A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DCE DESENVOLVIMENTO DE COMÉRCIO ELETRÔNICO. PHP / MySQL PERSONAL HOME PAGE E BANCO DE DADOS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DCE DESENVOLVIMENTO DE COMÉRCIO ELETRÔNICO. PHP / MySQL PERSONAL HOME PAGE E BANCO DE DADOS."— Transcrição da apresentação:

1 DCE DESENVOLVIMENTO DE COMÉRCIO ELETRÔNICO

2 PHP / MySQL PERSONAL HOME PAGE E BANCO DE DADOS

3 Apresentação A primeira versão do PHP surgiu em 1995, quando Rasmus Lerdorf criou para uso pessoal uma ferramenta chamada PHP/FI (PersonalHomePage/Forms Interpreter). Porém, ele não imaginava que estava criando uma das mais poderosas linguagens para o desenvolvimento de aplicações na Web. O PHP (sigla que hoje é um acrônimo recursivo para PHP: Hypertext Preprocessor) tem conquistado muito espaço nos últimos anos. Isso se deve principalmente a facilidade de utilização e grande diversidade de recursos que possui. O PHP é uma linguagem totalmente voltada à Internet, possibilitando o desenvolvimento de sites realmente dinâmicos. Dominando essa linguagem, é possível transformar aqueles sites estáticos, feitos de HTML puro, em sites interativos, utilizando todas as técnicas de programação que essa linguagem oferece.

4 O que é PHP? PHP é uma linguagem de criação de scripts embutida em HTML no servidor. Os produtos patenteados nesse nicho do mercado são as Active Server Pages da Microsoft, o Coldfusion da Allaire e as Java Server Pages da Sun. PHP é, às vezes, chamado de o ASP de código - fonte aberto porque sua funcionalidade é tão semelhante ao produto/conceito, ou o que quer que seja da Microsoft. Falando estritamente, o PHP tem pouca relação com layout, eventos ou qualquer coisa relacionada à aparência de uma página da Web. De fato, a maior parte do que o PHP realiza é invisível para o usuário final. Alguém visualizando uma página de PHP não será capaz de dizer que não foi escrita em HTML, porque o resultado final do PHP é HTML.

5 Como surgiu a linguagem PHP? Rasmus Lerdorf – engenheiro de software, membro da equipe Apache e o homem misterioso do ano – é o criador e a força motriz original por trás do PHP. A primeira parte do PHP foi desenvolvida para utilização pessoal no final de Tratava-se de um wrapper de PerlCGI que o auxiliava a monitorar as pessoas que acessavam o seu site pessoal. No ano seguinte, ele montou um pacote chamado de Personal Home Page Tools (também conhecido como PHP Construction Kit) em resposta à demanda de usuários que, por acaso ou por relatos falados, depararam-se com o seu trabalho. A versão 2 foi logo lançada sob o título de PHP/FI e incluía o Form Interpreter, uma ferramenta para analisar sintaticamente consultas de SQL. Em meados de 1997, o PHP estava sendo utilizado mundialmente em aproximadamente sites. Obviamente, estava se tornando muito grande para uma única pessoa administrar, mesmo para alguém concentrado e cheio de energia como Rasmus. O quarto trimestre de 1998 iniciou um período de crescimento explosivo para o PHP, quando todas as tecnologias de código-fonte aberto ganharam uma publicidade intensa. Em outubro de 1998, de acordo com a melhor suposição, mais de domínios únicos utilizavam PHP de alguma maneira. Um ano depois, o PHP quebrou a marca de um milhão de domínios.

6 Sintaxe Básica Abra qualquer editor de textos que você tiver. O código PHP fica embutido no próprio HTML da página criada. O interpretador identifica quando um código é PHP pelas seguintes tags: comandos –O tipo mais utilizado é o primeiro, pois independente do servidor Web, ele será sempre interpretado. Os demais devem ser habilitados no arquivo de configuração php.ini. Eles foram criados com intuito de facilitar o uso por programadores acostumados à sintaxe do ASP(Microsoft).

7 Delimitando o código PHP Agora, digite as seguintes linhas de comandos no seu editor: Salve esse programa como exem1.php e envie-o para a pasta que você está utilizando para hospedar o site. Exemplo: C:\Webserver\Apache2.2\htdocs\exem1.php

8 Resultado do código PHP

9 Explicando o código PHP Todo o trecho de programação PHP deve estar entre as tags, para que o servidor Web saiba que esse trecho deve ser processado. Vejamos, então, cada elemento do programa exem1.php. ElementoDescrição Informa que aqui termina o programa PHP.

10 Separador de instruções Para cada fim de linha de código, tem que haver um ponto e vírgula, indicando ao sistema fim de instrução. Exemplo: Linhas de comando, de controle, não precisam de ponto e vírgula. Exemplo:

11 Nomes de variáveis Toda variável em PHP tem seu nome composto pelo caracter $ e uma string, que deve iniciar por uma letra ou o caracter _. PHP é case sensitive, ou seja, as variáveis $php e $PHP são diferentes. Por isso, é preciso ter muito cuidado ao definir os nomes das variáveis. É bom evitar os nomes em maiúsculas, pois como veremos mais adiante, o PHP já possui algumas variáveis pré- definidas cujos nomes são formados por letras maiúsculas.

12 Estrutura de um programa em PHP Você pode ir concatenando scripts PHP com comandos HTML, podendo dessa forma, escrever vários scripts PHP em uma única página. Cada script PHP existente na página deve começar com a tag. As linhas de programação que serão escritas entre as tags devem sempre terminar com ; (ponto- e-vírgula), senão ocorrerão erros no momento da execução da página. Entre essas tags, você pode escrever programas, utilizando todos os recursos que o PHP lhe oferece, como definição e chamada de funções, acesso a banco de dados, atribuição de valores a variáveis, fórmulas matemáticas; etc. Toda essa mistura entre o HTML e o PHP é muito útil, pois nós utilizamos o PHP para gerar os dados dinamicamente, enquanto o HTML é usado para formatar e exibir esses dados nas páginas mostradas no browser.

13 Exemplo 2:exem2.php Hoje é dia Perceba a combinação existente entre os comandos HTML, e o código PHP. No início do programa, atribuímos à variável $data_de_hoje a data atual, utilizando o comando date. Essa variável estará disponível para uso em qualquer parte da página. Depois, utilizamos comandos HTML para escrever Hoje é dia, e completamos abrindo um novo trecho de PHP, escrevendo a data atual armazenada na variável $data_de_hoje por meio do comando echo.

14 Exemplo 3:exem3.php Salve esse programa como exem3.php, e veja o resultado em seu navegador. Perceba que não há nenhum comando echo no programa, por isso seu navegador mostrará uma tela em branco. O que ocorreu foi que os valores atribuídos às variáveis ficaram armazenados apenas na memória, mas não foram mostrados na tela.

15 Exemplo 4:exem4.php

16 Resultado do código PHP


Carregar ppt "DCE DESENVOLVIMENTO DE COMÉRCIO ELETRÔNICO. PHP / MySQL PERSONAL HOME PAGE E BANCO DE DADOS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google