A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fonte: A Construção do Desenvolvimento Sustentado, UNC, 2006.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fonte: A Construção do Desenvolvimento Sustentado, UNC, 2006."— Transcrição da apresentação:

1

2 Fonte: A Construção do Desenvolvimento Sustentado, UNC, 2006

3 138 mil *O segmento é constituído de cerca de 138 mil lojas em todo o Brasil 15 milhões *A cadeia da Construção Civil emprega 15 milhões de pessoas, sendo 4 milhões 4 milhões diretamente. 50 mil lojas *A Anamaco tem em seu banco de dados 50 mil lojas cadastradas, das quais 56% estão localizadas no estado de São Paulo; 10% em Minas Gerais; 6% no Rio de Janeiro; 4,5% no Rio Grande do Sul; 4% no Paraná ; 4% na Bahia e 3,5% em Santa Catarina. *Dos 4,1% pertencentes a Material de Construção no tocante ao PIB, 72% se devem às lojas de pequeno e médio portes.

4 Estudos efetuados pela empresa americana de consultoria Booz Allen Hamilton77% Booz Allen Hamilton para o setor demonstram que 77% das unidades habitacionais produzidas no Brasil são em regime auto-gestão: de auto-gestão: como a maioria dos brasileiros não pode adquirir um imóvel financiado, os próprios consumidores adquirem os produtos aos poucos e, com a ajuda dos vizinhos ou terceirizando o serviço (contratando um pedreiro, alguém para instalar o piso, etc) faz-se mais um cômodo, a própria moradia ou reforma-se a antiga. Embora o poder de compra do brasileiro tenha diminuído nos últimos anos, ele continua comprando o material porque é uma necessidade.

5 O mercado é bastante heterogêneo, sendo a Construção Auto-Gerida / Auto-Financiada predominante...** ( 1) Estão excluídas as Obras de Arte, Construção Pesada e Obras Industriais e Obras de infra-estrutura (2) O número de Unidades Habitacionais (U.H.) não contempla as reformas em unidades pré-existentes Fonte: PNAD; Bacen; Caixa; Ministério das Cidades; CBIC; Prospectividade Tecnológica; PINI; base 2001 **Fonte: Pesquisa da Consultoria Booz Allen Hamilton Auto- Financiamento Privado R$ 48 Bi (62%) 700 mil U.H. (2) (64%) R$ 48 Bi (62%) 700 mil U.H. (2) (64%) R$ 22 Bi (30%) 100 mil U.H. (9%) R$ 22 Bi (30%) 100 mil U.H. (9%) R$ 0,7 Bi (0,9%) 20 mil U.H. (2) (2%) R$ 0,7 Bi (0,9%) 20 mil U.H. (2) (2%) R$ 0,4 Bi (0,5%) 50 mil U.H. (5%) R$ 0,4 Bi (0,5%) 50 mil U.H. (5%) R$ 3 Bi (4,1%) 130 mil U.H. (2) (12%) R$ 3 Bi (4,1%) 130 mil U.H. (2) (12%) R$ 2 Bi (2,7%) 100 mil U.H. (9%) R$ 2 Bi (2,7%) 100 mil U.H. (9%) Financiamento Governamental R$ 70 Bi (92%) 800 mil U.H. (73%) R$ 1,1 Bi (1,4%) 70 mil U.H. (6%) R$ 5 Bi (6,8%) 230 mil U.H. (21%) R$ 52 Bi (67%) 850 mil U.H. (2) (77%) R$ 24 Bi (33%) 250 mil U.H. (23%) Segmentação da Construção Habitacional (1) Construção Via Construtora Construção Auto-Gerida

6 Apesar de sua importância sócio-econômica, a Construção Civil enfrenta sérios desafios** Representa 13% do PIB O setor habitacional –Fatura R$ 75 bilhões por ano –Gera 5,2 milhões de empregos diretos... –... e outros 15 milhões de empregos indiretos e induzidos –Arrecada cerca de R$ 15 bilhões em impostos Peso Expressivo na Economia... Impacto Sócio-Econômico do Construbusiness... Porém com déficit habitacional crescente... Aumento de 32% Milhões de Unidades...E mercado estagnado ( ) Varejo de Mat. Const.* PIB* População Nota (*): Crescimento real (descontada a inflação) **Fonte: Pesquisa da Consultoria Booz Allen Hamilton

7 ... em todas as classes sociais** Expansão e Reforma de Unidades Residenciais (mil unidades habitacionais) Edificações Residenciais Novas (mil unidades habitacionais) Construção via Construtora Construção Auto-Gerida Fonte: Pesquisa IBOPE Construção via Construtora Construção Auto- Gerida **Fonte: Pesquisa da Consultoria Booz Allen Hamilton

8 *O Brasil tem uma enorme demanda por material de construção, 7,5 milhões pois conta com 45 milhões de domicílios, dos quais 7,5 milhões não têm banheiros não têm banheiros, de acordo com dados do IBGE. *Ao contrário do que se pensa, a compra dos materiais de 23% dos produtos construção pelas construtoras representa apenas 23% dos produtos fabricados pelo segmento. *A Anamaco (Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção) – entidade que representa em âmbito nacional 138 mil lojas de materiais de construção - atua no governo federal, objetivando a criação de novos sistemas de crédito e a redução de impostos sobre os produtos do setor

9 Faturamento do setor – em bilhões de reais

10 Maio de 2008 Pesquisa ANAMACO 2008

11 Introdução Desde 1999 a ANAMACO e o IBOPE desenvolvem uma pesquisa para subsidiar os fabricantes da ind ú stria de materiais de constru ç ão no acompanhamento do desempenho de marcas em diversas categorias de produto. A pesquisa tamb é m elege as empresas que mais se destacaram no ano de 2007, de acordo com os crit é rios do Í ndice ANAMACO. Estas empresas são premiadas com o Prêmio ANAMACO 2008.

12 Metodologia / Target A pesquisa foi quantitativa, realizada através de entrevistas telefônicas via CATI – Computer Assisted Telephone Interviews – com a utilização de um questionário estruturado, composto apenas por perguntas fechadas, previamente submetido à aprovação da ANAMACO. Público-alvo Amostra Período de campo: Proprietários, Gerentes ou principais responsáveis pelo setor de compras dos estabelecimentos avaliados. Foram realizadas 1405 entrevistas distribuídas entre os diversos estados brasileiros. As entrevistas foram realizadas entre 07/12/2007 e 27/2/2008.

13 Definições Os lojistas entrevistados foram segmentados em dois grupos: Pequenos/ médios caracterizada por lojas de pequeno e médio porte sob a ótica das indústrias de material de construção. Grandes Clientes caracterizada pela amostra de lojistas pertencentes ao ranking anual da Revista ANAMACO, elaborado de acordo com a importância das lojas para as indústrias de materiais de construção.

14 Norte Nordeste Centro-Oeste Sudeste Sul 18% 52% 17% 7% 6% Perfil das lojas Região São Paulo29% Rio de Janeiro10% Minas Gerais10% Espírito Santo 2% Rio Grande do Sul7% Paraná 6% Santa Catarina4% Pará 2% Amazonas1% Rondônia1% Roraima1% Tocantins1% Bahia6% Pernambuco4% Ceará 3% Maranhão1% Alagoas1% Paraíba 1% Rio grande do Norte1% Piauí 1% Sergipe1% Goiás 3% Distrito Federal2% Mato Grosso1% Mato Grosso do Sul1%

15 Perfil das lojas Tamanho (área de vendas) Base: Total da amostra (1432)Base: Total da amostra (1405) P26. Considerando a área de venda das lojas, ou seja, a área de exposição dos produtos, sem contar a área de estoque, qual é a área total em m 2 de todas as lojas pelas quais o(a) sr(a) é responsável pelo setor de compras?

16 Perfil das lojas Tamanho x Tipo de loja (%) Pequenos /médios Total Grandes clientes Base: (2006) Total das amostra (1432) Peq/médios (1294) Grande (138) Base: (2007) Total das amostra (1405) Peq.médios 1261) Grande (144) P26. Considerando a área de venda das lojas, ou seja, a área de exposição dos produtos, sem contar a área de estoque, qual é a área total em m 2 de todas as lojas pelas quais o(a) sr(a) é responsável pelo setor de compras?

17 Perfil das lojas Número de funcionários (%) Base: (2006) Total das amostra (1432) Peq/médios (1294) Grande (138) Base: (2007) Total das amostra (1405) Peq/médios (1261) Grande (144) P25. Qual é o numero total de funcionários de todas as loja(s) pela(s) qual(is) o(a) sr.(a) é responsável pelo setor de compras? (RU – ESPONTÂNEO) Total Grandes Clientes Média Pequenos/ médios

18 Perfil das lojas Número de itens comercializados P27. Qual o o número de itens de todas as loja(s) pela(s) qual(is) o(a) sr.(a) é responsável pelo setor de compras? (%) Pequenos/médios Total Grandes Clientes 6,629 6,831 5,298 5,320 19,687 19,273 Média Base: (2006) Total das amostra (1432) Peq/médios (1294) Grande (138) Base: (2007) Total das amostra (1405) Peq/ médios (1261) Grande (144)

19 Perfil das lojas Número de lojas (%) P23. A sua empresa é composta por quantas lojas no Brasil? (RU – ESPONTÂNEO) 2 Lojas ou + Base: (2006) Total das amostra (1432) Base: (2007) Total das amostra (1405) Média 2006: 3, : 2,42

20 Pequenos/médios Grandes clientes Perfil das lojas Número de lojas Lojas ou + Base: (2006) Pequeno/ Médio (1294) Grande (138) Base: (2007) Pequeno/ Médio (1261) Grande (144) (%) P23. A sua empresa é composta por quantas lojas no Brasil? (RU – ESPONTÂNEO)

21 P17. Pensando no faturamento total de suas lojas no ano de 2006, vamos considerar as 5 categorias que mais contribuíram para o total do faturamento? (RM – ESPONTÂNEO) 5 Categorias que mais Contribuíram para o Faturamento Total das Lojas em 2006 e Total das Menções Base : (2006) Total das amostra (1432) Base : (2007) Total das amostra (1405) Tintas para teto e parede Cimentos Tubos e conexões de PVC para á gua fria Revestimentos cerâmicos (piso e parede) Conexões de PVC para á gua fria Argamassas colantes Vergalhões de a ç o Fios e cabos el é tricos Metais sanit á rios não economizadores Lou ç as sanit á rias (%)


Carregar ppt "Fonte: A Construção do Desenvolvimento Sustentado, UNC, 2006."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google