A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CE-262 Ontologia e Web Semântica Prof. José M Parente de Oliveira Sala 120 – Prédio da Computação 3947-6941 Linguagens de Regras.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CE-262 Ontologia e Web Semântica Prof. José M Parente de Oliveira Sala 120 – Prédio da Computação 3947-6941 Linguagens de Regras."— Transcrição da apresentação:

1 CE-262 Ontologia e Web Semântica Prof. José M Parente de Oliveira Sala 120 – Prédio da Computação Linguagens de Regras

2 Introdução Linguagens de representação de conhecimento, como RDF Schema e OWL, são destinadas a especificar descrições de domínios de aplicações Oferecem elementos para descrever classes, propriedades e relacionamentos, bem como permitem capturar restrições de classes e propriedades e definir classes complexas Linguagens de regras oferecem facilidades para especificar regras de transformações de dados que definem como sintetizar novos fatos a partir daqueles armazenados na base de dados

3 Introdução Datalog Rule Markup Language (RuleML) Semantic Web Rule Language (SWRL) Triple

4 Datalog Datalog é um subconjunto restrito de programação lógica Foi originalmente definida como uma linguagem de query e regra para bases de conhecimento Um alfabeto Datalog A é um conjunto de símbolos de predicados, constantes e variáveis Um termo é uma variável ou constante Um átomo é uma expressão do tipo P(t 1,...,t n ), onde P é um símbolo de predicado e t 1,...,t n são termos

5 Datalog Alfabeto da base de dados BOOKS

6 Datalog Exemplos de átomos: Uma cláusula pode ser tanto um fato quanto uma regra. Um fato é uma expressão da forma: B, onde B é um átomo sem variáveis livres Uma regra é uma expressão da forma: C A 1,...,A n A 1,...,A n e c são átomos; A 1,...,An é chamada lista de antecedentes e C conseqüente ou cabeça da regra

7 Datalog: Exemplo de Base de Conhecimento

8 Datalog: Exemplo de Base de Conhecimento e Deduções

9 RuleML RuleML é uma linguagem para publicação e compartilhamento de bases de conhecimento na Web RuleML basicamente proporciona uma sintaxe XML para cláusulas Datalog Um átomo em RuleML é expresso por meio das tags,,, e

10 RuleML Outro exemplo

11 RuleML Uma regra é expressa por meio das tags, e

12 RuleML: Exemplo de Regra mais Complexa

13 SWRL SWRL estende o conjunto de axiomas da OWL para incluir cláusulas do tipo Datalog Modelam-se bases de conhecimento como uma ontologia OWL

14 Conceitos da ontologia de livros

15 SWRL Usando uma notação similar à Datalog, um átomo em SWRL é uma expressão de uma das formas: Átomos envolvem apenas predicados unários (descrição de classe OWL ou intervalos de dados) ou predicados binários (para propriedades OWL, sameAs e differentFrom) Descrições de classes OWL podem ser vistas como predicados unários inseridos pela definição

16 SWRL: Exemplo Parcial Partindo de Datalog Para representar esse átomo em SWRL, primeiro deve-se reescrevê-lo como quatro átomos distintos que correspondam à definição OWL da base dados BOOKs

17 SWRL – Conceitos Complexos SWRL permite que conceitos complexos sejam definidos como classes complexas da ontologia OWL


Carregar ppt "CE-262 Ontologia e Web Semântica Prof. José M Parente de Oliveira Sala 120 – Prédio da Computação 3947-6941 Linguagens de Regras."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google