A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Isolamento e identificação de microrganismos endofíticos de mudas de Eucalyptus benthamii visando o controle biológico de doenças de viveiro Maíra Gomes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Isolamento e identificação de microrganismos endofíticos de mudas de Eucalyptus benthamii visando o controle biológico de doenças de viveiro Maíra Gomes."— Transcrição da apresentação:

1 Isolamento e identificação de microrganismos endofíticos de mudas de Eucalyptus benthamii visando o controle biológico de doenças de viveiro Maíra Gomes Déscio de Almeida Iniciação Científica/ Iniciação Tecnológica/ Ações Afirmativas (UFPR/TN) Ida Chapaval Pimentel; Celso Garcia Auer; Patricia R. Dalzoto ; José Antonio Sbravatti Junior Introdução O Eucalyptus benthamii é uma das principais espécies de eucalipto plantadas na região sul do Brasil. Na produção de mudas desta espécie, há existência de uma doença causada pelo fungo Botrytis cinerea. Uma das alternativas para o controle dessa doença é o controle biológico com fungos endofíticos. Objetivos Isolar e identificar a partir da macro e micromorfologia fungos endofíticos de mudas de E. benthamii visando o controle biológico das principais doenças ocorridas em viveiros de mudas. Materiais e Métodos Foram coletadas 30 mudas sadias de E. benthamii com cerca de 3 meses de idade obtidas no viveiro, Golden Tree, no município de Guarapuava, PR.Para o isolamento de fungos endofíticos de mudas de E. benthamii utilizou-se da técnica de desinfecção superficial.Após este processo,foram utilizadas 100 placas de petri contendo meio BDA (HIMEDIA ® ). Conforme o crescimento de fungos, estes foram purificados para posterior identificação. Os isolados foram separados em grupos conforme a morfologia macroscópica (morfotipos). De acordo com as seguintes características da colônia: aspecto, forma, bordos e pela coloração. Os microrganismos isolados foram identificados quanto ao grupo ou gênero pelas características microscópicas das colônias, essa identificação foi feita através da Técnica do microcultivo em lâminas. Resultados Os resultados evidenciaram um crescimento de 60 fungos endofíticos nos fragmentos de folhas e de 10 fungos nos fragmentos das hastes de E. benthamii. Esses fungos foram divididos em 13 morfotipos. Os gêneros até então encontrados foram o Acremonium, Cladosporium, Alternaria, Trichoderma, Arthrobotrys e Aspergillus. Alguns fungos demáceos e hialinos encontram-se em fase de identificação. Conclusões O isolamento de Trichoderma é extremamente importante, por este fungo apresentar potencial para ser utilizado no controle biológico de B. cinerea. Após o término da identificação dos gêneros isolados serão realizados testes de antagonismo contra o agente patógeno B. cinerea que é o agente causal de uma das principais doenças ocorridas em viveiros de mudas de E. benthamii. Referências Bibliográficas BIZI, R.M. Alternativas de controle do mofo-cinzento e do oídio em mudas de eucalipto. Dissertação (Mestrado – Área de Concentração: Engenharia Florestal) – Universidade Federal do Paraná. Curitiba, p GRIGOLETTI, J., A., DOS SANTOS., AUER, C. Perspectivas do uso do controle biológico contra doenças florestais. Floresta, América do Norte, 30, ago Figura 1- Mudas sadias de E. benthamii com cerca de 3 meses de idade obtidas no viveiro, Golden Tree, no município de Guarapuava, PR. Fonte: o autor, Figura 2 – Verso e reverso da macromorfologia de fungos isolados do E. benthamii. Fonte: o autor, 2013.


Carregar ppt "Isolamento e identificação de microrganismos endofíticos de mudas de Eucalyptus benthamii visando o controle biológico de doenças de viveiro Maíra Gomes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google