A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Capítulo 9 Avaliando Ações. 9-2 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Capítulo 9 Avaliando Ações. 9-2 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson."— Transcrição da apresentação:

1 Capítulo 9 Avaliando Ações

2 9-2 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Visão geral do capítulo 9.1 Preços de ações, retornos e o horizonte de investimento 9.2 O modelo de desconto de dividendos 9.3 Modelos de avaliação de payout e de fluxos de caixa livres 9.4 Avaliação baseada em empresas comparáveis 9.5 Informação, concorrência e preço de ações

3 9-3 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Objetivos de aprendizagem 1.Descrever o valor da Lei do Preço Único para uma ação comum, incluindo a taxa de desconto que deve ser utilizada. 2.Calcular o retorno total de uma ação, dados o pagamento de dividendo, o preço corrente e o novo preço. 3.Utilizar o modelo de desconto de dividendos para calcular o valor de uma ação do pagamento de dividendos da empresa, se os dividendos crescerem a uma taxa constante, iniciando agora ou no futuro. 4.Discutir os determinantes dos dividendos futuros e a taxa de crescimento em dividendos e a sensibilidade do preço das ações para estimativas dos de ambos fatores.

4 9-4 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Visão geral do capítulo (continuação) 5.Data a taxa de retenção e o retorno sobre novo investimento, calcule a taxa de crescimento nos dividendos, nos lucros e no preços das ações. 6.Descrever as circunstâncias em que cortar os dividendos da empresa aumenta o preço das ações. 7.Supondo que uma empresa tenha uma taxa de crescimento constante a longo prazo depois do período N + 1, utilizar o modelo de crescimento constante para calcular o valor terminal da ação no período N. 8.Calcular o valor das ações de valor de uma empresa que paga dividendos como também recompra ações. 9.Utilizar o modelo do fluxo de caixa livre descontado para calcular as ações de valor em uma empresa com alavancagem. 10.Utilizar múltiplos de empresas comparáveis para estimar o valor das ações.

5 9-5 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Objetivos de aprendizagem (continuação) 11.Explicar por que são necessários muitos modelos de avaliação para determinar o valor de uma ação. 12.Descrever o impacto da hipótese de mercados eficientes em negócios com NPV positivo realizados por indivíduos sem informações privilegiadas. 13.Analisar por que os investidores que identificam oportunidades de negócios com NPV positivo devem ser céticos a respeito disso, a menos que tenham informações privilegiadas ou uma vantagem competitiva. Além disso, descreva o retorno que o investidor espera obter. 14.Estimar o impacto da avaliação de ações nas decisões de gestão recomendadas.

6 9-6 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. 9.1 Preços de ações, retornos e o horizonte de investimento Um investidor de um ano Fluxos de caixa esperados Dividendo Venda das ações Diagrama de fluxo de caixa para investidor de um ano Como os fluxos de caixa são arriscados, temos que descontá-los com base no custo de capital próprio.

7 9-7 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. 9.1 Preço de ações, retornos e o horizonte de investimento (continuação) Um investidor de um ano Se o preço atual das ações for menor do que esta quantia, será de se esperar que os investidores corram para comprá-las, fazendo o preço das ações subir. Se o preço das ações excedesse esta quantia, vendê- las causaria uma queda rápida das ações.

8 9-8 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Rentabilidades de dividendos, ganhos de capital e retornos totais Rentabilidade do dividendo Ganho de capital Taxa de ganho de capital Retorno total Rentabilidade do dividendo + Taxa de ganho de capital O retorno total esperado das ações deve ser igual ao retorno esperado de outros investimentos disponíveis no mercado com risco equivalente. Equação

9 9-9 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.1

10 9-10 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.1 (continuação)

11 9-11 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo Alternativo 9.1 Problema Espera-se que a 3M (MMM) pague dividendos de $1,92 por ação no próximo ano. Você espera que as ações sejam negociadas $85 cada no final do ano. Investimentos com risco equivalente possuem um retorno esperado de 11%. Qual é o máximo que você pagaria pelas ações da 3M hoje? Que rentabilidade de dividendos e taxa de ganho de capital você esperaria por esse preço?

12 9-12 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo Alternativo 9.1 Solução Retorno total = 1 0 $ Rentabilidade do dividendo =45% $718.3 Div P 10 0 $85.00$ Rentabilidade de ganho de capital = 31$78. PP P Solução

13 9-13 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Um investidor de anos múltiplos Qual será o preço se planejarmos deter as ações por dois anos?

14 9-14 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Um investidor de anos múltiplos (continuação) Qual será o preço se planejarmos deter as ações por N anos? Esse é conhecido como _________________. Observe que a equação acima (9.4) é válida para qualquer horizonte N. Assim, todos os investidores (com as mesmas crenças) atribuirão o mesmo valor às ações, independentemente de seus horizontes de investimento.

15 9-15 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Um investidor de anos múltiplos (continuação) O preço das ações é igual ao ______________ ______________________________________.

16 9-16 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. 9.2 O modelo de desconto de dividendos Dividendos de crescimento constante A previsão mais simples para os dividendos futuros esperados de uma empresa declara que eles crescerão a uma taxa constante g, para sempre.

17 9-17 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. 9.2 O modelo de desconto de dividendos (continuação) Modelo de dividendos de crescimento constante O valor da empresa depende do nível atual de dividendos, do custo de capital e da taxa de crescimento. Equação

18 9-18 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.2

19 9-19 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.2 (continuação)

20 9-20 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo Alternativo 9.2 Problema AT&T planeja pagar $1,44 por ação em dividendos no próximo ano. Seu custo de capital é 8%. Espera-se que os dividendos cresçam 4% ao ano no futuro. Estime o valor das ações da AT&T.

21 9-21 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo Alternativo 9.2 Solução

22 9-22 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Dividendos versus investimento e crescimento Um modelo simples de crescimento Taxa de pagamento de dividendos A fração de seus rendimentos pagos como dividendos a cada ano

23 9-23 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Dividendos versus investimento e crescimento (continuação) Um modelo simples de crescimento Assumindo-se que o número de ações em circulação seja fixado, a empresa pode aumentar seus dividendos de duas formas: _________________________________________

24 9-24 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Dividendos versus investimento e crescimento (continuação) Um modelo simples de crescimento Uma empresa pode fazer duas coisas com seus lucros: _________________________________________

25 9-25 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Dividendos versus investimento e crescimento (continuação) Um modelo simples de crescimento Taxa de retenção Defina: __________________________________________ ________________________________________________

26 9-26 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Dividendos versus investimento e crescimento (continuação) Um modelo simples de cresimento Se a empresa manter sua taxa de retenção constante, então_______________________________________ ____________________________________________ _________________________________________.

27 9-27 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Dividendos versus investimento e crescimento (continuação) Crescimento rentável Se a empresa quer aumentar o preço de suas ações, ela deverá reduzir seus dividendos e investir mais ou deverá reduzir os investimentos e aumentar seus dividendos? ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________

28 9-28 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.3

29 9-29 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.3 (continuação)

30 9-30 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.4

31 9-31 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.4 (continuação)

32 9-32 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Mudando as taxas de crescimento Não podemos utilizar o modelo de dividendos de crescimento constante para avaliar as ações se a taxa de crescimento não for constante. Por exemplo, empresas jovens e bem-sucedidas geralmente têm lucros e taxas de crescimento iniciais muito altas. Durente esse período de grande crescimento, não é incomum que essas empresas retenham 100% de seus lucros para explorar oportunidades de investimento rentáveis. À medida que amadurecem, seu crescimento cai. Em algum momento, seus lucros excedem suas necessidades de investimento e elas começam a pagar dividendos.

33 9-33 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Mudando taxas de crescimento (continuação) Ainda que não possamos utilizar o modelo de dividendos de crescimento constante diretamente quando o crescimento não é constante, nós podemos utilizar a forma geral do modelo para avaliar uma empresa aplicando o modelo de dividendos de crescimento constante para calcular o futuro preço das ações uma vez que sua taxa de crescimento esperada tenha se estabilizado.

34 9-34 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Mudando taxas de crescimento (continuação) Modelo de desconto de dividendos com crescimento de longo prazo constante Equação

35 9-35 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.5

36 9-36 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.5 (continuação)

37 9-37 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Limitações do modelo de desconto de dividendos Existe um enorme grau de incerteza associado a qualquer previsão dos dividendos futuros e da taxa de crescimento dos dividendos de uma empresa. Pequenas mudanças na taxa de crescimento suposta dos dividendos podem levar a grandes mudanças no preço estimado das ações.

38 9-38 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. 9.3 Modelos de avaliação de payout total e de fluxos de caixa livres Recompra de ações e o modelo de payout total Recompra de ações Quando a empresa utiliza o excesso monetário para comprar de volta suas próprias ações Conseqüências para o modelo de desconto de dividendos ________________________________________________ ________________________________________________

39 9-39 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. 9.3 Modelos de avaliação de payout total e de fluxos de caixa livres (continuação) Recompra de ações e modelo de payout total PV(Dividendos futuros por a ç ão) P0P0

40 9-40 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. 9.3 Modelos de avaliação de payout total e de fluxos de caixa livres (continuação) Recompra de ações e modelo de payout total Modelo de payout total Avalia todas as ações da empresa, em vez de uma ação individual. Descontamos a o total de dividendos e a recompra de ações e utilizamos a taxa de crescimento dos lucros (em vez dos rendimentos por ação) ao fazermos as previsões do crescimento dos pagamentos totais da empresa. 0 0 (Total de dividendos e recompras futuras) A ç ões em circula ç ão PV P

41 9-41 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.6

42 9-42 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.6 (continuação)

43 9-43 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. O modelo de fluxo de caixa livre descontado Modelo de fluxo de caixa livre descontado Determina o valor da empresa para todos os investidores, incluindo tanto os acionistas quanto os titulares de dívidas. O valor da empresa pode ser interpretado como ___________________________________________ ___________________________________________ ___________________________________________ ___________________________________________ ___________________________________________ Market Value of EqValor da empresauity Debah t Cs Equação

44 9-44 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. O modelo de fluxo de caixa livre descontado (continuação) Avaliando a empresa Fluxo de caixa livre Fluxo de caixa livre que a empresa possui disponível para pagar tanto os titulares de dívida quanto os acionistas Modelo do fluxo de caixa livre descontado 0 PV(Fluxo de caixa livre futuro da empresa) V Dinheiro – Dívida 0 Ações em circulação V0V0 P

45 9-45 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. O modelo de fluxo de caixa livre descontado (continuação) Implementando o modelo Visto que estamos descontando o fluxo de caixa livre para os titulares de dívida e para os acionistas, o fluxo de caixa livre deverá ser descontado do custo médio ponderado de capital, r wacc, da empresa. Se a empresa não possuir nenhuma dívida, r wacc = r E.

46 9-46 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. O modelo de fluxo de caixa livre descontado (continuação) Implementando o modelo Freqüentemente, o valor terminal é estimado supondo uma taxa constante de crescimento de longo prazo g FCF para fluxos de caixa livre posteriores ao ano N, de modo que: Equação

47 9-47 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.7

48 9-48 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.7 (continuação)

49 9-49 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. O modelo de fluxo de caixa livre descontado (continuação) Ligação com o orçamento de capital Como o fluxo de caixa livre da empresa é igual à soma dos fluxos de caixa livres de seus investimentos correntes e futuros, podemos interpretar o valor da empresa como o NPV total que a empresa obterá por continuar seus projetos existentes e iniciar novos projetos. O NPV de qualquer projeto individual representa: ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________

50 9-50 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.8

51 9-51 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.8 (continuação)

52 9-52 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Figura 9.1 Uma comparação dos modelos de fluxo de caixa descontado de avaliação de ações

53 9-53 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. 9.4 Avaliação baseada em empresas comparáveis Método de comparação (comps) Estimamos o valor da empresa com base no valor de outras empresas ou investimentos comparáveis que esperamos que gerem fluxos de caixa muito similares no futuro.

54 9-54 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Múltiplos de avaliação Um índice do valor da empresa em relação a alguma medida da escala ou fluxo de caixa da empresa O Índice preço-lucro Índice P/E Preço das ações dividido por seus rendimentos por ação

55 9-55 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Múltiplos de avaliação (continuação) Resultados passados Lucros durante os 12 meses anteriores P/E passado Resultados futuros Lucros esperados nos 12 meses seguintes P/E futuro

56 9-56 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Múltiplos de avaliação (continuação) Empresas com altas taxas de crescimento e que geram dinheiro além de sua necessidade de investimento, de modo que possam manter altas taxas de pagamento de dividendo, devem ter múltiplos P/E altos.

57 9-57 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.9

58 9-58 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.9 (continuação)

59 9-59 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo Alternativo 9.9 Problema Suponha que Best Buy Co. Inc. (BBY) tenha rendimentos por ação de $2,53. O P/E médio de ações de empresas comparáveis é 19,3. Estime um valor para Best Buy utilizando o P/E como múltiplo de avaliação.

60 9-60 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo Alternativo 9.9 Solução

61 9-61 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Múltiplos de avaliação (continuação) Múltiplos de valor da empresa Esse múltiplo de avaliação é mais alto para empresas com________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________

62 9-62 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.10

63 9-63 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.10 (continuação)

64 9-64 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Múltiplos de avaliação (continuação) Outros Múltiplos Múltiplo das vendas Preço por valor contábil do patrimônio por ação Valor da empresa por assinante Utilizado na indústria de TV a cabo

65 9-65 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Limitações do múltiplos Ao avaliar uma empresa utilizando múltiplos, não existe um guia claro sobre como ajustar as diferenças nas taxas esperadas de crescimento futuro, risco ou nas diferenças em políticas contábeis. Comparáveis fornecem apenas informações com respeito ao valor de uma empresa relativo a outras empresas no conjunto de comparação. Utilizar múltiplos não nos ajuda a determinar se uma indústria inteira é supervalorizada.

66 9-66 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Comparação com métodos de fluxo de caixa descontado Métodos de fluxo de caixa descontado têm a vantagem de permitir incorporar informações específicas sobre __________________ ou ______________________ de uma empresa. Os métodos de fluxo de caixa descontado têm o potencial de ser mais precisos do que o uso de um múltiplo de avaliação.

67 9-67 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley.

68 9-68 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Técnicas de avaliação de ações: a última palavra Nenhuma técnica individual fornece uma resposta final ao verdadeiro valor das ações. Todas as abordagens exigem suposições ou previsões que são incertezas demais para fornecer uma avaliação definitiva do valor da empresa. A maioria dos profissionais utiliza, na vida real, uma combinação dessas abordagens e ganha confiança se os resultados forem consistentes entre uma variedade de métodos.

69 9-69 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Figura 9.2 Faixa de avaliaçõa para as ações da KCP utilizando diversos métodos de avaliação

70 9-70 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. 9.5 Informação, concorrência e preços de ações Informação nos preços de ações Nosso modelo de avaliação associa os fluxos de caixa futuros de uma empresa, seu custo de capital e o preço de suas ações. Dadas as informações precisas sobre qualquer uma dessas duas variáveis, o modelo de avaliação nos permite fazer inferências sobre a terceira.

71 9-71 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Figura 9.3 A tríade da avaliação

72 9-72 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. 9.5 Informação, concorrência e preços de ações (continuação) Informação nos preços de ações Para uma empresa de capital aberto, o preço atual de suas ações já deve fornecer informações bastante precisas, agregadas por uma multiplicidade de investidores, a respeito do valor real de suas ações. Baseado no preço atual de suas ações, um modelo de avaliação é aplicado para nos dizer algo sobre o valor dos fluxos de caixa futuros da empresa ou do seu custo de capital.

73 9-73 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.11

74 9-74 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.11 (continuação)

75 9-75 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Concorrência e mercados eficientes Hipótese de mercados eficientes Defina: ______________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________

76 9-76 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Concorrência e mercados eficientes (continuação) Informações públicas de fácil interpretação Se o impacto das informações que estão disponíveis a todos os investidores (informações em reportagens, demonstrativos financeiros etc.) sobre os fluxos de caixa futuros da empresa puder ser prontamente apurado, então todos os investidores poderão deteminar o efeito dessas informações sobre o valor da empresa. Nessa situação, esperamos que o preço das ações reaja quase que instantaneamente a tais informações.

77 9-77 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.12

78 9-78 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.12 (continuação)

79 9-79 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Concorrência e mercados eficientes (continuação) Informações privilegiadas ou de difícil interpretação Informações privilegiadas são relegadas a um número relativamente pequeno de investidores. Eles podem ser capazes de tirar proveito negociando em cima delas. Nesse caso, a hipótese de mercados eficientes não será válida no sentido estrito. Entretanto, à medida que esses negociantes informados começarem a negociar, eles tenderão a movimentar os preços, então com o tempo os preços também começarão a refletir suas informações.

80 9-80 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Concorrência e mercados eficientes (continuação) Informações privilegiadas ou de difícil interpretação Se as oportunidades de tirar proveito de ter esse tipo de informação forem muitas, outros indivíduos dedicarão os recursos necessários para adquiri-lo. No longo prazo, devemos esperar que o grau de ineficiência no mercado seja limitado apenas pelos custos de obtenção das informações privilegiadas.

81 9-81 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.13

82 9-82 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Exemplo 9.13 (continuação)

83 9-83 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Figura 9.4 Possíveis trajetos do preço das ações do Exemplo 9.13

84 9-84 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Lições para investidores e gerentes de empresa Conseqüências para os investidores Se as ações tiverem um preço justo, então os investidores que compram ações podem esperar receber fluxos de caixa futuros que compensarão de maneira justa pelo risco de seu investimento. Nesses casos, o investidor comum pode investir com confiança, mesmo se não estiver totalmente informado.

85 9-85 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Lições para investidores e gerentes de empresa (continuação) Conseqüências para os gerentes de empresa ____________________________________________

86 9-86 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. A hipótese de mercados eficientes versus ausência de arbitragem A hipótese de mercados eficientes afirma que _______________________________________ _______________________________________ _______________________________________ _______________________________________ Uma oportunidade de arbitragem é _______________________________________ _______________________________________ _______________________________________ _______________________________________

87 9-87 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson Education, Inc., sob o selo de Addison-Wesley. Dúvidas?


Carregar ppt "Capítulo 9 Avaliando Ações. 9-2 © 2008, Pearson Education, Inc. Tradução autorizada a partir do original em língua inglesa da obra publicada por Pearson."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google