A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

URSS Um espectro ronda a Europa: o fantasma do comunismo. Todas as forças da velha Europa se uniram para combatê-lo. (...) A história de todas as.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "URSS Um espectro ronda a Europa: o fantasma do comunismo. Todas as forças da velha Europa se uniram para combatê-lo. (...) A história de todas as."— Transcrição da apresentação:

1

2

3

4 URSS

5 Um espectro ronda a Europa: o fantasma do comunismo. Todas as forças da velha Europa se uniram para combatê-lo. (...) A história de todas as sociedades até os nossos dias tem sido a história das lutas de classes (...). Opressores e oprimidos se enfrentaram sempre, mantiveram uma luta constante, velada algumas vezes, aberta e franca outra. A burguesia tem desempenhado um papel altamente revolucionário na história. (...) Uma revolução contínua na produção, um incessante abalo de todas as condições sociais, uma inquietude e um movimento constante distinguem a época burguesa das anteriores. (Karl Marx e Friedrich Engels, fragmentos de Manifesto do Partido Comunista, 1848) Em 1917 sua profecia se cumpria.

6 Várias faces de uma mesma Rússia, quais delas sobreviveriam após 1917 ?

7 Contexto russo: Em 1894 subiu ao trono o czar Nicolau II, da dinastia dos Romanov, de início viu-se uma aceleração no processo industrial da Rússia, quase todo financiado pelo capital francês, em cidades como Moscou(têxteis), São Petersburgo(metais e máquinas), entre outras cidades, já no inicio do século XX, a Rússia tinha mais de 3 milhões de operários vivendo em péssimas condições de vida. Nicolau II ( ), de início foi amado por seus súditos,mas depois recebeu o nome de Sanguinário pelo povo.

8 Motivos para a vontade de mudança: No começo do século XX, a Rússia era um dos países mais atrasados do mundo, enquanto na Europa Ocidental e nos EUA a economia já era industrial, na Rússia 80% da população vivia no campo e quase 90% eram analfabetos; A Rússia era um dos países mais populosos da Europa, com cerca de 175 milhões de habitantes; Os nascentes núcleos industriais ficavam em cidades como Moscou e Petrogrado, onde agrupavam uma crescente leva de operários que aumentavam ao mesmo tempo em que a miséria e a desigualdade aumentava; As altas jornadas de trabalho que freqüentemente eram de 12 horas de trabalho, incluindo crianças e idosos, os trabalhadores, não tinham em troca nenhum beneficio; O autoritarismo do czar, que depois de 1905, o regime de opressão aumentou de forma assustador; Do outro lado milhares de nobres russos, vivendo em luxuosos castelos, e frequentemente viajando a Paris, em compras, tudo devido ao trabalho do operário que garantia seus lucros, a burguesia russa mesmo vivendo em riqueza, nunca foi igual ou superior a burguesia ocidental, embora achassem que fossem; Em pleno século XX, a Rússia insistia em se manter em uma monarquia ociosa e extremamente absolutista;

9 Em 1905, houve o ensaio geral: A derrota da Rússia na guerra contra o Japão, ajudou a agravar a miséria e a crise econômica, da velha Rússia, organizou-se uma passeata até ao palácio de Inverno, sede do governo czarista, pedindo algumas reinvidicações dignas, como: redução da jornada de trabalho; melhores salários reformas democráticas no regime absolutista, entre outras. O czar reprimiu violentamente as manifestações, com o apoio da burguesia, ocasionando a morte de cerca de mil operários e outros milhares de feridos, era 9 de janeiro de A partir daí o povo viu que reformas eram impossíveis no regime do czar, o episódio, ficou conhecido como Domingo Sangrento. Foto, palácio de Inverno, sede do czar, hoje é museu. Em 1905 o regime czarista havia se salvado, mais por quanto tempo?

10 A crescente influência de Rasputin, o misterioso homem de formação inculta que operava milagres e sua influência, sobre a monarquia Russa, e principalmente sobre a czarina Alexandra, foi tão grande que um dia ela disse: um santo a quem Deus tudo revelou. Serviu muito para a perca da popularidade do czar, até a nobreza rural, não via com bons olhos a influência de Rasputin sobre o czar, o que já refletia na Duma. Indiferente a todo o descontentamento, Nicolau II, a pedido de Rasputin, nomeou Sturmer e Protopopov para o cargo de ministro do Interior, descontentando a nobreza e os operários. Rasputin foi morto em 30 de dezembro de 1916 por membros da aristocracia russa. Na foto, Rasputin, com a taça discursa em um luxuoso jantar de gala, em quanto os nobres o ouvem, lá fora o povo passava fome e frio.

11 Nestes tenso período de crise política e econômica, houve uma cisão em 1903 dos membros do Partido Operário Social-Democrata. Dividindo- se em dois grupos, ambos eram seguidores do socialismo cientifico de Karl Marx: Mencheviques: defendiam que os trabalhadores poderiam conquistar seus direitos através de uma aliança com a burguesia, após 1905, essa tese caiu por terra, pois afinal a própria burguesia apoiou o massacre de 1905; seu principal líder era Martov: Martov Bolcheviques: Bolcheviques: defendiam que os trabalhadores poderiam conquistar o poder pela luta revolucionária, organizada por uma partido disciplinado, que representasse os interesses do povo, seu principal líder era Lênin, um homem culto, intelectual, que sabia falar, alemão, inglês e francês: Lênin Karl Marx ( ) Filósofo social, historiador economista alemão, suas teses sobre a sociedade feitas no século XIX, mudariam o mundo para sempre no século XX. Através de Marx, existiu outro sistema econômico, o socialismo. Suas teses são do socialismo científico, porque se baseia na análise da sociedade histórico-social e não meramente em um sonho.

12 A Revolução: Fevereiro de 1917 Partido Bolchevique A Rússia estava totalmente arrasada com a Primeira Guerra Mundial, e diante disso a fome e a miséria era totalmente visível, em fevereiro, inicia-se intensas manifestações por pão e alimentos, simplesmente não os tinha devido a inflação e aos baixos salários, a cidade de Petrogrado fica paralisa pelos operários em 24 de fevereiro, o Partido Bolchevique, já liderava as manifestações contra o regime czarista. O czar não teve outra idéia senão a de mobilizar tropas contra as multidões, o exército já cansado de derrotas e esgotados pela guerra, não agiu de forma tão energética, como era previsto pelo czar Nicolau II. O czar foi detido em 28 de fevereiro de 1917, e obdicou em 2 de março. A movimentação das massas se avoluma por todo o país e logo, a Rússia toda está contra o absolutismo de Nicolau II. Um homem, um sonho, revolucionar a sociedade para melhor. Lênin

13 O quadro ao lado mostram, operários ocupando o Palácio de Inverno após a prisão do czar Nicolau II. Sociedade do futuro?

14 No, entanto o descontentamento com a monarquia Russa, e mais precisamente com Nicolau II, era tanta que em 1918, após ter ficado detido com sua família, o czar Nicolau II, a czarina Alexandra e suas princesas e o mais novo o príncipe de saúde sempre frágil, foram fuzilados. Em sete dias derrubou-se a dinastia dos Romanov de mais de 300 anos que estava no poder, devido a insensatez do czar Nicolau II. Na foto ao lado, todos os membros da família Imperial Russa, nem imaginavam, que eles próprios, membros de um das dinastias mais antiga e tradicional da Europa iriam morrer, por causa da revolução dos plebeus.

15 A Revolução de Outubro:1917 Com a derrocada do czar, estabeleceu-se o governo provisório liderado por Kerensky, um socialista moderado e simpático para com a burguesia, que logo se tornou impopular por não atender as petições do povo como a reforma agrária, e a saída da Rússia da Primeira grande Guerra. Em agosto Trotski, organizou o exército a Guarda Vermelha, que viria mais tarde a ser o exército vermelho, formado por militares, camponeses, e bolcheviques, derrubaram o governo de Kerensky, e este se refugiou, nos EUA. E a 23 de outubro de 1917, Lênin exclama: Todo o poder ao soviets. Trotsky, liderou os movimentos de luta armada para a consolidação da Revolução, na foto, Trotsky lê.

16 Ainda em 1918, iniciou-se a guerra civil, entre os brancos, representavam os EUA, a Inglaterra, a França e o Japão, ou seja as potências capitalistas, contra as forças vermelhas, os revolucionários. Tentando acabar com a revolução os exércitos brancos, representavam as forças capitalistas. Os exércitos vermelho liderados por Trotsky, lutaram bravamente e conseguiram a vitória em 1921, terminando a guerra e consolidando a revolução, em ambos os lados morreram cerca de 800 mil pessoas. O povo luta mais uma vez para manter suas conquistas sociais.

17 Lênin tornasse presidente da nova republica Russa e com a organização de outras nações vizinhas forma-se a URSS (União das Republicas Socialistas Soviéticas), a maior potência socialistas do mundo e o único país a rivalizar com os EUA no campo político, militar e tecnológico no século XX. Lênin organiza a partir de 1921 a NEP (nova política Econômica), com o objetivo de dinamizar a economia soviética, e restabelecer a confiança na economia. Lênin falece em 1924, e é substituído por Josef Stálin, que exerce o poder de forma suprema até 1953, quando morre, porém durante seu governo, inicia a dinamização e modernização da industria russa, através dos planos qüinqüenais. Stálin

18 Durante o longo governo de Stálin sua administração ficou marcada por: Intensa propaganda em prol do regime socialista; Posição de líder do bloco socialista; Intransigente dominação da URSS sobre o leste da Europa; Elevado grau de educação, na década de 50 não existia analfabetos na URSS; Elevado índice de qualidade de saúde; Desenvolvimento da indústria e do comércio; Aproximação com a China socialista de Mao Tsé-tung; Endeusamento da pessoa de Stálin; Stálin e Mao Cartaz soviético para as escolas da URSS Os amigos mais próximos o chamavam de homem de aço.


Carregar ppt "URSS Um espectro ronda a Europa: o fantasma do comunismo. Todas as forças da velha Europa se uniram para combatê-lo. (...) A história de todas as."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google