A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cap 01 Fonte: Sérgio de Iudícibus José Carlos Marion CURSO DE CONTABILIDADE Para não contadores Engenharia de Produção e Mecânica Cap. 1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cap 01 Fonte: Sérgio de Iudícibus José Carlos Marion CURSO DE CONTABILIDADE Para não contadores Engenharia de Produção e Mecânica Cap. 1."— Transcrição da apresentação:

1 Cap 01 Fonte: Sérgio de Iudícibus José Carlos Marion CURSO DE CONTABILIDADE Para não contadores Engenharia de Produção e Mecânica Cap. 1

2 Cap Relatórios contábeis; 2. Balanço Patrimonial ; 3. Balanço patrimonial – grupo de contas; 4. Algumas decisões em relação ao balanço patrimonial; 5. Demonstração de resultado do exercício. Curso de Contabilidade Para não contadores Para não contadores Curso de Contabilidade Para não contadores Para não contadores

3 Cap Demonstração de lucros ou prejuízos acumulados; 7. Demonstração das mutações do patrimônio líquido - DMPL; 8. Demonstrações das origens e aplicações de recursos – Doar; 9. Demonstrações do fluxo de caixa; Curso de Contabilidade Para não contadores Para não contadores Curso de Contabilidade Para não contadores Para não contadores

4 Cap Análise da demonstrações financeiras; 11. Quocientes de rentabilidade e outros quocientes de interesse; 12. Custos; 13. Cálculo de custos; Curso de Contabilidade Para não contadores Para não contadores Curso de Contabilidade Para não contadores Para não contadores

5 Cap Custos para decisão; 15. Custos para controle – Custo padrão; 16. Análise de empresas na iminência de concordata e falência; 17. Entendendo o ciclo contábil Curso de Contabilidade Para não contadores Para não contadores Curso de Contabilidade Para não contadores Para não contadores

6 Cap – Importância da tomada de decisão; 1.2 – Demonstrações financeiras e relatórios contábeis; 1.3 – Complementação às demonstrações financeiras. 1 – Relatórios contábeis

7 Cap IMPORTÂNCIA DA TOMADA DE DECISÃO A Contabilidade é o grande instrumento que auxilia a administração a tomar decisões. Na verdade ela coleta todos os dados econômicos, mensurando-os monetariamente, registrando-os e sumarizando-os em forma de relatórios ou de comunicados, que contribuem sobremaneira para a tomada de decisões. 1 – Relatórios contábeis

8 Cap 01 Tomada de decisão fora dos limites da empresa Investidores: é através dos relatórios contábeis que identifica a situação econômico-financeira da empresa. Fornecedores de bens e serviços: usam os relatórios para analisar a capacidade de pagamento da empresa compradora. Bancos: utilizam os relatórios para aprovar empréstimos, limite de crédito Etc. Governo: não só usa os relatórios com finalidade de arrecadação de impostos, como também para os dados estatístico, no sentido de melhor redimensionar a economia (IBGE). Sindicatos: utilizam os relatórios para determinar a produtividade do setor, fator preponderante para reajuste de salários. Outros interessados: funcionários (que saber se a empresa tem condições de pagar seu salário ou não), órgãos de classe, pessoas e diversos institutos, como CVM (Comissão de Valores Mobiliários), CRC (Conselho Regional de Contabilidade), concorrentes etc. 1 – Relatórios contábeis

9 Cap 01 USUÁRIOS EXTERNOS À EMPRESA EMPRESA Investidores Fornecedores Bancos Governo SindicatosFuncionários Órgãos de Classe Concorrentes Outros 1 – BALANÇO PATRIMONIAL Grupo de Contas Grupo de Contas 1 – Relatórios contábeis

10 Cap 01 Administração Investidores Bancos Governo Outros interessados ÁREAS DE ATUAÇÃO DO CONTADOR Coleta de dados Registro de dados Usuários (tomada de decisão) Relatórios 1 – Relatórios contábeis

11 Cap 01 PARA AS SOCIEDADES ANÔNIMAS – S.A Balanço Patrimonial (BP) Balanço Patrimonial (BP) Demonstração de Resultado do Exercício (DRE) Demonstração de Resultado do Exercício (DRE) Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados ou Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados ou Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido (DMPL); Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido (DMPL); Demonstrações de Origens e Aplicações de Recursos (Doar). Demonstrações de Origens e Aplicações de Recursos (Doar). 1 – Relatórios contábeis obrigatórios obrigatórios

12 Cap 01 Relatórios da Administração Relatórios da Administração Dados estatísticos diversos;Dados estatísticos diversos; Indicadores de produtividade;Indicadores de produtividade; Desenvolvimento tecnológico;Desenvolvimento tecnológico; A empresa no contexto socioeconômico;A empresa no contexto socioeconômico; Políticas diversas; recursos humanos, exportação etc.;Políticas diversas; recursos humanos, exportação etc.; Expectativas com relação ao futuro;Expectativas com relação ao futuro; Dados do orçamento de capital;Dados do orçamento de capital; Projetos de expansão;Projetos de expansão; Desempenho em relação aos concorrentes etc.Desempenho em relação aos concorrentes etc. 1 – Complementação às demonstrações financeiras 1 – Complementação às demonstrações financeiras

13 Cap 01 Notas explicativas (Notas de rodapé) Complementos das demonstrações Critérios de cálculos na obtenção de itens que afetam o lucro;Critérios de cálculos na obtenção de itens que afetam o lucro; Obrigações de longo prazo, destacando os credores, taxa de juros, garantias à dívida etc.;Obrigações de longo prazo, destacando os credores, taxa de juros, garantias à dívida etc.; Composição do capital social por tipo de ações;Composição do capital social por tipo de ações; Ajustes de exercícios anteriores etc.Ajustes de exercícios anteriores etc. 1 – Complementação às demonstrações financeiras 1 – Complementação às demonstrações financeiras

14 Cap 01 Parecer dos auditores As empresas de capital aberto, instituições financeiras e alguns outros caso específicos estão obrigados a publicar a Demonstrações Financeiras com o parecer da Auditoria Externa. O auditor emite sua opinião informando se as Demonstrações Financeiras representam adequadamente a situação patrimonial e a posição financeira na data do exame. Informa se as Demonstrações Financeiras foram levantadas de acordo com os Princípios Fundamentais de Contabilidade e se há uniformidade em relação ao exercício anterior. 1 – Complementação às demonstrações financeiras 1 – Complementação às demonstrações financeiras

15 Cap 01 Valor adicionado (Balanço Social) O balanço social evidencia o perfil social das empresas em relações de trabalho dentro da empresa: Empregados: Empregados: Quantidade. Quantidade. Sexo. Sexo. Escolaridade. Escolaridade. Encargos socais. Encargos socais. Gastos com alimentação. Gastos com alimentação. Educação. Educação. Saúde do trabalhador. Saúde do trabalhador. Tributos pagos: Tributos pagos: Meio ambiente Meio ambiente Investimentos para a comunidade: Investimentos para a comunidade: Cultura. Cultura. Esportes. Esportes. Habitação. Habitação. Saúde pública. Saúde pública. Saneamento. Saneamento. Assistência social. Assistência social. 1 – Complementação às demonstrações financeiras 1 – Complementação às demonstrações financeiras

16 Cap 01 BALANÇO SOCIAL Ano 1%Ano 2% Vendas (-) Compras de bens/serviços Valor adicionado (2.000) (2.000) Distribuição Valor Adicionado Salários Pessoal da fábrica Pessoal Administrativo Diretoria/Acionistas Pró-labore (honorários da Diretoria) Dividendos Juros Impostos Municipais Estadual Federal Revestimento Outros Valor adicionado (Balanço Social) 1 – Complementação às demonstrações financeiras 1 – Complementação às demonstrações financeiras

17 Cap 01 Balanço Patrimonial Demonstração do Resultado do Exercício Demonstração do Resultado do Exercício Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados Demonstração de Origem e Aplicação de Recursos Demonstração de Origem e Aplicação de Recursos Notas Explicativas: (Complemento às Demonstrações Financeiras) 1 – Demonstrações financeiras

18 Cap 01 Exigibilidade dos relatórios contábeis RelatóriosContábeisRelatóriosContábeis Obrigatórios Exigidos pela Lei das Sociedades por ações Obrigatórios Exigidos pela Lei das Sociedades por ações Não Obrigatórios Não exigidos por lei Não Obrigatórios Não exigidos por lei Sociedade Anônima Deverão se publicados publicados Sociedade Anônima Deverão se publicados publicados Ltda. Não precisam ser publicados Ltda. Não precisam ser publicados Demonstração do Fluxo de Caixa (DFC) (*) Demonstração do Fluxo de Caixa (DFC) (*) Demonstração do Valor Adicionado (DVA) Demonstração do Valor Adicionado (DVA) Orçamentos Orçamentos Balanço Social Balanço Social Demonstração do Fluxo de Caixa (DFC) (*) Demonstração do Fluxo de Caixa (DFC) (*) Demonstração do Valor Adicionado (DVA) Demonstração do Valor Adicionado (DVA) Orçamentos Orçamentos Balanço Social Balanço Social BPDREDMPLDOARBPDREDMPLDOAR BPDREDLPAcBPDREDLPAc (*) Relatório deverá ser substituir o DOAR 1 – Demonstrações financeiras


Carregar ppt "Cap 01 Fonte: Sérgio de Iudícibus José Carlos Marion CURSO DE CONTABILIDADE Para não contadores Engenharia de Produção e Mecânica Cap. 1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google