A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FORMAÇÃO 2010. Modalidade de Oficina 5 acções – 9 turmas – 174 formandos Aspectos a salientar Alguns materiais inovadores fornecidos pelos formadores.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FORMAÇÃO 2010. Modalidade de Oficina 5 acções – 9 turmas – 174 formandos Aspectos a salientar Alguns materiais inovadores fornecidos pelos formadores."— Transcrição da apresentação:

1 FORMAÇÃO 2010

2 Modalidade de Oficina 5 acções – 9 turmas – 174 formandos Aspectos a salientar Alguns materiais inovadores fornecidos pelos formadores Empenho dos formandos nas tarefas propostas e no trabalho colaborativo Grau de aplicação e eficácia em sala de aula dos materiais e trabalhos produzidos Domínio de novas competências no âmbito das TIC Dinâmica criada pelos formadores Relação formadores/formandos e entre formandos

3 Aspectos menos conseguidos Alguns problemas com a plataforma Moodle Apreciação global Muito positiva quer em relação à organização, quer ao processo desenvolvido e ao produto obtido

4 NOME DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO TURM A Níveis Atribuídos pelos Formandos % Terminologia Linguística para Ensino Básico e Secundário ,994,1 Adobe Photoshop100050,0 O Ensino por Tarefas na Aula de Língua Inglesa 1005,835,458,8 Recursos Educativos Digitais ,075,0 2005,555,638,9 3004,356,539, ,9 5006,66033,3 Educação para a Diversidade Linguística e Cultural 10015,274,210,6 Modalidade Oficina de Forma ç ão

5 Modalidade de Curso 5 acções – 7 turmas – 202 formandos Aspectos a salientar Ligação dos materiais distribuídos e produzidos à prática lectiva Qualidade dos formadores - competência - disponibilidade - actividades inovadoras - ambiente de trabalho

6 Aspectos menos conseguidos Número insuficiente de horas Grupos muitos heterogéneos em relação às competências informáticas Pouco aprofundamento das técnicas e práticas de competências digitais Apreciação global Globalmente é positiva, permitindo troca de ideias, experiências, reflexões e análises. Produção de materiais de grande utilidade na prática pedagógica.

7 NOME DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO TURMA Níveis Atribuídos pelos Formandos % Ética Utilitarista200017,083,0 Adaptação do Ensino do Atletismo às Condições Materiais da Escola ,681,4 Competências Digitais (Nível I) 1010,5 68,421, ,233,344,5 Curso de Prática Vocal ,090,0 Curso de Educação Física: Reflexão sobre as Práticas Pedagógicas (Estágio de Verão) 101,15,349,444,2 Modalidade Curso

8 Modalidade de Projecto 2 acções – 2 turmas – 21 formandos (Trabalho delineado pelos formandos com indicação dos trabalhos que pretendiam realizar) Aspectos a salientar Acompanhamento individualizado o que permitiu uma efectiva utilização das ferramentas e articulação com a prática lectiva. Adesão dos formandos a esta metodologia. Impacto dos trabalhos a nível da Escola e/ou sala de aula.

9 NOME DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO5 TURMA Níveis Atribuídos pelos Formandos % Recursos Educativos Digitais ,957, ,0 Modalidade de Projecto

10 Modalidade Círculo de Estudos 3 acções – 4 turmas – 56 formandos Avaliação das Aprendizagens Aspectos a salientar Formação de um grupo de trabalho - elaboração de um documento orientador com definição de critérios gerais de avaliação, que sustentem os critérios específicos. Contributo importante para a prática de avaliação das aprendizagens.

11 História e Cultura das Artes Aspectos a salientar Intercâmbio entre diversas instituições Interdisciplinaridade entre professores que leccionam disciplinas diferentes. Produção de dispositivos digitais na disciplina de História e Cultura das Artes e planificação de um projecto em rede sobre os conteúdos da disciplina.

12 Ética e Deontologia Aspectos a salientar Qualidade das temáticas abordadas Forma de apresentação e rigor da formadora Debates sobre os casos apresentados Troca de experiências Ambiente criado Aspectos menos conseguidos Horário Trabalho escrito individual

13 NOME DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO TURMA Níveis Atribuídos pelos Formandos % Avaliação das Aprendizagens ,671,4 História da Cultura e das Artes ,060,0 Ética e Deontologia ,856, ,060,0 Modalidade Círculo de Estudos

14 Jornadas Pedagógicas 1 acção – 2 turmas – 105 formandos Aspectos a salientar Diferentes abordagens metodológicas Partilha de reflexões Cooperação entre os diferentes participantes Aspectos menos conseguidos Critérios de avaliação pouco claros

15 NOME DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO TURMA Níveis Atribuídos pelos Formandos % Metodologias Diversificadas - Melhor Aprendizagem 10015,274,210,6 Jornadas Pedagógicas

16 FORMAÇÃO PTE

17 Constrangimentos Nº limitado de turmas, não cobriu os 27% dos docentes Escasso tempo para preparar a execução do Plano e a sua concretização Reduzido nº de formadores condicionou calendarizações e horários

18 ACÇÃO TURMA FSBM BEX O ensino e aprendizagem com TIC na Educação Pré-escolar e no 1º ciclo do ensino básico A 0,0%11,1%16,7%66,7%5,6% B 0,0%10,5% 71,3%15,8% C 7,7% 38,5% 7,7% D 0,0% 10,0%70,0%20,0% E 0,0% 35,3% 29,4% 1,5%5,9%22,2%56,4%15,7% Quadros Interactivos Multimédia Ensino- Aprendizagem da Língua Portuguesa A 0,0%25,0%10,0%45,0%20,0% B 0,0%16,7%0,0%75,0%8,3% C 10,0% 30,0%40,0%10,0% 3,3%17,2%13,3%53,3%12,8% Quadros Interactivos Multimédia Ensino- Aprendizagem Línguas Estrangeiras A 6,7%26,6%20,0%40,0%6,7% B 0,0% 15,4%84,6%0,0% 3,4%13,3%17,7%62,3%3,4% Quadros Interactivos Multimédia no Ensino- Aprendizagem da Matemática A 22,2%22,20%33,40%11,10% B 0,0%5,30%26,30%52,70%15,70% C 0,0%12,50%31,30%43,70%12,50% 7,4%13,3%30,3%35,8%13,1% Quadros Interactivos Multimédia no Ensino- Aprendizagem das Humanidades e Ciências Sociais A 0,0% 23,50%53,00%23,50% B 0,0%0,00%14,30%28,60%57,10% C 0,0%5,60% 33,20%5,60% D 0,0%11,10% 66,70%11,10% 0,0%4,2%13,6%45,4%24,3% Quadros Interactivos Multimédia no Ensino- Aprendizagem das Ciências Experimentais A 0,0%11,10%38,90%44,40%5,60% B 0,0%30,00%55,00%15,00%0,0% C 66,60%20,00%13,40% 0,0%13,7%53,5%26,5%6,3% Quadros Interactivos Multimédia no Ensino- Aprendizagem das Artes e Expressões A 0,0%7,70%38,50%46,10%7,70% B 5,6%16,60%22,20%33,40%22,20% C 0,0%11,10%5,60%44,40%38,90% D 0,0%8,30%0,00%83,34%8,30% 1,4%10,9%16,6%51,8%19,3% O ensino/aprendizagem TIC nas NEE A 0,0%7,10%35,70%14,30%42,90% 0,0%7,1%35,7%14,3%42,9% Biblioteca, Curriculo e Literacia A 0,0%23,50%29,50%35,30%11,70% 0,0%23,5%29,5%35,3%11,7%

19 Avaliação Fraco O ensino e aprendizagem com TIC na Educação Pré-escolar e no 1º ciclo do ensino básico Dado o nº limitado de horas os conteúdos foram pouco explorados (1 em 13) Quadros Interactivos Multimédia no Ensino - Aprendizagem da Língua Portuguesa Gestão de recursos pouco adequada ao nº de horas da acção (1 em 10)

20 Quadros Interactivos Multimédia Ensino-Aprendizagem Línguas Estrangeiras Problemas com a rede e com os computadores (1 em 15) Quadros Interactivos Multimédia no Ensino-Aprendizagem da Matemática Abordagem de demasiados temas, pouco aprofundados(4 em 18) Quadros Interactivos Multimédia no Ensino-Aprendizagem das Artes e Expressões Alguns problemas com o equipamento informático(1 em 19)

21 Aspectos PositivosAspectos menos conseguidosSugestões Muito interessante, muito útil e prática, dando um contributo importante para a aprendizagem. Necessidade de maior carga horária para consolidação e aprofundamento dos conteúdos/recursos disponibilizados pelos formadores Aumento do nº de horas de formação, de forma a optimizar ferramentas de trabalho, quer ao nível da preparação de aulas, quer para exploração de actividades com e para os alunos Bem organizada e de grande qualidade. Demasiada informação e exigência face ao tempo destinado para a acção, sobretudo no que se refere ao elevado nº de actividades para avaliação. Aumento do número de créditos. Permitiu aprofundamento de conhecimentos em TIC. Uso de computadores individuais em vez dos computadores da sala. Dar continuidade a esta acção, introduzindo novas aprendizagens para construção de outros materiais, como por exemplo: blogues, flipchart, etc. Disponibilidade e competência demonstrada pelos formadores. Calendarização.Realização de acções sobre Plataforma Moodle. Grande pertinência em relação aos conteúdos. Necessidade de mais formadores em cada acção para apoio individual, dado o nº elevado de formandos com conhecimentos em TIC muito heterogéneos. Os formandos deveriam trabalhar em QI, durante as acções de formação. Adequação dos temas ao nível de escolaridade. Problemas técnicos relacionados com o equipamento fornecido pelo Centro (instalação de softwares) e recepção da Internet, não permitindo a total rentabilização dos recursos * Realização de acções práticas na Escola. A formação não abordou conteúdos de exploração de recursos * Recursos mais direccionados ao secundário * * Estes aspectos foram referidos por uma percentagem mínima de formandos

22


Carregar ppt "FORMAÇÃO 2010. Modalidade de Oficina 5 acções – 9 turmas – 174 formandos Aspectos a salientar Alguns materiais inovadores fornecidos pelos formadores."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google