A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PLANEJAMENTO DAS DRAGAGENS DE MANUTENÇÃO E APROFUNDAMENTO NOS PORTOS DO SUL DO BRASIL Carlos Roberto Soares (CEM/UFPR) José Gustavo Nartof Abreu (UNIVALI/SC)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PLANEJAMENTO DAS DRAGAGENS DE MANUTENÇÃO E APROFUNDAMENTO NOS PORTOS DO SUL DO BRASIL Carlos Roberto Soares (CEM/UFPR) José Gustavo Nartof Abreu (UNIVALI/SC)"— Transcrição da apresentação:

1 PLANEJAMENTO DAS DRAGAGENS DE MANUTENÇÃO E APROFUNDAMENTO NOS PORTOS DO SUL DO BRASIL Carlos Roberto Soares (CEM/UFPR) José Gustavo Nartof Abreu (UNIVALI/SC) Lauro Julio Calliari (FURG)

2 Os portos do sul do Brasil têm importância histórica diferenciada …

3 ESTADO DO PARANÁ: Paranaguá, Antonina e Guaraqueçaba ESTADO DE SANTA CATARINA: Itapoá, São Francisco do Sul, Itajaí, Santa Catarina (Porto dos Patos), Florianópolis, Laguna e Imbituba RIO GRANDE SO SUL: Porto Alegre, Pelotas e Rio Grande

4 EVOLUÇÃO DA TECNOLOGIA NAVAL - Inicialmente embarcações a vela - Revolução Industrial: surgimento do barco a vapor - Final do século XIX: embarcações movidas a combustíveis fósseis (rápido desenvolvimento em função das duas grandes guerras) - Final do século XX: surgimento de navios de grande porte, elevada tecnologia, unitização das cargas (ex: Emma Maersk)

5 A EVOLUÇÃO DA TECNOLOGIA NAVAL PROMOVE A NECESSIDADE DE ADAPTAÇÃO DOS PORTOS E CIDADES PORTUÁRIAS ÀS NOVAS SITUAÇÕES DO MERCADO INTERNACIONAL …

6 Modelo qualquer porto (anyport) Bird (1963), sintetizado por Rodrigue & Slack (1998) 1) Estabelecimento (setting) 2) Expansão (expansion) 3) Especialização (specialization)

7 PARANAGUÁ (1886)

8 PARANAGUÁ ( )

9 FOTOGRAFIA AÉREA DE PARANAGUÁ (DÉCADA DE 1950) (EXCLUÍDA POR CAUSA DO TAMANHO DA IMAGEM)

10 FOTOGRAFIA AÉREA DE PARANAGUÁ (2003) (EXCLUÍDA POR CAUSA DO TAMANHO DA IMAGEM)

11 NORTE SUESTE CANAL DA GALHETA

12 AS DRAGAGENS DOS PORTOS SUL-BRASILEIROS COMEÇARAM A SE TORNAR MAIS EFETIVAS A PARTIR DA … DÉCADA DE 1930 QUANDO HOUVE INVESTIMENTOS MAIS SIGNIFICATIVOS DO GOVERNO BRASILEIRO NA INFRA-ESTRUTURA PORTUÁRIA. - 8 metros -

13 DÉCADA DE 1950 … 10 m DÉCADA DE 1970 … 12 m ATUALMENTE – em nível internacional 15 m ou mais …

14 EstagioPeríodoDWT (t)TEUComprimento (m)Largura (m)Calado máximo (m) Geração 01Final 60's Geração 0270's ,5 Geração 03Inicio 80's ,5 Geração 04Meados 80's ,312,5 Geração 05Inicio 90's ,4-4513,5 Geração 06Final 90's ,814,52 Geração 07Após ,7 Geração ,821 Fonte: Baird (2002) Evolução do tamanho médio de navios porta contêineres a partir da década de 1960.

15 PORTO DE RIO GRANDE

16 FOTOGRAFIA AÉREA DO PORTO DE ITAJAÍ (EXCLUÍDA POR CAUSA DO TAMANHO DA IMAGEM)

17 DÉCADA DE 1990: Fim da Portobras/CBD Lei de Modernização dos Portos Sucateamento das dragas nacionais A PARTIR DO ANO DE 2000: Crescimento econômico brasileiro Efetivação dos terminais privativos Dificuldade de algumas Autoridades Portuárias de dragar Dificuldade com a legislação ambiental Secretaria Especial dos Portos/PAC

18 SITUAÇÃO ATUAL - ESTADO DO PARANÁ: por ter um litoral pequeno, a via de acesso aos portos e terminais portuários é basicamente a mesma, havendo problemas de assoreamento intenso na desembocadura da Baía de Paranaguá, bem como à montante da cidade de Paranaguá (acesso à Antonina). Já possuiu 13,5 m de profundidade, sendo que a ausência de dragagem fez com que a Autoridade Marítima reduzisse o calado, estando atualmente em 11,3 m; - ESTADO DE SANTA CATARINA: teve avanço importante nos últimos anos com relação à estrutura portuária, com investimentos de grande vulto público e privado, tornando-se um pólo portuário de grande importância para o país. Cada porto possui profundidades diferenciadas, entre 10 e 13,5 m; - ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL: atualmente, é o estado que oferece as maiores profundidades no acesso ao Porto Novo e ao Superporto de Rio Grande. O trecho entre Rio Grande e Pelotas/Porto Alegre possui 5 m de profundidade, servindo mais como elo logístico.

19 CONCLUSÕES - A profundidade dos canais de acesso aos portos é uma questão de competitividade na inserção do(s) portos no comércio internacional - Existe a necessidade de manutenção das atuais profundidades de acesso aos portos/terminais portuários, sendo que existem em alguns portos dificuldade na contratação de empresas de dragagem. Neste caso, os empreendimentos já existentes passam por dificuldade econômica ou contratual - Novos terminais, como os de Itapoá (SC) e da Ponta do Poço (PR), com profundidades estimadas de 15m, irão induzir a uma maior competitividade com o mercado internacional, fazendo com que os portos vizinhos tenham como intenção o aprofundamento dos canais já existentes, que por sua vez induzirão modificações nos portos e cidades portuárias - Necessidade de uma política nacional com relação às profundidades específicas de cada porto - A necessidade de aprofundamento dos canais esbarrará na legislação ambiental e nas condicionantes naturais de cada região


Carregar ppt "PLANEJAMENTO DAS DRAGAGENS DE MANUTENÇÃO E APROFUNDAMENTO NOS PORTOS DO SUL DO BRASIL Carlos Roberto Soares (CEM/UFPR) José Gustavo Nartof Abreu (UNIVALI/SC)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google