A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EDITORIAL EQUIPE Faça parte da equipe do nosso JORNAL ASGAP Mande seu artigo pelo CONTATOS ASGAP - Casa de Apoio.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EDITORIAL EQUIPE Faça parte da equipe do nosso JORNAL ASGAP Mande seu artigo pelo CONTATOS ASGAP - Casa de Apoio."— Transcrição da apresentação:

1 EDITORIAL EQUIPE Faça parte da equipe do nosso JORNAL ASGAP Mande seu artigo pelo CONTATOS ASGAP - Casa de Apoio Local abençoado por Deus,onde a solidariedade é a regra maior ! Ladeira do Ipiranga n°28 Cidade Nova - Salvador/Ba Tesl/Fax. 71/ / s DIRETORIA DA ASGAP Olá, pessoal! Nosso editorial nesse número é o que está ao lado nessa chamada que fazemos a todos vocês. Na verdade, a situação que hoje enfrentamos, requer realmente alguma providencia no sentido de amenizar a diferença entre nossa receita e nossa despesa. Os eventos que realizamos estão sem render o bastante para manter a ASGAP. Por outro lado,os associados,mesmo com toda boa vontade em contribuir mensalmente, ainda são poucos e a renda proveniente deles não cobre as despesas. Vamos trazer mais pessoas para ajudar a ASGAP !! Prezados Leitores Estamos repassando uma correspondência que enviamos algum tempo atrás. Como na época em que enviamos, não surtiu o efeito desejado, estamos colocando agora em nosso Jornal e pedimos a vocês que ajudem a divulgar a idéia para que encontremos meios de ajudar a ASGAP. Prezado Senhor, Primeiramente, gostaríamos de lhe explicar, de maneira concisa, quem somos: A Associação Solidariedade Grupo de Apoio Ao Paciente Portador de Câncer (ASGAP) é uma entidade beneficente, considerada de Utilidade Pública Municipal, Estadual e Federal. Tem como objetivo prestar atendimento médico, material e emocional, a pacientes oncológicos carentes, sobretudo àqueles provenientes dos municípios do interior da Bahia. A nossa Casa de Apoio oferece aos pacientes subsídios necessários para a sua manutenção em Salvador, quando da realização de tratamentos, como hospedagem, alimentação (dos internos e dos seus acompanhantes), medicação (quando necessário), verba para transporte, além de cestas básicas para os pacientes carentes residentes na capital. Para os pacientes internos, os pacientes da capital e os colaboradores do Grupo, realizamos quinzenalmente reuniões lúdicas, de caráter terapêutico, gerando neles esperança e dando-lhes as ferramentas necessárias para a superação da doença, quando possível, e para uma melhor qualidade de vida. A ASGAP tem grande interesse em incrementar esses serviços; claro que isso, muitas vezes, envolve custos que não estão ao nosso alcance. Para tanto, seria necessário um maior envolvimento da comunidade, e de entidades preocupadas com a nossa causa. Nós temos métodos próprios de entrar em contato com potenciais colaboradores e divulgar a Associação, entretanto, eles não têm demonstrado o poder de alcance desejado. Precisaríamos de veículos mais eficientes, que superassem os que viemos utilizando, daí estarmos encaminhando essa correspondência no intuito de contar com sua colaboração. Certo de sua compreensão, colocamo-nos ao seu dispor para qualquer esclarecimento e firmamo- nos. Atenciosamente ASGAP Esperança no apoio ao paciente portador de câncer. Estamos nesta nessa luta e gostariamos de contar com seu apoio. Conheça a ASGAP, acesse: ou Ladeira do Ipiranga,nº28 – Cidade Nova Tel / Acredito que você, caro leitor, poderá nos ajudar pesquisado entre seus amigos, quem poderia se associar a nós e formar grupos para ajudarem nosso trabalho. Hoje nossa arrecadação está insuficiente para custear as despesas e providencias urgentes devem ser encontradas para solucionar o problema. Entre em contato conosco,apresente sua idéia e vamos à luta : AJUDE A ASGAP A AJUDAR Presidente : Francisco Dantas Diretor Social: Mariana Pena Godoy Vice-Presidente: Jorge Britto de S. Ribeiro Diretor Financeiro: Maria da Graça Sobrinho Diretor Administrativo: Ana Maria C. Duarte Diretor Assistencial: Maria Alba T. de Oliveira JORNAL ASGAP Jornal da ASGAP - Associação Solidariedade Grupo de Apoio ao Paciente Portador de Câncer ANO III MARÇO/2013 N. 31 DOAÇÕES : BRADESCO Agência: PITUBA C/C: ou C/C:

2 2 Com citações poéticas e divertidas, QUANTO MAIS VELHO MELHOR oferece inspiração para que você, não importa se velho ou novo, aproveite os frutos da idade para amar, se lançar a novos desafios e viver plenamente. Sempre tentou. Sempre falhou. Não importa, tente novamente. Falhe novamente. Falhe melhor (SAMUEL BECKETT, dramaturgo) Enquanto você conseguir admirar e amar,será jovem para sempre ( PABLO CASALS, músico) Quando você chega ao fim de toda luz que conhece e é hora de adentrar a escuridão do desconhecido, ter fé é saber que uma destas duas coisas vai acontecer : ou lhe será dado algo sólido em que se apoiar ou ensinarão você a voar (EDWARD TELLER, físico) Estou às portas da morte. O problema é que tenho medo de bater (W. SOMERSET MAUGHAM, músico) Aos 80 anos, acredito que sou uma pessoa muito mais jovial do que era aos 20 ou 30. Definitivamente, eu não gostaria de ser adolescente de novo. A juventude pode ser gloriosa, mas também é dolorosa.Alem disso, o que chamamos de juventude não é juventude. Está mais para velhice prematura (HENRY MILLER, escritor) As pessoas tendem a se tornar mais tolerante e generosas à medida que envelhecem, mas, por outro lado, muitas vezes interagimos menos com os outros e perdemos um pouco de interesse pelo que acontece a nossa volta. Portanto, essa generosidade não nos sai tão cara assim (EDWARD HOAGLAND, escritor) As igrejas, antes sagradas, foram reduzidas a pó e cinzas. E agora nossos corações estão ainda mais ávidos por dinheiro. Agimos como se estivéssemos condenados a morrer amanhã, mas construímos casas como se fossemos viver para sempre (SÃO JERONIMO) Ao longo da vida, recebemos algumas pistas que nos fazem lembrar que a direção que supostamente devemos seguir. Se não prestar atenção, você acaba fazendo escolhas ruins e tendo sua vida infeliz. Se ficar atento, aprenderá as lições e terá uma vida plena, incluindo uma morte digna (ELISABETH KÜBLER-ROSS, psiquiatra) As pessoas sempre me perguntam como é a morte. Eu lhes respondo que é a gloria.É a coisa mais fácil pela qual vão passar. A vida é difícil. A vida é uma luta. A vida é como ir para a escola. Voce aprende muitas lições. Quanto mais se prende, mais dificeis as lições se tornam (ELISABETH KÜBLER-ROSS, psiquiatra) Um dos maiores obstáculos da vida é ter medo de errar, porque isso o paralisa. E você precisa se movimentar livremente na arena, não pode esperar pela situação perfeita, o momento ideal...Se tiver de cometer um erro, é melhor que seja agindo do que por omissão. Se tivesse mais uma chance, eu me arriscaria (FREDERICO FELLINI, cineasta) QUANTO MAIS VELHO MELHOR

3 3 MENSAGEM DE SABEDORIA I-A FE É UMA DECISÃO – A fé cristã não é apenas um conjunto de proposições a serem aceitas com base na concordância intelectual.A fé é o conhecimento vivido por Cristo, uma lembrança viva de Seus mandamentos, uma verdade da qual se vive.Nenhuma palavra é verdadeiramente aceita antes de ser colocada em prática. A fé é uma decisão que envolve toda nossa existência. É um encontro, um diálogo, uma comunhão de amor e de vida entre aquele que crê e Jesus Cristo, o Caminho,a Verdade e a Vida.A fé acarreta um ato de confiante abandono a Cristo que nos capacita a viver como Ele viveu, um profundo amor a Deus e a nossos irmãos e irmãs. II-ORAÇÃO E AÇÃO – A profunda unidade entre oração e ação está na base de toda renovação espiritual, especialmente entre os fieis. Está também na base dos grandes empreendimentos de evangelização e construção do mundo de acordo com o plano de Deus. III- ENCONTRANDO SIGNIFICADO – A visão contemplativa não se deixa vencer pelo desânimo diante dos enfermos, dos que sofrem, dos excluídos ou dos que estão à beira da morte. Ela se sente, ao contrário, desafiada a encontrar significado em todas essas situações, e é precisamente diante de cada pessoa que ela descobre um chamado ao encontro, ao diálogo e à solidariedade. Essas MENSAGENS DE SABEDORIA passadas aqui se bem entendidas, nos trarão muito mais motivos para vivermos felizes. Dizem que a gente leva da vida a vida que a gente leva e nada melhor do que chegarmos diante de Deus com uma Vida Bem Vivida ANIVERSARIANTES DE MARÇO PARABENS A VOCES NESSAS DATAS QUERIDAS MUITAS FELICIDADES, MUITOS ANOS DE VIDA 01 ANTONIO FRANCISCO OLIVEIRA COTRIM 02 ROSA DA CONCEIÇÃO CHAGAS/ ANDRÉ LOPES AMOEDO/ANTONIO FERNANDO DE SOUZA LOPES / JACIRA FIGUEIREDO VAZ / JOSÉ BORGENS CISIACO/ MARCIO / FÁBIO OLIVEIRA CASTRO 03 MARIANA PENA GODOY ANA MARIA C. DUARTE / FELIPE DOS ANJOS ARAUJO 06 MARIA HELENA CARDOSO DOS SANTOS 07 MARILENE BORGES / MARIA DE JESUS / ANANIAS VIANA DIAS / SINVALDO VIEIRA TEIXEIRA 08 CARLOS ALEXANDRE PEREIRA TEIXEIRA / ROSANA OLIVEIRA DOS SANTOS 09 LENA SOARES // MARILEIDE DA SILVA USEDA 10 DONATO ASSIS FERREIRA 11 DAYANE FLAVIO NASCIMENTO SANTOS / JUDITH FERREIRA FRANÇA / MIRALVA ALVES PAIXÃO 12 ARLETE DA SILVA / ELIOMAR FRANCISCO PAES 13 MADALENA PEREIRA / ISABEL BRITO FONSECA 14 EDGAR SANCHO RIOS / MARIA APARECIDA DE OLIVEIRA / MANUEL BONFIM DA CRUZ / SANTINO ALVES DE OLIVEIRA 15 PAULA BRITTO 16 VIRGILIO CÉSAR COELHO / MARIA DE LOURDES ALMEIDA PENA 17 ENELMAR SANTOS CORREIA / CRISTIANE GOMES LEITE 18 MARIA JOSÉ VIVAS FIUZA 19 BETINA TANAJURA / MARIA JOSÉ DE JESUS 20 MARIA SOUZA DE ARAUJO / JUVENCIO CASEMIRO DE SOUZA NETO 22 JORGE BRITTO 23 MARIA DE LOURDES FRANCISCO DOS SANTOS 25 MARIA DE FÁTIMA ARAUJO MENEZES 26 MARIANA ALVES MOREIRA 28 ANTONIO CARLOS FARIAS MARTINS/ SINVAL SIRQUEIRA SOARES 29 NEIVA PEREIRA DE CASTRO / MARISLENE MARIA COTRIM 30 SÔNIA PLASSIM DE ALMEIDA 31 ELOSMAR FIUZA DA SILVA AGRADECIMENTOS A todos que colaboraram conosco, o nosso muito obrigado. Que Deus retribua suas ações com graças e realizações almejadas. Quer participar do nosso Jornal? Mande sua mensagem, textos, informações, depoimentos! Participe! Mande para:

4 4 ENSINAMENTOS INDIGENAS : 1-SEREMOS CONHECIDOS PARA SEMPRE PELAS PEGADAS QUE DEIXAMOS - (DAKOTA) 2-NÃO ANDE ATRAS DE MIM, TALVEZ EU NÃO SAIBA LIDERAR. NÃO ANDE NA MINHA FRENTE, TALVEZ EU NÃO QUEIRA SEGUI-LO. ANDE AO MEU LADO, PARA PODERMOS CAMINHAR JUNTOS. (Provérbio UTE) 3-NO DIA DO SEU NASCIMENTO, VOCÊ CHOROU E O MUNDO SE ALEGROU. VIVA SUA VIDA DE MODO QUE, NO DIA DA SUA MORTE, O MUNDO CHORE E VOCÊ SE ALEGRE. (CHEROKEE). 4-QUANDO MOSTRAMOS O NOSSO RESPEITO POR OUTROS SERES VIVOS, ELES RESPONDEM COM RESPEITO POR NÓS. (ARAPAHO) 5-O QUE É A VIDA? É A LUZ DE UM VAGALUME NA NOITE. É O SOPRO DE UM BÚFALO NO INVERNO. É A PEQUENA SOMBRA QUE CORRE PELA GRAMA E SE PERDE COM O POR DO SOL (BLACKFOOT) 6-QUANDO COMPREENDEMOS PROFUNDAMENTE A VERDADE DOS NOSSOS CORAÇÕES SABEREMOS LOUVAR, AMAR E AGRADECER AO GRANDE ESPIRÍTO (PROVERBIO OGLALA SIOUX) 7-NÃO BASTA FALAR SOBRE A PAZ, É PRECISO PENSAR, SENTIR E AGIR EM PAZ. (PROVERBIO SHENANDOAH) 8-QUANTO MAIS ESPERTO O HOMEM SE JULGA, MAIS PRECISA DE PROTEÇÃO DIVINA PARA DEFENDER-SE DE SI MESMO. (PROVERBIO SENECA) 9-SEMELHANTE A UMA FLOR QUE PARECE LINDA MAS NÃO TEM NENHUM PERFUME, ASSIM SÃO AS PALAVRAS INFRUTIFERAS DO HOMEM QUE AS FALA E NÃO COLOCA EM PRATICA (DHAMMAPADA) 10-QUE MEUS INIMIGOS SEJAM FORTES E BRAVOS PARA QUE EU NÃO SINTA REMORSOS AO DERROTA-LOS. (PROVERBIOS SIOUX-CLÃ DOS LOBOS) O TEMPO PASSOU E ME FORMEI EM SOLIDÂO Sou do tempo em que ainda se fazia visitas. Lembro-me da minha mãe mandando a gente caprichar no banho porque a família toda ia visitar algum conhecido. Íamos todos juntos, família grande, todo mundo a pé. Geralmente, à noite. Ninguém avisava nada, o costume era chegar de pára-quedas mesmo. E os donos da casa recebiam alegres a visita. Aos poucos, os moradores iam se apresentando, um por um. -Olha o compadre aqui, garoto! -Cumprimenta a comadre. -E o garoto apertava a mão do meu pai, da minha mãe, a minha mão e a mão dos meus irmãos. -Aí chegava outro menino. Repetia-se toda a diplomacia.- Mas vamos nos assentar, gente. Que surpresa agradável! -A conversa rolava solta na sala. Meu pai conversando com o compadre e minha mãe de papo com a comadre. Eu e meus irmãos ficávamos assentados todos num mesmo sofá, entreolhando-nos e olhando a casa do tal compadre. -Também eram assim as visitas, singelas e acolhedoras. Tão acolhedoras que era também costume servir um bom café aos visitantes. Como um anjo benfazejo, surgia alguém lá da cozinha - geralmente uma das filhas - e dizia:- Gente, vem aqui pra dentro que o café está na mesa. -Tratava-se de uma metonímia gastronômica. O café era apenas uma parte: pães, bolo, broas, queijo fresco, manteiga, biscoitos, leite... tudo sobre a mesa. -Juntava todo mundo e as piadas pipocavam. -Quando saíamos, os donos da casa ficavam à porta até que virássemos a esquina. Ainda nos acenávamos. -E voltávamos para casa, caminhada muitas vezes longa, sem carro, mas com o coração aquecido pela ternura e pela acolhida. -O tempo passou e me formei em solidão. -Tive bons professores: televisão, vídeo, DVD, e- mail... -Vamos marcar uma saída!... - ninguém quer entrar mais. -Assim, as casas vão se transformando em túmulos sem epitáfios, que escondem mortos anônimos e possibilidades enterradas. -Cemitério urbano, onde perambulam zumbis e fantasmas mais assustados que assustadores. -Casas trancadas. Pra que abrir? O ladrão pode entrar e roubar a lembrança do café, dos pães, do bolo, das broas, do queijo fresco, da manteiga, dos biscoitos do leite... -Que saudade do compadre e da comadre!


Carregar ppt "EDITORIAL EQUIPE Faça parte da equipe do nosso JORNAL ASGAP Mande seu artigo pelo CONTATOS ASGAP - Casa de Apoio."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google