A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Java Server Faces Leandro O. Gomes Primeiros passos - FES(2009-1)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Java Server Faces Leandro O. Gomes Primeiros passos - FES(2009-1)"— Transcrição da apresentação:

1 Java Server Faces Leandro O. Gomes Primeiros passos - FES(2009-1)

2 O que é Java Server Faces? Framework para desenvolver aplicacões web Faz parte da especificação do JEE Open-Source Fácil de usar Grande demanda de mercado Componentes Extensíveis

3 O que compõe o JSF? ComponentesEventos ValidadoresConversores Navegabilidade Backing Beans

4 Usando o JSF Para usar o JSF é necessário: jsf-api.jarjsf-impl.jar libs commons JSTL libs Todos os jars devem estar na pasta WEB-INF/lib Criar o arquivo de configuração: faces-config.xml

5 Usando o JSF Estrutura de diretórios:

6 Ciclo de Vida do Java Server Faces Quando um client faz o pedido de um página, se inicia o ciclo de vida do JSF Quando um página é submetida, o faces executa 2 tarefas básicas: validar as UIComponents da view converter as entradas de dados nos tipos adequados nos backing beans

7 Ciclo de Vida do Java Server Faces

8 Restore View Phase: Após a requisição do cliente, todo o estado da view é restaurado através de uma objeto chamado FacesContext (componentes, listeners, validadores, conversores etc) Apply Request Values Phase Extrair todos os valores digitados pelo usuário e guardar esse valor nos seus respectivos componentes se o valor digitado não for compatível com o componente, um erro é lançado e adicionado na classe FacesContext e será mostrado na fase Render Response Phase

9 Ciclo de Vida do Java Server Faces Process Validation Phase Nessa fase, o JSF executa todos os validadores existentes na view. Caso haja algum erro, uma mensagem de erro é adicionada em FacesContext e o fluxo de execução vai ser direcionado para a fase Render Response Phase Update Model Values Phase O status da view será atualizado com todos os valores gravados nos componentes Caso ocorra algum erro de conversão entre tipos, um erro vai ser adicionado em FacesContext e o fluxo vai ser direcionado para a fase Render Response Phase Invoke Application Phase É nessa fase que o método de ação em seu bean vai ser executado e as regras de navegação vão ser aplicadas O fluxo de execução vai ser encerrado

10 Navegabilidade A navegação de páginas em JSF é baseada em regras de navegação Tipos de Navegação: EstáticaDinâmica

11 Navegabilidade

12 Navegabilidade

13 Navegabilidade Navegação Dinâmica

14 Backing Beans Definido no faces-config.xml e identificada através de um alias Implementação de validações Funciona como um Controller, chamando o Model e escolhendo a View

15 Backing Beans

16 Usando um Backing Bean:

17 JSF Expression Language O Jsf possui uma linguagem para simplificar a sintaxe de acesso as informações Ex:#{carro.nome}#{carro.motorista.nome}#{aluno.disciplinas[5].nome}

18 Conversão e Validação As conversões são efetuadas no Apply Request Values Phase As validações são efetuadas no Process Validation Phase

19 Conversão e Validação Conversão: é o processo de assegurar que o dado é do tipo ou do objeto correto JSF provê vários conversores padrões. Também é possível criar seu próprio conversor

20 Conversão e Validação Validação: Processo que assegura que o dado é o esperado Existem 4 formas de validadação: embutida nos componentes em nível de applicação personalizados métodos nos backing beans

21 Exercício Crie um jogo com JSF para adivinhar um número secreto. Esse jogo deve possuir duas JSPs: uma onde o usuário digitará um número e outra onde será exibido uma mensagem de sucesso e número de tentativas para o acerto, caso o usuário acerte o número secreto. O objetivo desse exercício é entender: A estrutura do faces-config.xml Criação de um bean Criação de JSPs com JSTL


Carregar ppt "Java Server Faces Leandro O. Gomes Primeiros passos - FES(2009-1)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google