A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FACULDADE UNA DE CONTAGEM CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA FACULDADE UNA DE CONTAGEM CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA PLANEJAMENTO DE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FACULDADE UNA DE CONTAGEM CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA FACULDADE UNA DE CONTAGEM CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA PLANEJAMENTO DE."— Transcrição da apresentação:

1 FACULDADE UNA DE CONTAGEM CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA FACULDADE UNA DE CONTAGEM CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA PLANEJAMENTO DE SISTEMAS DE TRANSPORTES. MODAL AÉREO ALUNOS: CAMILA PIRES ETIENE MENDES ETIENE MENDES EVERTON LUIS ALVES EVERTON LUIS ALVES FÁBIO AUGUSTO FÁBIO AUGUSTO JONATHAN SILVESTRE JONATHAN SILVESTRE LEONARDO C. LEONARDO C. MONICA ANDRADE MONICA ANDRADE

2 Após a segunda guerra mundial a aviação de uma forma geral assistiu a um grande desenvolvimento,transformando o avião num dos principais meios de transporte de passageiros e cargas. Após a segunda guerra mundial a aviação de uma forma geral assistiu a um grande desenvolvimento,transformando o avião num dos principais meios de transporte de passageiros e cargas. O transporte aéreo foi o que mais contribuiu para a redução da relação entre distância e tempo, ao percorrer rapidamente distâncias longas. O transporte aéreo foi o que mais contribuiu para a redução da relação entre distância e tempo, ao percorrer rapidamente distâncias longas.

3 O transporte aéreo está sendo utilizado por um número cada vez maior de embarcadores apesar das taxas de frete aéreo excederem as do rodoviário em mais de duas vezes, e as do ferroviário por mais de dezesseis vezes. O transporte aéreo está sendo utilizado por um número cada vez maior de embarcadores apesar das taxas de frete aéreo excederem as do rodoviário em mais de duas vezes, e as do ferroviário por mais de dezesseis vezes. O atrativo é a sua velocidade incomparável entre origem e destino, principalmente em longas distâncias. O atrativo é a sua velocidade incomparável entre origem e destino, principalmente em longas distâncias. É o transporte adequado para mercadorias de pequenos volumes, alto valor agregado ou com urgência na entrega. É o transporte adequado para mercadorias de pequenos volumes, alto valor agregado ou com urgência na entrega.

4 ÓRGÃOS REGULADORES MINISTÉRIO DA AERONÁUTICA: É o responsável máximo pela navegação aérea e aeroportos do país. MINISTÉRIO DA AERONÁUTICA: É o responsável máximo pela navegação aérea e aeroportos do país. ANAC- Agência Nacional de Aviação Civil: ANAC- Agência Nacional de Aviação Civil: Departamento ligado ao ministério da Aeronáutica, controla aviação nacional e internacional no país seguindo as normas internacionais dos acordos da aviação civil internacional. Departamento ligado ao ministério da Aeronáutica, controla aviação nacional e internacional no país seguindo as normas internacionais dos acordos da aviação civil internacional.

5 INFRAERO: INFRAERO: Empresa ligada ao ministério da Aeronáutica responsável pela administração e construção de aeroportos no Brasil, controla os armazéns de cargas nas exportações e importações nos terminais aeroportuários brasileiros e terminais de passageiros. Empresa ligada ao ministério da Aeronáutica responsável pela administração e construção de aeroportos no Brasil, controla os armazéns de cargas nas exportações e importações nos terminais aeroportuários brasileiros e terminais de passageiros.

6 VANTAGENS É o mais rápido para transportar passageiros e cargas a médias e grandes distâncias. É o mais rápido para transportar passageiros e cargas a médias e grandes distâncias. Não necessita de embalagens mais reforçadas. Não necessita de embalagens mais reforçadas. Geralmente os aeroportos estão localizados próximos aos centros de produção tanto industrial quanto agrícola. Geralmente os aeroportos estão localizados próximos aos centros de produção tanto industrial quanto agrícola.

7 Possibilita a redução de estoques nas organizações. Possibilita a redução de estoques nas organizações. Favorece o sistema de produção Just in Time. Favorece o sistema de produção Just in Time. É um dos mais seguros e cômodos. É um dos mais seguros e cômodos. É o mais adequado para o transporte de mercadorias de alto valor agregado e perecíveis. É o mais adequado para o transporte de mercadorias de alto valor agregado e perecíveis.

8 DESVANTAGENS Menor capacidade de carga em relação aos modais ferroviário e marítimo. Menor capacidade de carga em relação aos modais ferroviário e marítimo. Valor do frete mais elevado em relação aos outros modais. Valor do frete mais elevado em relação aos outros modais. Poluição sonora nas áreas circundantes aos aeroportos. Poluição sonora nas áreas circundantes aos aeroportos. Elevado consumo de combustível. Elevado consumo de combustível. Dependência das condições climáticas. Dependência das condições climáticas.

9 FRETE O frete para o transporte de cargas aéreas é o mais elevado correspondente aos outros modais. Em compensação o tempo de deslocamento porta a porta pode ser bastante reduzido, abrindo um mercado específico para essa modalidade. O frete para o transporte de cargas aéreas é o mais elevado correspondente aos outros modais. Em compensação o tempo de deslocamento porta a porta pode ser bastante reduzido, abrindo um mercado específico para essa modalidade.

10 AERONAVES ALL Cargo ou FULL Cargo- Cargueiro: São aeronaves específicas, configuradas apenas para o transporte de cargas. ALL Cargo ou FULL Cargo- Cargueiro: São aeronaves específicas, configuradas apenas para o transporte de cargas. COMBI- Misto: São aeronaves utilizadas para o transporte conjunto de passageiros e cargas. COMBI- Misto: São aeronaves utilizadas para o transporte conjunto de passageiros e cargas. FULL PAX- Aviões de passageiros: São aeronaves de uso exclusivo de passageiros. FULL PAX- Aviões de passageiros: São aeronaves de uso exclusivo de passageiros.

11 ALL Cargo Do Boeing 737 (15t/93m³) ao Antonov 124/100 (115t/770m³).

12 COMBI Boeing 747 (30t/180m³) ou MD 11 (60t/400m³).

13 FULL PAX Do Fokker 100 (1,2t/7m³) ao Boeing 747 (14t/90m³).

14 Cenário Mundial 2% de toda a carga mundial são transportados pelo modal aéreo, representando cerca de 40% em valor agregado.

15 Cenário brasileiro No ano de 2009 o Brasil transportou 1,53% das cargas aéreas mundiais, o que representa aproximadamente toneladas.

16 REFERÊNCIAS MASCARENHAS, G. Apostila e material do Curso de Logística no Comércio Exterior (Administrador de Empresas com habilitação em Comércio Exterior, MBA em Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais pela Fundação Getúlio Vargas, certificado em Estratégia de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas, certificado em Ética pela Fundação Getúlio Vargas em parceria com a Universidade da Califórnia, Consultor e Professor de Comércio Exterior e Negócios Internacionais. MASCARENHAS, G. Apostila e material do Curso de Logística no Comércio Exterior (Administrador de Empresas com habilitação em Comércio Exterior, MBA em Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais pela Fundação Getúlio Vargas, certificado em Estratégia de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas, certificado em Ética pela Fundação Getúlio Vargas em parceria com a Universidade da Califórnia, Consultor e Professor de Comércio Exterior e Negócios Internacionais. aeroportos.html aeroportos.html article&id=1335 article&id=1335


Carregar ppt "FACULDADE UNA DE CONTAGEM CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA FACULDADE UNA DE CONTAGEM CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA PLANEJAMENTO DE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google