A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Oficina de Elaboração e Gestão de Projetos Sociais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Oficina de Elaboração e Gestão de Projetos Sociais."— Transcrição da apresentação:

1 Oficina de Elaboração e Gestão de Projetos Sociais

2 Escritório de Projetos FEAC O que é um Escritório de Projetos? Estrutura criada para padronizar informações, cronogramas, estimativas, relatórios e planos de projetos. Tem a competência de realizar comparações de desempenho entre projetos e estimar riscos e ações de mitigação aos mesmos. É ainda o centro de informações e histórico dos projetos. Deve estimular o espírito de equipe e apoiá-la.

3 Escritório de Projetos FEAC Criado em agosto de Assessoria técnica para desenvolvimento de projetos aprovados em edital e/ou celebrados através de instrumento jurídico com a FEAC. CAPACITAÇÃO OFERECIDA QUANDO DA ABERTURA DE EDITAIS

4 Conselho Curador Diretoria Executiva Superintendência Executiva Controladoria Recursos Humanos Marketing e Novos Negócios Jurídico Engenharia Arquitetura Gestão Social Compliance Escritório de Projetos Assessoria Patrimonial e de Processos Contabilidade Tecnologia da Informação Financeiro Administração de Pessoal Comunicação Corporativa Eventos CEDOC Serviços Gerais Relações Institucionais Compras Organograma FEAC Suprimentos Adm. Contratos

5 Escritório de Projetos FEAC Padrão internacional de gerência de projetos PMI - Project Management Institute Instituto de Gerenciamento de Projetos Organização do terceiro setor sem fins lucrativos, fundada em 1969 por 5 voluntários nos Estados Unidos. Hoje são voluntários associados em 185 países Project Management Body of Knowledge Publicação quadrienal de Guia do conjunto do conhecimento em gerenciamento de projetos. 1a edição – a edição – 2008

6 Escritório de Projetos FEAC (5) Grupos de Processos Compostos por 42 processos com entradas, técnicas e ferramentas e saídas. 1.Iniciação (2) 2.Planejamento (20) 3.Execução (8) 4.Monitoramento e Controle; (10) 5.Fechamento (2)

7 Escritório de Projetos FEAC Distribuídos em 9 áreas do conhecimento: 1.Integração; 2.Escopo; 3.Tempo; 4.Custos; 5.Qualidade; 6.RH; 7.Comunicação; 8.Riscos; 9.Aquisições.

8 Escritório de Projetos FEAC GRUPOS DE PROCESSOS / ÁREAS DE CONHECIMENTO IniciaçãoPlanejamentoExecução Monitoramento e Controle Encerramento 4. Gerenciamento de integração do projeto 4.1 Desenvolver o termo de abertura do projeto 4.2 Desenvolver o plano de gerenciamento do projeto 4.3 Orientar e gerenciar a execução do projeto 4.4 Moniotrar e controlar o trabalho do projeto 4.5 Realizar o controle integrado de mudanças 4.6 Encerrar o projeto ou a fase 5. Gerenciamento do Escopo do projeto 5.1 Coletar requisitos 5.2 Definir o escopo 5.3 Criar WBS 5.4 Verificar o escopo 5.5 Controlar o escopo 6. Gerenciamento de tempo do projeto 6.1 Definir atividades 6.2 Sequenciar atividades 6.3 Estimar recursos das atividades 6.4 Estimar durações das atividades 6.5 Desenvolver o cronograma 6.6 Controlar o cronograma 7. Gerenciamento de custos do projeto 7.1 Estimar custos 7.2 Determinar o orçamento 7.3 Controlar custos 8. Gerenciamento de qualidade do projeto 8.1 Planejar a qualidade 8.2 Realizar a garantia da qualidade 8.3 Realizar o controle da qualidade 9. Gerenciamento de recursos humanos do projeto 9.1 Desenvolver o plano de recursos humanos 9.2 Contratar ou mobilizar a equipe do projeto 9.3 Desenvolver a equipe do projeto 9.4 Gerenciar a equipe do projeto 10. Gerenciamento das comunicações do projeto 10.1 Identificar as partes interessadas10.2 Planejar as comunicações 10.3 Distribuir informações 10.4 Gerenciar as expectativas das partes relacionadas10.5 Relatar desempenho 11. Gerenciamento de riscos do projeto 11.1 Planejar o gerenciamento de riscos 11.2 Identificar riscos 11.3 Realizar análise qualitativa de riscos 11.4 Realizar análise quantitativa de riscos 11.5 Planejar respostas aos riscos 11.6 Monitorar e controlar os riscos 12. Gerenciamento de aquisições do projeto 12.1 Planejar aquisições12.2 Conduzir aquisições12.3 Administrar aquisições 12.4 Encerrar aquisições Total

9 Escritório de Projetos FEAC Iniciação 4.1 Project Charter (termo de abertura do projeto) 1.Propósito/justificativa 2.Objetivos e critérios de sucesso 3.Entregas 4.Não Entregas 5.Requisitos 6.Descrição 7.Riscos 8.Marcos 9.Orçamento 10. Requisitos para aprovação

10 Escritório de Projetos FEAC 10.1 Mapeamento dos Stakeholders Matriz de influência

11 Escritório de Projetos FEAC Stakeholders Posição MotivoAçãoObjetivo FOOMNAMFA Diretoria FEAC X Direcionador do propósito do projeto Aprovação milestoneManter o apoio atual Superintendência FEAC X Direcionador do propósito do projeto Aprovação por peçaManter o apoio atual Gerente de Marketing XIdealizador do projeto Aprovação por peça Report final à diretoria Gerente de Compras X Controle das operações Manter o processo de comunicação / cronograma de ações Manter informado Comitê de Gestores X Fornecedores X Não serão afetados Parceiros que utilizam logo X Comunicação direcionada Garantir uso material atualizado Comunidade interna pesquisa para detectar Comunidade externa pesquisa para detectar FOForte oposição OMOposição moderada NNeutro AMApoio Moderado FAForte apoio

12 Escritório de Projetos FEAC PLANEJAMENTO 5.3 Criar WBS – Work Breakdown Structure (Estrutura Analítica do Projeto – EAP. Orientada a entregas – organiza e define escopo total subdividindo o trabalho em partes gerenciáveis). Níveis do WBS – gerenciais e técnicos. Nível do Projeto Nível do Deliverable (entregas) Work packages (verbos – pacotes gerenciáveis de trabalho)

13 Escritório de Projetos FEAC

14 PLANEJAMENTO Restrições escopo custo tempo qualidade recurso risco

15 Roteiro de Elaboração de Projetos RESUMO Breve descrição que permita ao avaliador obter uma visão geral do proposta, ou seja, a que o Projeto se propõe e por quê. É importante nesta etapa também atender aos requisitos que tenham sido estipulados pelo financiador em edital, como por exemplo: - Linha de atuação em que o Projeto se enquadra; - Parcerias estratégicas; - Montante de financiamento; - Atuação de profissionais como coordenador ou grupo como comitê gestor que tenha como objetivo garantir o alinhamento, acompanhamento e a execução das ações propostas no projeto.

16 Roteiro de Elaboração de Projetos DIAGNÓSTICO Descrição do cenário em que estará inserido o Projeto. Análise das características da comunidade, suas potencialidades e fragilidades além das oportunidades e ameaças que existem no ambiente em que ela está inserida. Nesta etapa deve ser destacada também a ação da organização promotora do Projeto na rede social em que está inserida.

17 Roteiro de Elaboração de Projetos JUSTIFICATIVA Para definir o problema de déficit ou de situação negativa sob a qual se deseja atuar é preciso levar em conta critérios que justifiquem a escolha de atuação, como por exemplo: - Capacidade institucional; - Recursos disponíveis; - Vantagens comparativas; - Interesse da comunidade. Concluídas tais análises a organização tem condições de estabelecer com clareza o que os atendidos pelo projeto necessitam e desejam para melhorar sua qualidade de vida.

18 Roteiro de Elaboração de Projetos PÚBLICO-ALVO É a definição do grupo com características similares diagnosticadas como alvo para receber os investimentos do projeto. O projeto pode estar a serviço, por exemplo, de um determinado grupo etário, de grupo de uma mesma localização geográfica, de um grupo com uma carência específica, etc.

19 Roteiro de Elaboração de Projetos A função dos objetivos é solucionar o problema ou modificar a condição indesejada que foi diagnosticada. OBJETIVO GERAL Deve ser único, estar diretamente ligado ao problema central diagnosticado e descrever o benefício mensurável que o projeto visa oferecer. OBJETIVOS ESPECÍFICOS É o conjunto de ações que permitirá que o objetivo geral seja alcançado, ou seja, os meios para se conquistar um efeito fim. Para sustentar as ações é preciso que sejam defendidos os princípios teóricos e as experiências anteriores nas quais o projeto baseia suas ações e com isso adota uma metodologia.

20 Roteiro de Elaboração de Projetos Metas Estabelece detalhadamente, coerente com a proposta, o processo de trabalho do projeto. As metas são estimativas para a execução do projeto e que deverão ser monitoradas para permitir verificar até que ponto os objetivos específicos previstos foram alcançados. Relatório 5W2H (o quê será realizado; por quem, quando, onde, por quê, como e com que recurso). INDICADOR DE PROCESSO - CUMPRIMENTO DA OPERAÇÃO.

21 Roteiro de Elaboração de Projetos A partir do Relatório 5W2H, considerando as ações a serem realizadas, é possível criar as planilhas de: - Orçamento (contemplando valor do projeto, valor solicitado ao parceiro, contrapartida da própria organização e de outras parcerias); e - Cronograma (contemplando adequação dos profissionais que estarão desenvolvendo o projeto).

22 Roteiro de Elaboração de Projetos AVALIAÇÃO A avaliação deve ser feita imediatamente antes do início do Projeto - Marco Zero. Adoção de INDICADORES DE RESULTADO DE IMPACTO para mensurar o alcance do objetivo geral. Devem ter relevância e reconhecimento minimamente em nível regional e preferencialmente em nível nacional. Exemplos: - Área Social - Índice de Desenvolvimento da Família (IDF); e - Educação – Prova Brasil (MEC) e SARESP (Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo).

23 Roteiro de Elaboração de Projetos SUSTENTABILIDADE O alcance de resultados é o fator inicial para a sustentabilidade do Projeto. Para vislumbrar continuidade após o término de uma parceria o Projeto deve também contemplar as seguintes premissas: - Interação com as políticas públicas; e - Plano de Comunicação (ações de visibilidade e divulgação em busca de novos parceiros financiadores).

24 Gestão: Vanessa Taufic (19) Coordenação: Virginia Sanches (19) Escritório de Projetos FEAC


Carregar ppt "Oficina de Elaboração e Gestão de Projetos Sociais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google