A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FOTONOVELA DE UM CASO-VERDADE A BÊBADA E O EQUILIBRISTA... OU SOBRE FAMÍLIAS QUE SE INSCREVEM EM VIDAS TORTUOSAS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FOTONOVELA DE UM CASO-VERDADE A BÊBADA E O EQUILIBRISTA... OU SOBRE FAMÍLIAS QUE SE INSCREVEM EM VIDAS TORTUOSAS."— Transcrição da apresentação:

1 FOTONOVELA DE UM CASO-VERDADE A BÊBADA E O EQUILIBRISTA... OU SOBRE FAMÍLIAS QUE SE INSCREVEM EM VIDAS TORTUOSAS

2 O Lugar: Invasão urbana, numa das metrópoles do Brasil, fruto do crescimento desordenado. Cenário de desigualdade social, violência, pobreza e uma Equipe Saúde da Família (ESF) para atender a população.

3 CASO- VERDADE ELA: 32 anos, usuária de tinner, HIV positiva. Quatro filhos, dois deles doados para alguém criar. Os outros, uma menina de 9 e um menino de 11 anos, estão sob a guarda da justiça, porque a mãe obrigava-os a pedir nos sinais. Faz tratamento para AIDS de forma irregular, pois não acredita que tenha a tal doença. Prostitui-se para comprar drogas e pagar seu sustento. Vez por outra procura A Unidade Básica de Saúde (UBS) por alguma demanda: anticoncepcional, dor ou infecção.

4 CASO- VERDADE ELE: 43 anos, deficiente físico, equilibra-se sobre moletas, aposentado por invalidez pelo INSS. Aproveitando-se da visível incapacidade física, vez por outra finge-se de pedinte nas ruas, mais por distração, do que por precisão.

5 CASO- VERDADE O Romance: Conheceram-se da vizinhança, do não- lugar onde moram, nas 90 lojas. Trata-se de uma construção mal acabada de comércio, invadida pelos sem tetos da cidade. Muito tontos de si, apoiaram-se mutuamente...

6 CASO- VERDADE E assim como na arte, a vida da bêbada e do equilibrista encontraram seus tons. Ela parou de prostituir-se, ele encontrou um pouso para seus tropeços. Embalaram-se juntos, tanto, que veio outra gravidez, posto que ele a proibiu de tomar anticoncepcional.

7 CASO- VERDADE Durante a gravidez ela parou de se drogar e fez o pré-natal de alto risco com assiduidade, monitorada pela ESF. Mesmo diante das preocupações dos profissionais de saúde, a criança nasceu bem. O casal não acredita na AIDS. Os dois acham que não correm riscos e não se protegem de nenhuma forma, apesar dos apelos da equipe de saúde. A criança, hoje com 1 ano, não foi contaminada.

8 CASO- VERDADE - Tão felizes ficaram, que constituiram matrimônio formal. Papel passado, cartório, Sr. e Sra, etc e tal... -Confiantes na dignidade achada na rua, agora o respeitado casal briga pela guarda dos filhos dela, que estão sob a guarda da justiça. Quanto ao vício do drogas, a jovem senhora ainda faz uso vez ou outra; porque a lida com a vida real continua difícil. O equilibrista também dá suas fugidas e perambula pedindo pelas ruas. Ambos são clientes fieis da UBS e da ESF.

9 Questões para discussão/reflexão - O que chama a atenção nesse caso ? - Que análises se pode fazer em relação a: a- Valores distintos entre os profissionais e os usuários; b- Diferenças nas concepções de família e de vida urbana; c- Que competências os profissionais de saúde precisam para abordar o caso ? Temos, hoje, conhecimentos suficiente para o cuidado ampliado ? c- Como os processos educativos dos profissionais precisam acontecer diante dessa e de tantas outras realidades complexas ?

10 Bom debate e aprendizado ! Obrigada !


Carregar ppt "FOTONOVELA DE UM CASO-VERDADE A BÊBADA E O EQUILIBRISTA... OU SOBRE FAMÍLIAS QUE SE INSCREVEM EM VIDAS TORTUOSAS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google