A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Respiração. O que é Extrair a energia química armazenada nos alimentos e sua utilização nas diversas atividades organismo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Respiração. O que é Extrair a energia química armazenada nos alimentos e sua utilização nas diversas atividades organismo."— Transcrição da apresentação:

1 A Respiração

2 O que é Extrair a energia química armazenada nos alimentos e sua utilização nas diversas atividades organismo.

3 O que é Conjunto de processos que culminam com a aquisição do gás oxigênio pelas células vivas e a eliminação do gás carbônico para o meio ambiente.

4 Respiração Cutânea se estabelece através da pele (superfície do corpo), por um mecanismo de difusão, a respiração é denominada tegumentar ou cutânea.

5

6 Respiração Branquial Brânquias são estruturas constituídas por delicados filamentos revestidos por epitélio e considerável rede de capilares sangüíneos. Os filamentos branquiais resultam em uma grande superfície de contato com a água.

7

8 Respiração Traqueal Ocorre através de traquéias, constituídas por um conjunto de tubos ramificados nas extremidades, capazes de transportar gás oxigênio desde orifícios externos até os tecidos, onde as trocas gasosas são efetuadas.

9

10 Respiração Pulmonar Ocorre através dos pulmões. Nos mamíferos, os pulmões exibem grande superfície respiratória graças à presença de milhões de pequenas bolsas recobertas de vasos sangüíneos; chamadas de alvéolos pulmonares.

11

12 Os Gases Respiratórios Os gases do ar que têm interesse fisiológico são três: N2 (78%), O2 (21%) e CO2 (0,03%).

13 Respiração Humana Tubo respiratório: Cavidades Nasais Faringe Laringe Traquéia Brônquios bronquíolos Pulmões

14

15 Cavidades Nasais apresentam as narinas. Nas cavidades nasais, ocorre a presença de pêlos curtos; a mucosa que as reveste produz muco. As cavidades nasais apresentam-se ricamente vascularizadas, fato que permite um aquecimento prévio do ar, facilitando a difusão do gás oxigênio para o sangue, nos alvéolos.

16 Faringe conduto comum tanto ao sistema digestório quanto ao sistema respiratório. A faringe não tem ação simultânea, pois o ato de deglutir inibe automaticamente a atividades respiratória.

17 Laringe É um conduto cartilaginoso situado na parte anterior do pescoço. Apresenta um orifício, a glote, pelo qual se comunica com a faringe. Durante a deglutição, esse orifício é fechado por uma válvula reguladora chamada epiglote.

18 Traquéia é um conduto dotado de uma armadura cartilaginosa, que mantém o tubo traqueal sempre aberto. Inferiormente, bifurca-se, formando os brônquios.

19 Brônquios : São condutos que penetram os pulmões, onde se bifurcam repetidamente até formar túbulos de dimensões microscópicas denominadas bronquíolos. Esses, por sua vez, terminam em sacos também microscópicos chamados alvéolos.

20 Pulmões São órgãos de forma cônicos, que contêm os bronquíolos e os alvéolos. Pelo lado externo, os alvéolos comunicam-se com os capilares sangüíneos; o lado interno dos alvéolos encontra-se diretamente em contato com o ar atmosférico inspirado.

21 Pulmões Os pulmões são protegidos por duas membranas, as pleuras. Entre elas há uma fina camada de líquido viscoso, que lhes permite escorregar uma sobre a outra durante os movimentos respiratórios.

22 Pulmões Os dois pulmões ocupam a cavidade torácica, limitada pelos ossos da caixa torácica e, inferiormente, o diafragma, que separa o tórax do abdome.

23 Inspiração e Expiração A inspiração compreende a penetração do ar atmosférico até os alvéolos pulmonares. Já a expiração consiste na eliminação do ar contido nos pulmões para o meio externo.

24 Músculos Respiratórios Os músculos respiratórios diafragma e intercostais têm sua atividade regulada pelo centro respiratório situado no bulbo, uma região do sistema nervoso central, localizada abaixo do cérebro.

25 Músculos Respiratórios Sob o comando do bulbo, o nervo frênico estimula a contração diafragmática; dessa forma o diafragma desce, determinando um aumento do diâmetro vertical torácico.

26 Músculos Respiratórios Os nervos intercostais, por sua vez, estimulam a contração dos músculos intercostais, que assim, levantam as costelas acarretando um aumento do diâmetro horizontal torácico.

27 Músculos Respiratórios Mediante as contrações dos músculos respiratórios, o tórax amplia-se, o que determina a penetração do ar atmosférico até os alvéolos pulmonares, configurando a inspiração.

28 Músculos Respiratórios Na expiração, o diafragma relaxa e sobe. Os músculos intercostais também relaxam e as costelas entram em depressão, abaixando-se. maneira, e o ar é expelido dos pulmões.

29 CONTRAÇÃO MUSCULAR

30 Aquisição do gás oxigênio (O 2 ): O mecanismo transporte de gás oxigênio é processado através de quatro etapas: inspiração; hematose; formação de oxiemoglobina; transporte e difusão desse gás para os tecidos.

31 RESPIRAÇÃO HUMANA

32 O Ritmo Respiratório : O ritmo respiratório é especialmente influenciado pela variação da concentração de gás carbônico no sangue.

33 CONTROLE RESPIRATÓRIO


Carregar ppt "A Respiração. O que é Extrair a energia química armazenada nos alimentos e sua utilização nas diversas atividades organismo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google