A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Objetivos do Trabalho A mobilidade urbana da metrópole paulistana envolve um complexo sistema de transportes, o qual funciona em escala metropolitana.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Objetivos do Trabalho A mobilidade urbana da metrópole paulistana envolve um complexo sistema de transportes, o qual funciona em escala metropolitana."— Transcrição da apresentação:

1

2 Objetivos do Trabalho A mobilidade urbana da metrópole paulistana envolve um complexo sistema de transportes, o qual funciona em escala metropolitana e regional. O transporte coletivo representa um papel fundamental no dia- a-dia da metrópole. Teremos por objetivo demonstrar o funcionamento dos transportes públicos em São Paulo, seus problemas assim como a proposição de soluções a esse complexo sistema.

3 A mobilidade urbana no município de São Paulo é caracterizada por um sistema de transportes complexo. A questão da mobilidade nesta cidade engloba necessariamente a escala metropolitana e regional. A cidade é conhecida pela convergência de diversas rodovias estaduais e federais. O transporte coletivo representa um papel fundamental no dia-a-dia da metrópole. Transporte Metropolitano em São Paulo

4 O Transporte público na Região Metropolitana de São Paulo é caracterizado por um sistema de transportes integrados, um conjunto de linhas de transporte metroviário, ferroviário, e sobre pneus intermunicipal. A Secretaria dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo é a responsável pelas três empresas de transporte público do estado, o Metrô, a CPTM e a EMTU/SP. Devem proporcionar mobilidade a qualquer cidadão, contribuir com o meio ambiente e proporcionar o menor congestionamento possível.

5 SPTrans MetrôCPTMEMTU/SP

6

7 A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU/SP) é responsável pela expansão e operação do transporte de média e baixa capacidade nas regiões metropolitanas de São Paulo, Campinas e Baixada Santista. Cabem também à EMTU/SP, os fretamentos metropolitanos e os serviços especiais, como as ligações entre os aeroportos de Congonhas e Guarulhos e a Ponte Orca. Atualmente, a EMTU-SP atende todos os 67 municípios das três regiões metropolitanas, somando 23 milhões de habitantes, com uma frota aproximada de ônibus.

8 CPTM

9 A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos é responsável pela expansão e operação dos serviços de transporte de trens metropolitanos de passageiros nas regiões metropolitanas e aglomerações urbanas do Estado de São Paulo. Número de Linhas 6 linhas Frota atual em operação 110 trens Número de estações 89 em funcionamento Passageiros transportados /dia 1,96 milhões (nov./2007) Extensão total das linhas 260,8 km

10 Investimentos de R$6,6 bilhões; Extensão das linhas; Aumento e manutenção da frota; Modernização da infra-estrutura.

11 Metrô

12 A Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) é responsável pela expansão e operação do serviço de transporte metroviário de passageiros e suas conexões intermodais na RMSP. Vantagens: -transporte barato -transporte rápido(média comercial de 33k/h em São Paulo) - polui menos que outros transportes públicos como o ônibus -faz viagens longas em pouco tempo -grande capacidade de passageiros -seguro e moderno Dados: -118 trens -3,5 milhões de passageiros/dia -possui 4 linhas(prontas) com cerca de 62km -55 estações

13 Pontos negativos do metrô em São Paulo: -poucas linhas para o tamanho da cidade -super lotação dos trens -poucos profissionais(cerda de 7 mil) para o número de passageiros/dia. Preços: -bilhete: -exclusivo: R$2,45 até R$2,55 -integrados:R$4,80 -Especial Idoso:-- -especial aposentado:-- Manutenção: -feita diariamente no período noturno -testes nos eletrônicos -revisão dos trens -reparo de equipamentos

14 Metrô

15 Expansão São Paulo

16 -O plano de expansão do transporte público do estado de SP beneficiara as regiões metropolitanas de São Paulo, Campinas e Baixada Santista. Está sendo investindo R$ 20 bilhões, valor mais alto destinado a modernização do transporte público -A rede sobre trilhos em São Paulo será quadruplicada, de 61,3 km para 240 km (sendo 160 km em trilhos da CPTM), - O que deverá elevar em 55% o número de usuários e provocar uma redução média de 25% no tempo de viagem. Transportando cerca de 7,5 milhões de pessoas por dia pela CPTM e pelo Metrô. - Novos corredores de ônibus e o metrô leve farão a integração entre os demais trechos,. Todas as estações estão sendo reformadas e adaptadas, em respeito a pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. -Serão feitas 10 novas estações de metrô até 2010, segundo o governo de São Paulo. - Já foram entregues 9 estações de trem e 12 trens em um total de 60 novos trens. - O Expansão SP visa favorecer a circulação das pessoas, encurtar distâncias e promover a economia de tempo e dinheiro de quem usa o transporte público.

17 Trânsito em SP: Sinônimo de Caos O transporte público é debilmente subsidiado quase metade das famílias da cidade se deslocam por automóveis particulares. Infra estrutura metro-ferroviária poderia ser maior. Falta de investimentos aos pedestres e a meios de transporte alternativos como bicicletas.

18

19 Restrição a ônibus fretados começa nesta segunda em SP 27/07/09 RESTRICAO+A+ONIBUS+FRETADOS+COMECA+NESTA+SEGUNDA+EM+SP.html Comentário: Motorista em situação irregular terá de pagar multa de R$ 3,4 mil. Prefeitura criou novas linhas para atender os passageiros dos fretados. -A partir do dia 27/07 ônibus fretados que circulam na capital paulista terão que transitar no limite da Zona Máxima de Restrição de Fretados (ZMRF), formada pelas marginais Pinheiros e Tietê e avenidas como a dos Bandeirantes, Ricardo Jafet e do Estado. -Além dos ônibus, os micro-ônibus e vans fretados também estão proibidos de circular no Centro expandido da cidade. A restrição vale de segunda a sexta-feira, das 5h às 21h -Motorista em situação irregular terá de pagar multa de R$ 3,4 mil. -As novas regras mexem com a rotina de 44 mil pessoas que usam esse tipo de transporte. -Desde que foram anunciadas, as mudanças provocaram muita polêmica. Empresas dizem ter perdido muitos clientes, que irão voltar a colocar seus carros nas ruas. A prefeitura fiz que a mudança vai diminuir em 11% os congestionamentos dentro da zona de restrição. Atualidade

20

21 Questões 1) (FUVEST-2002 / ADAPTADO) As nações de grande extensão territorial têm nas hidrovias e ferrovias o centro de seus sistemas de transportes. No caso brasileiro, a ênfase é dada ao sistema rodoviário, responsável por 96% do movimento de passageiros e por 63% do transporte de carga. a) Qual a região de maior densidade viária e de maior fluxo de transporte considerando as cinco grandes regiões do IBGE? Justifique.

22 2)Faça a análise da charge abaixo:

23 Conclusão A partir da pesquisa e do estudo feito em cima da questão do transporte nas metrópoles brasileiras, vimos que se trata de um problema muito grande e muito complexo, que deve ser analisado cuidadosamente e ao mesmo tempo ser levado a sério, buscando alternativas e soluções para ao menos amenizar tal problema muito presente nas grandes cidades brasileiras. Não podemos deixar de ressaltar também que é um problema crescente, que se realça cada vez mais a cada ano que passa, como apontado por diversos índices alarmantes e fatos preocupantes quanto a,por exemplo, a quantidade de carros circulando nas vias de São Paulo. Certamente, medidas devem ser tomadas para que se possa barrar esse problema tais como: a extensão das pequenas linhas de metrô presentes nas cidades, o aprimoramento do conforto dos ônibus que circulam nas metrópoles, assim como o aumento da frota dos mesmos e desenvolvimento de novas ferrovias. A conscientização da população para que evitem o uso de carros, ou que reduzam ao máximo o número de carros usados para se locomoverem pela cidade, a partir, por exemplo, das chamadas caronas.

24 Bibliografia INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTE URBANO DE SÃO PAULO- por Ciro Biderman Música de Introdução: Riders on the Storm- The Doors ft. Snoop Dog Música- Galeria de Imagens: Marcelo D2- Desabafo


Carregar ppt "Objetivos do Trabalho A mobilidade urbana da metrópole paulistana envolve um complexo sistema de transportes, o qual funciona em escala metropolitana."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google