A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IDENTIFICAÇÃO DA INSERÇÃO ESPACIAL DOS MIGRANTES PROVINDOS DA AMÉRICA DO SUL PARA A REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA (1990-2007) Caio da Silveira Fernandes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IDENTIFICAÇÃO DA INSERÇÃO ESPACIAL DOS MIGRANTES PROVINDOS DA AMÉRICA DO SUL PARA A REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA (1990-2007) Caio da Silveira Fernandes."— Transcrição da apresentação:

1 IDENTIFICAÇÃO DA INSERÇÃO ESPACIAL DOS MIGRANTES PROVINDOS DA AMÉRICA DO SUL PARA A REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA ( ) Caio da Silveira Fernandes Bolsista UFPR/TN Prof. Dra. Gislene Aparecida dos Santos Introdução/Objetivos A migração internacional contemporânea está marcada por uma alta complexidade, sobretudo pelas possibilidades de circulação e trocas entre os migrantes apoiados em redes sociais migratórias. Do ponto de vista conceitual, o termo Transnacionalismo surge em pauta para marcar teoricamente o momento de relações entre países de origem e destino dos migrantes. No entanto, a tipologia do Transnacionalismo carece ainda de ajustes quanto à sua metodologia e critérios de definição. Assim, nos valemos de uma literatura menos extasiada com esta abordagem, ao passo que identificamos as sociais, culturais e políticas do grupo analisado, entre a sociedade de origem e destino; possibilidades e restrições da teoria tendo como foco o grupo de paraguaios na cidade de Curitiba, capital do estado do Paraná. Como objetivos a serem alcançados destacam-se: Geral: Compreender as possibilidades e restrições do Transnacionalismo nos estudos migratório, através da utilização do território pelos migrantes paraguaios em Curitiba. Específicos: Verificar a atuação dos agentes que compõem a rede social migratória dos migrantes paraguaios; Compreender qual o grau de relações; Compreender qual o grau de relações sociais, culturais e políticas do grupo analisado, entre a sociedade de origem e destino; Verificar as ações praticadas pelos migrantes nos espaços públicos da cidade. Método A metodologia utilizada foi proposta por Flick (2004), sendo denominada de Triangulação Metodológica, por utilizar e relacionar fontes quantitativas e qualitativas. Deste modo, foram levantados dados quantitativos como: séries censitárias, dados do ministério de trabalho e emprego e da anistia migratória. E como fontes qualitativas: registros e análise de fotografias; entrevistas com paraguaios e com mediadores sociais das organizações civis ligadas à causa migratória; análises de festividades culturais organizadas por grupos migratórios; observação da participação dos migrantes em espaços públicos e políticos da cidade; além de eventos acadêmicos que tiveram a temática migratória como eixo central. Resultados e Discussão Com base nos dados obtidos ao longo da pesquisa, notou-se que o grupo de paraguaios na cidade de Curitiba apresenta uma heterogeneidade acentuada. No entanto, destaca-se alguns padrões, como a maioria do fluxo sendo feminino, pouca participação no mercado de trabalho formal, alto índice de indocumentados e pouca participação nos espaços públicos da cidade de Curitiba. Assim sendo, a dependência da rede social migratória ganha destaque, sobretudo na circulação de informações privilegiadas em relação aos direitos advindos do Acordo Mercosul, e com uma ação nos espaços públicos voltadas a se inserir nos objetivos dessas redes. Assim, a autonomia de participação nestes espaços da cidade se torna reduzida, tendo pouco espaço de visibilidade às insatisfações dos migrantes. Conclusões Com base nos resultados, observou-se uma prática transnacional ainda fraca do grupo de Paraguaios em Curitiba, onde a precariedade em fatores como: políticas estatais restritivas, ausência de espaços públicos de manifestação pública e política e a dependência dos migrantes paraguaios em relação a organizações não governamentais, apontam mais para uma migração de relações limitadas com a sociedade de destino. Assim, as ações e práticas simultâneas que conferem a noção do Transnacionalismo, não foi encontrada. Referências bibliográficas GOMES, P.C.C Espaços públicos: um modo de ser do espaço, um modo de ser no espaço. In. CASTRO, I.E. et. al. (Orgs). Olhares geográficos: modos de ver e viver o espaço. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, p FITZGERALD, D.; WALDINGER, R. Transnationalism in Question American Journal of Sociology (2004): Acesso em: FLICK, U. Uma introdução à pesquisa qualitativa. 3ª Ed. Porto Alegre: Bookman p. HERRERA, G. Políticas migratórias y famílias transnacionales: migración ecuatoriana em Espana y Estados Unidos. In: HERRERA, G y RAMIRES, J (ed.). América Latina migrante: Estado, família, identidades. Quito: Flacso/Ecuador,2008. p PORTES, A. et.al. El estudio del transnacionalismo: peligros latentes y promesas de um campo de investigación emergente. In. PORTES, A. et. al. (Orgs.). La globalización desde abajo: Transnacionalismo inmigrante y desarrollo. 1ª ed. México, p. 15 – 44.


Carregar ppt "IDENTIFICAÇÃO DA INSERÇÃO ESPACIAL DOS MIGRANTES PROVINDOS DA AMÉRICA DO SUL PARA A REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA (1990-2007) Caio da Silveira Fernandes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google