns Cada vez mais freqüente encontrar pessoas trabalhando juntas em ambientes virtuais A maioria das ferramentas permitem troca de mensagens e arquivos, discussões online e co- edição Esses ambientes são ricos em mídias, incluindo interação através de áudio e vídeo, além das ferramentas padrões

11 Problema (2) Porem, oportunidades de colaboração se perdem... tais como conversações e sugestões informais nos corredores da empresa... porque a consciência (awareness) das pessoas sobre o ambiente é seriamente limitada e essa ausência de informação sobre o ambiente representa um grande inconveniente

12 CUMBIA Objetivos Identificar situações potenciais de cooperação Notificação Inteligente Sensível ao contexto do usuário Facilitar o início da colaboração

13 CUMBIA Arquitetura baseada em agentes Comunicação peer-to-peer Cada usuário tem uma agência (cluster de agentes) que o representa e apóia

14 CUMBIA Identificar oportunidades de colaboração Trabalho colaborativo em andamento Estabelecer interação inicial Interessado Não estabelecer / Ignorar Trabalho individual em andamento SuspenderReiniciarIniciar Não Interessado / Ignorar Fim

15 CUMBIA Serviços Interface de usuário Colaboração Awareness e Matchmaking Gerência de Conhecimento

16 CUMBIA Serviços de interface de usuário apresenta informação ao usuário e permite que o usuário especifique parâmetros e informação para os outros agentes.

17 CUMBIA Serviços de Colaboração permite o estabelecimento de contato, fácil e rápido, quando é detectada uma possibilidade de colaboração proporciona as ferramentas padrão de cooperação (correio eletrônico, foros, etc.)

18 CUMBIA Serviços de Awareness e Matchmaking buscar outros usuários com quem possa ser interessante estabelecer contato, baseando- se na comparação perfis de usuário em relação ao contexto atual de trabalho.

19 CUMBIA Serviços de Gerência de Conhecimento administrar os dados pessoais do usuário construir o perfil inicial baseado nesses dados, monitorar os documentos, as buscas, as colaborações em andamento e o trabalho de pesquisa atual.

20 CUMBIA Serviços de Gerencia de Conhecimento – Perfis de Usuário Informação de Contato Áreas de interesse Projetos Pessoas Histórico Web

21 CUMBIA – Visão total

22 CUMBIA Características dos agentes Os agentes são personalizados às necessidades do seus usuários Têm conhecimento sobre seus usuários P. Ex.: Ela não gosta de marcar reuniões antes das 10:00 a.m. Ela prefere viajar de trem, etc. Aprendem através da observação do comportamento dos seus usuários Sempre estão acessíveis para os outros agentes, mesmo que usuário não esteja conectado Possuem mecanismos de segurança para divulgar informações sobre o seu usuário

23 CUMBIA - Implementação Implementação JADE Java Agent DEvelopment Framework Compatível FIPA (http://www.fipa.org)http://www.fipa.org

24 CUMBIA - Implementação JESS: Rule Engine for the Java Platform Ernest Friedman-Hill (Sandia National Laboratories, Livermore, CA) Inspirado em CLIPS Sistema Especialista Projetado pela NASA Permite construir aplicações Java com capacidade de raciocinar usando conhecimento armazenado em forma de regras declarativas (if - then) Baseado no Algoritmo Rete (Rede em Latim) Forward chaining / Backward chaining reactive "Rete: A Fast Algorithm for the Many Pattern/ Many Object Pattern Match Problem", Charles L. Forgy, Artificial Intelligence 19 (1982),

25 Cenários Possíveis GCC: Gestão de Conhecimento na COPPE Suporte em Ambientes Acadêmicos (de Pesquisa) CSCL na Graduação: CUMBIA + Projeto Wiki

26 Situaçao atual - Tese Revisão Bibliográfica Estado preliminar

27 Situaçao atual - Publicações An Agent Framework to Support Opportunistic Collaboration A ser publicado em CRIWG 2003 (Lecture Notes in Computer Science) Autrans, França CUMBIA: Una Arquitectura para Soportar Colaboración Oportunística y Espontánea Submetido: CLEI La Paz, Bolívia Profiling and matchmaking strategies to support opportunistic collaboration A ser submetido: CoopIS 2003, Sicília, Itália

28 Trabalhos futuros Definir as técnicas a utilizar para a captura de informação relevante Estabelecer algoritmos e métodos para fazer o matchmaking Lógica Fuzzy ? Redes Bayesianas ? Relevance Feedback ? Técnicas híbridas ? Projetar a Interface Gráfica de Usuário (GUI) Pesquisa em HCI

29 Dúvidas ?


Carregar ppt "CUMBIA Uma Arquitetura Baseada em Agentes para Suportar Colaboração Espontânea Melfry Moreno Molina Mestrando em Engenharia de Sistemas e Computação Linha."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google