A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A transformação dinâmica do nosso caráter!. Transformação Dinâmica Quando nos deparamos com o evangelho podemos claramente perceber que Deus quer que.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A transformação dinâmica do nosso caráter!. Transformação Dinâmica Quando nos deparamos com o evangelho podemos claramente perceber que Deus quer que."— Transcrição da apresentação:

1 A transformação dinâmica do nosso caráter!

2 Transformação Dinâmica Quando nos deparamos com o evangelho podemos claramente perceber que Deus quer que transformar o nosso caráter! Deus não quer pessoas arrumadinhas Ele quer filhos que tenham seu caráter transformado Essa transformação não acontece de uma só vez, ela é contínua

3 Transformação Dinâmica Ela acontece sempre, em cada circunstância da nossa vida A maioria dos seres humanos tem extrema dificuldade em manter-se nesse estado de transformação contínua Nossa tendência natural é responder positivamente aos primeiros passos de mudança e engessar em alguma parte do caminho

4 Michel Quoist: Estamos satisfeitos com a nossa vidinha decente. Estamos contentes com os nossos bons hábitos: nós os tomamos por virtudes. Estamos contentes com nossos pequenos esforços: nós os tomamos por progresso. Estamos orgulhosos com nossas atividades elas nos fazem pensar que estamos nos doando. Estamos impressionados com nossa influência: imaginamos que ela transformará vidas. Estamos orgulhosos do que damos, entretanto ocultamos o que retemos. Podemos até mesmo estar confundindo um conjunto de egoísmo coincidentes com verdadeira amizade

5 Transformação Dinâmica Quando acreditamos que já chegamos na estatura de Cristo, é que estamos longe do propósito dEle para nós O convite que Jesus faz é radical, não é um convite para mudar a roupa ou as palavras É um convite para viver uma nova vida, através uma nova ótica, num outro nível

6 O Convite Radical Pois eu lhes digo que se a justiça de vocês não for muito superior à dos fariseus e mestres da lei, de modo nenhum entrarão no reino do céus Mt 5:20 ninguém pode servir a dois senhores; pois odiará um e amara o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro Mt 6:24 se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me Lc 9:23

7 O Convite Radical Esses são alguns exemplos que nos mostram que o convite de Jesus não é brincadeira Era um proposta que deve ser levada muito a sério por todos nós Ele deixa também claro que não é algo fácil de se cumprir Pelo contrário:

8 Convite Radical as raposas tem suas tocas e as aves do céu tem seus ninhos, mas o Filho do homem não tem onde repousar a cabeça Lc 9:58 se vocês pertencessem ao mundo, ele os amaria como se fossem dele. Todavia vocês não são do mundo, mas eu os escolhi, tirando- os do mundo, por isso o mundo os odeia Mt 15:19

9 Convite Radical Quando nos propomos a viver em Cristo, rapidamente o ceticismo e o pessimismo pode nos desanimar Passamos a acreditar que viver nos moldes estabelecidos por Jesus é algo impossível Começamos a estabelecer um limite na nossa vida cristã

10 Convite Radical Começamos a nos poupar afinal de contas Jesus não seria tão radical assim! É aí que nos enganamos Jesus não estabeleceu nenhum limite para o seu discípulo Para Jesus é tudo ou não é nada! Ou nos entregamos por inteiro ou não temos uma vida com Ele

11 Convite Radical Quando percebemos a nossa vida e comparamos com o convite radical do evangelho, passamos a inventar ou acreditar em mentiras que nos distanciam do cristianismo real Mentiras que nos levam para uma vidinha decente, numa santidade pacata longe do verdadeiro anseio de Cristo para nossas vidas

12 Mentira número 1 Cristo não era ocidental e nem mesmo viveu na nossa época: – Por isso a linguagem dele não era real, era uma linguagem muito poética (viga no olho, camelo na agulha etc), por isso não devemos entendê-las como reais, apenas metáforas – Como bons ocidentais, tornamos inofensivas essas máximas perigosas Se pensarmos assim estragamos a pureza vigorosa do evangelho

13 Mentira número 1 Tornamos Jesus um maluco, onde devemos ouvir aquilo que Ele fala e viver da nossa própria interpretação disso Por isso tantas pessoas vivem o evangelho muito para dentro e outras vivem o evangelho demasiadamente para fora Por que o que importa é como eu vejo as coisas (liberais x ortodoxos)

14 Mentira número 2 Jesus propõe princípios e não práticas: – Dessa forma reduzimos Cristo a um romântico visionário, um sonhador – Achamos bonita a sua teoria, mas impraticável Jesus coloca o ideal, na verdade o que temos que fazer é nos colocar perto deste ideal

15 Mentira número 2 Mas o risco aqui é que novamente nós é que escolhemos o quão perto da visão de Jesus queremos ficar E com isso perdemos a plenitude que Ele nos oferece Por que nos acomodamos a uma vidinha mínima e não aproveitamos a vida plena proposta por Ele

16 Mentira número 3 Acreditar que existem classes de cristãos: – Algumas pessoas acreditam que existe o perfeito e o comum – Jesus chama todas as pessoas para a santidade Soren Kierkegaard descreve dois tipos de cristãos: os que imitam Jesus Cristo e um tipo de pouco valor, aquele que fica contente em admirar o primeiro

17 Conclusão O Novo Testamento só se torna relevante em nossas vidas se captarmos o significado radical do evangelho Só assim somos capazes de olhar para nós mesmos como realmente somos Se nos conformarmos ao cumprimento morno de um conjunto frouxo de regrinhas, nos tornamos fariseus hipócritas

18 Conclusão A igreja verdadeira de Cristo deve ser conhecida pelo amor e pelas obras que esse amor a leva a praticar Qualquer coisa fora disso é mentira e engano Qualquer conformação ao evangelho é fraca e não produz relacionamento com Deus


Carregar ppt "A transformação dinâmica do nosso caráter!. Transformação Dinâmica Quando nos deparamos com o evangelho podemos claramente perceber que Deus quer que."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google